segunda-feira, 6 de agosto de 2012

Apenas tu!...

Imagem Internet

 Apenas tu existes
No meu dizer de poeta
Apenas tu me chamas de poeta
Apenas tu sabes que sou poeta
Apenas tu...e ninguém mais.

Só a hora da solidão
Para a inquietação do poeta.

Só a hora do amor
Para o desabrochar do poeta.

Só as horas lentas e caladas
Representam o poeta.

Tudo o resto é fantasia
Representada nas horas incertas.

Assimilar as horas
Não abrir as cartas
Não ler o diário
Perseguir sonhos de outras eras
Roubados na terra.

Pelos que sendo poetas
Se deixam perder
Nos sonhos sonhados
E nunca encontrados
No mistério da vida.

Só tu existes
No meu dizer de poeta
Só tu és o inatingível
Nas horas derradeiras.

Frágil como as sombras
No declínio do amor
No clamor sem eco
Nos sons do universo.


Maria Luísa Adães

55 comentários:

Santa Cruz disse...

Maria Luisa: So tu e que consegues escrever poemas lindos porque és e serás para mim uma grande poetisa.
Beijos
Santa Cruz (Diacono Gomes)

Maria Luisa Adães disse...

Santa Cruz

Só Eu ou só Tu?...

Apenas eu...
tu o dizes
e eu te agradeço.

Beijo,

Maria Luísa

L.O.L. disse...

Comentando a música:
ADORO KITARO:)

Maria Luisa Adães disse...

L.O.L

Kitaro, traduz de forma única

"Os sons do Universo"...

Maria Luísa

rosa-branca disse...

Olá amiga Maria Luísa, maravilhoso poema como sempre, ao que já nos habituou. A alma do poeta, sempre à deriva sempre inquieta. Adorei. Beijos com carinho

elvira carvalho disse...

Gostei. É pouco como comentário eu sei mas eu sinto-me muito limitada a comentar poesia.
Um abraço e boa semana

Maria Luisa Adães disse...

Rosa Branca

Obrigada por gostar. Eu também gosto, é um poema que me diz muito.

Um abraço,

Maria Luísa

Maria Luisa Adães disse...

Elvira Carvalho

Gostei - não é pouco! É tudo!...

Um abraço e obrigada,

Mª. Luísa

Maria João Brito de Sousa disse...

Mais um daqueles poemas de "mansa inquietude" que me fizeram ler e reler, esgotando, sem esgotar, as "horas lentas e caladas" que, efectivamente, são as únicas que representam o Poeta...
Enorme abraço, Maria Luísa!

O Profeta disse...

Heranças frias caem como presentes
Uma árvore morreu, sem nada dizer
Uma palavra ficou perdida no chão da rua
Uma última palavra que nunca será tua

Uma menina feliz chega a mim pelos seus pés
Vinda de um mundo desenhado na ilusão
Trás uma grinalda de flores de sangue
Colhidas a um ferido coração

Convido-te a tocar e ler o “Meu muro das tentações”


Doce beijo

beites disse...

e seremos sempre o Universo
bonito e desenhado
por nós pintado

como só os poetas sabem
como tu...


xoxo da Covilhã e o mais bonito dia
pra ti...

gosto desse teu universo..

Silenciosamente ouvindo... disse...

Pois é amiga tem razão deveria vir
aqui mais vezes, mas eu tenho
imensos seguidores, depois não posso estar muito tempo no computador, porque tenho uma
doença óssea que não o permite.
A amiga escreve belíssima poesia,
eu tenho um enorme respeito
por quem tem esse dom.
Um grande beijinho e tentarei
vir mais vezes. Gosto muito do
que inseriu hoje, mas sabe é sempre
difícil dizer que se gosta mais de
A ou B quando a poetisa é boa.
Até breve

Imac by Artes disse...

Apenas tu existes
e és única nessa forma
de escrever que tanto amo!

Obrigada amiga pelo seu carinho.

Abraços! Uma semana abençoada
pra ti.

São disse...

Fantasia nas horas incertas pode ser consolação...
Um grande abraço

isa disse...

Um momento intensamento belo como são
aqueles com que nos presenteia!
Gostei particularmente deste Poema!
Beijo.
isa.

Lu Rosário disse...

Só tu existe dentro das palavras para que a poesia exista. É como se isso estivesse em suas entrelinhas.

Beijos.

Poeta Zarolho disse...

Vejo dois mundos distantes, tal qual o meu interior inconciliável. É o retrato de qualquer aprendiz das palavras como eu.

Mona Lisa disse...

Belíssimo poema dedicado a uma "musa especial"!

Espero que já estejas recuperada.

Beijos.

Anónimo disse...

"Frágil como as sombras
No declínio do amor
No clamor sem eco
Nos sons do universo"...

Minha amiga, escrever desta forma
me encanta e deslumbra!

M.C.

El Gaucho Santillán disse...

Beleza.


Gostei muito, minha amiga.


O amor existe, si a poesìa existe.


Um abraço.

José María Souza Costa disse...

Estimada Maria Luisa, não poderia jamais, deixar de passar aqui, para agradecer o comentário Harmonioso, que postaste no meu blogue. Saiba, que aquele espaço sente-se enobrecido com a sua escrita, e nós, eternamente grato, por termos recebido a sua presença ali.
Hum, querida, muitas das vezes a Alma, precisa fantasiar. Um abraço " amaranhenssado" pra voce. Felicidades, sempre

Pepi,Xixo,Juja,Jujuba disse...

Querida Maria Luísa
Viemos aqui hoje para te desejar uma linda tarde e dizer que ficamos encantados com o seu belo poema
Beijinhos afetuosos e o nosso carinho
Verena e Bichinhos

Juglar disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Juglar disse...

Me gustan tus versos, como hilvanas sentimientos...
Gracias por tu visita a mi lugar y tus amables palabras.
un abrazo.

LUZ disse...

Boa noite Maria Luísa,

Como tem passado?
já sabia que tinha postado, mas visito tantos amigos, que nem sempre se concretizam as nossas intenções, no dia e hora, pensados.

Mais um poema escrito um pouco nas entrelinhas , como é seu apanágio, mas ele e a Maria Luísa sabem, e têm como testemunha, a Natureza.

ESTÁ COMPLETO O TRIÂNGULO. NADA MAIS PODE PEDIR À VIDA.

Abraços da Luz.

OZNA-OZNA disse...

infinitas gracias querida y admirada poetisa por deleitar nuestros sentidos con la suprema belleza de tus versos. Muchos besinos con todo mi cariño.

BlueShell disse...

"Ser p+oeta é ser mais alto..."

Uma maravilha...
Obrigada, Bj

Aleatoriamente disse...

Ser poeta é ser tu.
Que com palavras decordas de alma, sabe poetizar os olhos de quem te ler.

Amei te visitar.
Beijo querida Luísa.

Brown Eyes disse...

Não é facil ser poeta, há que ter os sentimentos à flor da pele e conseguir transmiti-los, consegues tudo isso e que nunca te esqueçamos, mesmo de férias. Beijinhos

Maria Luisa Adães disse...

Brown Eyes

Férias felizes e obrigada.

Maria Luísa

Maria Luisa Adães disse...

Profeta

Já passei pelo "Muro das Tentações"

e na realidade é muito belo.

M. Luísa

José María Souza Costa disse...

Maria Luisa, acho lindo esse nome, até parece musica de Tom Jobim. Voltei aqui, para dizer que estou lhe seguindo no seu blogue. Como o meu blogue é gerenciado por uma agencia, devemos demorar alguns dias para eu disponabilizar o seu link, no meu. Solicito simplesmente paciencia. abraços, amaranhenssados. entendo que ser poeta, ou poetisa, é ser como a Maria Luisa. Felicidaes, sempre e sempre.

beites disse...

olá

uma grande e bela tarde pra ti*_

Everson Russo disse...

Um conhecer profundo em versos de sonhos a alma poeta,,,aquela que vê o mundo em cores diferentes,,,que tem sentimentos diferentes,,,que sonha no infinito....beijos e um belo dia pra ti minha amiga...


p.s. respondendo a sua pergunta minha amiga, eu realmente ando pensando em dar uma parada no blog,,,vou sentir muita falta,,mas estou me preparando aos poucos....

Graça Pereira disse...

Querida Maria Luisa

Eu sei...há muito, porque, antes do teu nome, encontrei a tua alma de poeta. Quem como tu canta o amor, a desilusão, a dor e a história de um coração?? Só tu, só tu...e isso, eu sei, eu sei!!
Mil beijos
Graça

Felisberto Junior disse...

Olá!Boa tarde!
Tudo bem?
Lindos versos!Como sempre!
... aprendendo a observar as coisas que nos cercam, visualizando a beleza e a tristeza de cada uma delas, enxergando mais do que as matizes que a vida oferece e transformando tudo isso em cores e versos ...eu, tu e nós... somos apenas uma linha da poesia do cotidiano...
Obrigado pelo carinho!
Boa quinta feira!
Beijos

Everson Russo disse...

Um maravilhoso final de semana pra ti minha amiga, repleto de paz,,poesias,,,flores e beijos e beijos...

Álvaro Lins disse...

Aprecio, mas continuo no 1º degrau:)!
Bjo

Thony Caro disse...

HOLA MARIA LUISA: EXCELENTE ENTREGA DEDICADO AL POETA DEL AMOR, TE DESEO UN FELIZ FIN DE SEMANA.-
BESOS

Anónimo disse...

Apenas eu
E tu...
Por onde andas tu
caminhante incerta?

Augusto

Nilson Barcelli disse...

Excelente poema.
Gostei imenso das tuas palavras, porque ser poeta (como tu) é ser mais alto...
Maria Luísa, querida amiga, tem um bom fim de semana.
Beijo.

TITA disse...

Só a hora do amor...é poesia no seu todo.Que belo,Maria Luísa.Um abraço.

Ricardo Miñana disse...

Muy bonitas tus letras,
que tengas un buen dia.
saludos.

Sonhadora (RosaMaria) disse...

Minha querida

Somos apenas quimera de poetas ardendo solidão das noites imensas...fica apenas o silêncio nas mãos do tempo...o outono...as folhas mortas.
Como sempre ADOREI ler-te.

Um beijinho com carinho
Sonhadora

O Profeta disse...

Saberás que há pedras brancas na ilha
Que a raiva é cegueira à maravilha
O mar às vezes se veste de maresia
Que um amor no amar confia?

Saberás que às vezes escondo o coração à crueldade do mundo
Que o que outrora desejava agora receio
Que a minha desesperada mente combate a tua
Que a ternura às vezes morre ao meio da rua
Boa semana

Doce beijo

Silenciosamente ouvindo... disse...

De novo aqui amiga para lhe deixar
um beijinho
Irene Alves

Aleatoriamente disse...

Luisa tu és a poesia.
Deixas cair sobre os olhos que a miram, a sintonia e o encanto.

Ser poeta? O que ser p o e t a?
Será a alma que canta ao amor? A lua que brilha junto as estrelas?
Ou o sol que com seu brilho , beija o dia com gosto de presente?

Ser poeta...É a mãos que gera o poema e encanta.Tuas mãos é poética Luisa.Tua alma é poetisa.

Bjão

Evanir disse...

Querida Amiga hoje estarei levado seu poema.
Minha ausência tem motivos amada
estou preocupada contigo .
Nunca esqueço de orar por você ,
pois sei o quanto é triste o afastamento de pessoas que amo tanto
deixar de visitar meu blog sem nunca pergunta porque estou distante.
Minha amiga e poetisa amiga que Deus lhe abençoe sempre.
Me diga meu livro já chegou até você estou ficando preocupada.
Beijos no seu doce e terno coração.
Sempre sua amiga,Evanir.

Lídia Borges disse...


Cumplicidades a vestirem as palavras com a nudez da alma.

Um beijo

Penyuluh Perikanan disse...

for my first visit for friendship
This bolog, beautiful, beautiful postingan here and fun, I really like this blog and always continue to follow # 569 #
I feel happy and glad if you accept my
and re-visit and follow my blog
I'm waiting
and thank you

Mr. Andry disse...

hello mrs. Maria, nice to meet you in my blog, I'm from Indonesia and happy to know and be your friends, but I can't speak portuguese, may next time you could visit my blog again...

salam

migalhas disse...

ola vi seu comentário num outro blog, e decidi vir visitar o seu blog.. ta muito bom.. vc aceita o convite de vir visitar o meu=?? ler os meus poemas por favor?? HTTp://assombrado-mc.blogspot.com

jabeiteslp disse...

mais um blog ou ir para o Facebook
era mais tempo

e os meus olhos
começam a gaguejar
por assim dizer...

feliz fim de semana

João Costa Filho disse...

Olá Maria Luísa, o teu dizer de poeta, o sentir, pensar, vagar: nuvens, pássaros, distancias, recolhimento, prrofecias, são a luz do candeeiro que alumia, bruxeleia as almas em sintonias sem tons ou semitons, mas indeléveis em seu cantar, de poeta, que és tu.
Gostei muito.
beijos
João Costa Filho

Fê-blue bird disse...

Amiga, música certa para um poema perfeito.

beijinhos