quinta-feira, 16 de agosto de 2012

INFINITO...



Imagem Internet
  Olho o Infinito austero
  Que se mostra
  E se esconde na imensidade.

Se veste de mistério
E vive como mistério.

Fugidio e imponente
Envia para a terra
As coisas incertas.

Enlouquece pessoas e coisas
E nunca se conhece
E eu vejo linhas geométricas.

Só isso se vê!...

Procuro a linha
Que não foi descoberta
As partículas incertas
E as escritas
No buraco vazio.

Não vejo nada
E o que vejo não é verdadeiro!

Desiquilibra-me
No equilíbrio do que sou.

E talvez nunca lamente
A partida.

Tantas coisas que não viram
Meus olhos
Tantas coisas que não ouviram
Meus sentidos.

E gostava de ter visto
E ouvido
E sentido
E amado.

Montanhas azuis escuras
Verdade
Azuis escuras.

Não há planície
Nem doçura
Não há.

Mas ao longe
O mar murmura...

Maria Luísa Adães

55 comentários:

✿ chica disse...

Tuas poesias são lindas sempre!!beijos,lindo dia!!chica

Maria Luisa Adães disse...

Olá chica

Grata por te encontrar
Neste Infinito austero...

Maria luísa

annash mobilepc disse...

hi maria, iam indonesian.
i want follow your blog

Maria Luisa Adães disse...

Niece to find you in my blogs.

Later I´ll write to you. Thanks and kisses,

Maria luísa

penyuluh perikanan disse...

Comes back, to say thank you ..
it was good to be acquainted with this useful blog
thank you for visiting and receiving friends also follow
Warm greetings from me
thank you

isa disse...

Gosto muito de ler a sua Poesia!
Há sp qualquer que me encanta e me convida a reler.
Beijo.
isa.

isa disse...

Queria dizer: qualquer coisa que me encanta....
Beijo.
isa.

Anónimo disse...

"Fugidio e imponente
Envia para a terra
As coisas incertas"...

Talvez,
porque têm que ser os homens a descobrir "as coisas certas"...

De uma profundidade subtil, mas muito forte.

Lindo de ler, de sentir e de dizer!

M.C.

jabeiteslp disse...


não lamentes
o infinito vai ao de lá do sentir
e tu sabes que nada muda...

beijinho Luisa~_

há que viver e aproveitar

Poeta Zarolho disse...

Muito espaço vazio, saltos imensos, o retrato de um universo por conhecer, mas com uma dinâmica muito própria.

Imac by Artes disse...

Linda poesia amiga!
Ela me encantou, entrei nesse grande mistério do infinito, onde tudo parece tão complexo e ao mesmo tempo tão simples...Amei te ler!
Abraços! Dias abençoados pra ti.

Imagem e Poesia disse...

Incrível poema, boa amiga.

Gostei de te ler.

Saudades...

Beijinhos
Ceiça

beites disse...


sempre de sorriso presente
no infinito...

bom fim de semana Luisa



Álvaro Lins disse...

Cá estou eu no 1~degrau; mas sou persistente e adoro a tua poesia:)
Bjo

Lu Rosário disse...

Está tudo a alcance, inclusive a poesia.

Beijos.

Toninhobira disse...

Há uma saudade, mas esta cheia de doçura.Linda inspiração amiga.
Sempre uma escola da boa poesia.
Grato sempre pelo carinho.
Carinhoso abraço.
Beijo.
Belo domingo.

Eu...Suzana disse...

O vazio do universo que encanta e que desequilibra e que permitimos que invada a nossa alma trazendo nela os resquícios deste envolvente mistério a nos deixar como cegos e surdos. Um grande abraço, beijos!!

Anónimo disse...

Te saúdo e ao teu "Infinito austero" e à beleza com que o crias
tão a teu modo (e eu adoro)e a tudo quanto tu és. Do amigo,

A.

Zevin disse...

Nice blog :)

Eu...Suzana disse...

Querida amiga, sou sim tua seguidora e tu a mim a algum tempo, talvez não lembres pois fazia algum tempinho que aqui não vinha. Obrigada por teu carinho e tua agradável visita ao meu blog. Beijos!!

Orvalho do Céu disse...

Olá, querida
Não vejo nada e o que vejo não é verdadeiro... Perfeitíssimo!!!
Deus te cubra de bênçãos e te faça muito feliz!!!
Bjs festivos de paz

Graça Pereira disse...

Querida Maria Luísa

O Infinito fica lá tão longe e o futuro é já tão perto... Olhou-o como casa que não sei se alguma vez ocuparei...O Infinito lembra também despedida de um certificado rendilhado da nossa partida...
O teu Infinito é igual ao meu...não levamos nada a não ser a saudade do que se não viveu!!
A tua poesia...sabe a Infinito.
Beijo
Graça

Imaginário disse...

Lindo poema, profundo e de leitura prazerosa.
Minha grande dificuldade decorre da geometria, imposta pela "ciência" moderna... Para os pré-socráticos tudo parecia mais simples... Não se estava em busca da verdade, mas da felicidade...
Abraço.
Gilson.

Maria João Brito de Sousa disse...

E que bem retratas, pintas, descreves, cantas, este teu Infinito!
Infinitamente desejo que melhores rapidamente, que a tua vida volte à sua normalidade!

Um enorme abraço, Maria Luísa!

Mar Arável disse...


Um dia chegará

a hora dos pássaros

Bj

Oz disse...

Hola Maria Luisa, he llegado a tu Blog a través de un amigo y me ha gustado mucho tu trabajo. Felicitaciones y saludos desde:
http://leyendas-de-occidente.blogspot.com/

Zevin disse...

Thank you have been following
my blog, I will follow this blog.

David C. disse...

Inspirado poema.
Saludos
David

Sonhadora (RosaMaria) disse...

Minha querida

por vezes o infinito está tão longe do nosso olhar...tão distantes das nossas mãos.
Lindo sempre ler-te a alma


Um beijinho com carinho
Sonhadora

Viviane disse...

Adorei conhecer seu blog... voltarei mais vezes pra ler mais.
Conheça o meu tb:
www.israelcompras.com
Bjks
Vivi-Israel

Maria Luisa Adães disse...

Viviane

Estive em seu blogs e me aderi como seguidora, mas nada poude escrever, pois não entendo nada de Hebraico (penso que seja Hebraico).

Conheço Israel e gostei muito de lá estar num Kibutz próximo dos Montes Golãn (Siria) e daí percorri o País. Adorei e fiquei como Peregrina.

Maria luísa

Sor.Cecilia Codina Masachs disse...

Mi querida maría Luisa, como ya me ocurre muchas veces el traductor no me funciona y entiendo muy poco el portugués, voy pescando palabras sueltas.
Mi correo:
sorceciliacodina@hotmail.com
sorceciliacodina@gmail.com

Espero que esté mejor de su salud.
Con ternura
Sor.Cecilia

Evanir disse...


Como estava um pouco afastada estou tentando voltar aos poucos
novamente tentando digerir o desconforto que estou passando no momento.
Eu não posso parar muito menos desistir de lutar como sempre fiz.
E a amizade nos da força sempre para continuar nossa jornada.
Nessa rapida visite convido você a ler minha postagem
também dizer se gostou do novo visual da nossa Viagem.
Linda noite minha amada poetisa amiga ,,te amo muito e estou com uma infinita saudades de você beijos no coração daqui do outro lado do oceano,Evanir.

Daniel disse...

Quanto mais longe, mais difícil de pegar e conhecer.

Daniel

Thony Caro disse...

HOLA MARÍA LUISA: SIEMPRE ES UN PLACER LEERTE Y AGRADECERTE TU VISITA.-
MUY LINDO FIN DE SEMANA.-

São disse...

Enquanto ouvirmos o murmúrio do mar, ainda existe esperança...

Um abraço, Luísa

Ana Tapadas disse...

Ainda existe esperança...na sua belíssima sensibilidade.


bj

Cigana Raicha disse...

Oi!
Vim conhecer seu blog, e agradecer por ser minha seguidora. obrigada.
Seu blog é lindo adorei de mais, não deixe de voltar.
bjos
Cigana Raicha

http://ciganaluminosa.blogspot.com.br/

Álvaro Lins disse...

Passei para desejar um bom fim de semana...com muita inspiração!
Bjo

João Costa Filho disse...

Olá Maria Luísa, o todo é mistério, e "só sei que nada sei"...
E em apreciá-lo, questioná-lo, estás presente e pertences a essa entidade sem fim, ao buraco negro, e as belezas poéticas dos astros, do por do sol, a aurora boreal que te habita, e as montanhas que te fazem declinar tão belos versos.
E enquanto o mar murmura, tua doçura o aprecia, e sonhas infinitamente...

Lindos versos, gostei muito.
João Costa Filho

O Árabe disse...

... como o mar da Eternidade murmura aos ouvidos da nossa alma. Belo texto, amiga; boa semana.

Reflexos Espelhando Espalhando Amig disse...

Encantada com seus versos, ja seguindo
deixo meus votos de um otimo
fim de semana.
Bjins entre sonhos e delírios
e esses belos versos

"Eu vos direi "Amei para entendê-las
Pois só quem ama pode ter ouvidos
Capaz de ouvir e entender as estrelas.""
(Via Láctea)
Olavo Bilac

Artes e escritas disse...

A verdade é que vemos apenas parte, não há como sentir ou ouvir ou viver tudo na austeridade do Chronos, bonito poema. Um abraço, Yayá.

beites disse...

deixo o desejo de um Domingo
muito feliz...~_

La Gata Coqueta disse...

Hola entrañable María Luisa!!
Yo también te deseo un comienzo de semana digno de ser recordado a la lumbre de la poesía.

Atentamente
María Del Carmen

OZNA-OZNA disse...

mil gracias querida y admirada poetisa por obsequiarnos tan bellos y profundos versos. Muchos besinos y feliz inicio de semana te deseo con todo mi cariño.

Ingrid disse...

tanto infinito a ver e a sentir nos teus versos..
beijos de carinho querida.

★MaRiBeL★ disse...

░░░░░░░░▄██▄░░░░░░▄▄░░
░░░░░░░▐███▀░░░░░▄███▌
░░▄▀░░▄█▀▀░░░░░░░░▀██░
░█░░░██░░░░░░░░░░░░░░░
█▌░░▐██░░▄██▌░░▄▄▄░░░▄
██░░▐██▄░▀█▀░░░▀██░░▐▌
██▄░▐███▄▄░░▄▄▄░▀▀░▄██
▐███▄██████▄░▀░▄█████▌
▐████████████▀▀██████░
░▐████▀██████░░█████░░
░░░▀▀▀░░█████▌░████▀░░
░░░░░░░░░▀▀███░▀▀▀░░░░
●Feliz Día●
★MaRiBeL

Pizarro disse...

Precioso y lindo blog lleno de encanto y poesias.
Voy a seguirte.
Saludos y abrazos.

Sara O. Durán disse...

É maravilhoso ver como até mesmo as menores coisas um grande mistério lá.
Eu amei como você começa a sua dedução tais belas linhas geométricas.
Um grande beijo de anis.
P.S. Espero que tenhamos Google traduzida corretamente, se não, espero sua compreensão.

Fê-blue bird disse...

Como te compreendo minha amiga.
Espero que estejas melhor.

bneijinhos

AFRICA EM POESIA disse...

Minha amiga
vim olhar o infinito dizer que é lindo e que venho matar saudades um beijo.





Batuque
Noite estrelada...
Ao redor da fogueira
Nós cantamos
Sentimos
E ouvimos...

O som do batuque...
E sabemos
Que este som

É África...
É loucura...
É vida...

E nós
Olhamos
Vivemos
E sentimos
O som do batuque
Dentro de nós...

E temos a certeza
Que esta África
Que tanto nos dói
Nunca nos deixará
Ser totalmente livres
E sempre
Nos aprisionará...

LILI LARANJO


Jose disse...

Hola princesa de las letras versadas y muy bien poetizadas.

Gracias por esa siempre gentil visita.


Saludos

:.tossan® disse...

A tua poesia é colorida da cor do vinho que degusto neste instante. Lindíssima! Uma Obra Poética sem dúvida! bj

Maria Luisa Adães disse...

Lili Laranjo

Sempre me foi dito
que África tem magia e feitiço.

Quem nasce ou vive
nunca mais esquece.

É um dos Continentes que mais seduz
lembremo-nos de "África minha"...

Adorei
e dancei
ao som desse batuque!...

Maria luísa