quinta-feira, 5 de julho de 2012

Noutro lugar...

By Kiug
Aromas, sons e cores
Mar, serras e árvores
E eu...

A música do entardecer
Na sua beleza já nascida
E a solidão do esquecer.

A luz do esquecimento
Próximo da partida
As mensagens ocultas, perdidas.

Os meus sonhos lembrados
Ocupando uma vida
E a minha procura de ti.

Ninguém me ouvia
E eu sentia a falta desse ouvir
Que tanto mal me fazia.

E quem nos entende
E quem nos ouve
E quem nos ama?

Não sabemos...
Apenas o mistério predomina
Nos últimos instantes.

Ousadamente me dispo
E me olho ao espelho
E te vejo dentro do espelho.

Tu existes para meu deleite
Ou és apenas parte do sonho?

Assim somos nós
E por vezes não somos
Somos todos os outros!...

Te amo!

Maria Luísa

44 comentários:

Ingrid disse...

.."Assim somos nós
E por vezes não somos
Somos todos os outros!"...
para refletir minha querida amiga..
leio e releio ..e sinto a cada palavra uma viagem interior..
intenso versar..
meu beijo carinhoso sempre..

✿ chica disse...

Lindo e quantos disso não se d~çao conta? beijos,chica

Maria Luisa Adães disse...

Ingrid

Amei tua presença e tuas palavras.

Perdoa minhas ausências!

Um beijo, Mª. Luísa

Maria Luisa Adães disse...

Chica

Obrigada por te encontrar. Fico grata à tua presença.

Desculpa, por mais um tempo (eu penso) minhas ausências.

Abraço grande,

Mª. Luísa

Imac by Artes disse...

Maria Luisa querida!
Quão profundo e verdadeiro,seus versos...Estou aqui refletindo...
Amo te ler!
Abraços! Dias abençoados pra ti.

Maria Luisa Adães disse...

Imaculada

Gosto de teu nome e de tua presença e tuas palavras.

Bem hajas e obrigada,

Maria Luísa

Anónimo disse...

"ousadamente me dispo
E me olho ao espelho
E te vejo dentro do espelho..."

Lindo minha amiga,
sempre me assombra!

M.C.

Rogério Pereira disse...

Acho que deu a conhecer
Seis degraus
Aguardo o sétimo
(Ou o primeiro)

:))

L.O.L. disse...

Na verdade ninguém existe realmente. Desde "piqueno" que penso que tudo isto não passa de um sonho. Às vezes esse sonho pode tornar-se pesadelo. Faz tudo parte do processo do Cosmos. Somos pequeninos demais.
Bjos.

Graça Pereira disse...

Querida Maria Luísa

A luz do entardecer e a solidão do esquecer...triste as duas coisas!
O importante é encontrarmo-nos...mesmo que seja através de um espelho!
Amo os teus poemas...falam de mim!
Beijo amigo
Graça

Brown Eyes disse...

Nós só sabemos quem nos ama, quem nos ouve quando estamos em baixo, menos bem. Aí sim temos a hipótese de conhecer quem nos rodeia. Excelente poema Maria Luísa. Bom fim de semana porque amanhã talvez não tenha oportunidade e no fim de semana muito menos. Beijinhos

beites disse...

Somos esta mescla
de sentimentos
mais assim
ou menos sem fim

mas temos o condão de existir...

feliz noite Luisa

Sonhadora disse...

Minha querida

Ler-te é uma viagem por dentro de tantos corpos que se esqueceram de morrer...de tantas vidas vagando entre o sono e o pesadelo e esperando talvez por um sonho breve...uma gota de água com que saciem a sede de amor...a fome de infinito

Um beijinho com carinho
Sonhadora

Lu Rosário disse...

Que bonito esses versos sobre o sermos e os todos.

Beijos.

Ana Tapadas disse...

Lindo, minha amiga!
Obrigada pelas suas palavras. Anda excessivo o meu trabalho.

Beijo

jabeiteslp disse...

uma feliz manhã pra ti...

Fernanda disse...

Gosto muito dos seus poemas e acredito que de tudo em si, mas estou de saída e não haverá retorno.

Obrigada pela amizade e por tudo que representou para mim.
Acredite ou não, fiz tudo o que havia a fazer... sabe do que falo mas fui castigada pelo insucesso que nunca foi meu.
Desse processo ficaram marcas que nunca esquecerei.
Fique bem.

Adeus.

Um beijo

Marilu disse...

Querida amiga, tenha um lindo final de semana. Beijocas

Álvaro Lins disse...

Excelente poema!
Fico-me por "...Assim somos nós
E por vezes não somos..."
Abraço

Pat TerraBruna disse...

escribes, amiga,
de un modo ejemplar,
un abrazo, y nuestro cariño,

nacasadorau disse...

Maria Luísa, amiga!

Estou bem, agora...
Não se preocupe comigo.
Desejo ardentemente que consiga superar todo o mal que está a passar.
Muita saúde e um grande abraço.

Eu...Suzana disse...

Diante do espelho as verdades surgem...Assim somos nós...E por vezes não somos...Somos todos os outros!! Bonito texto, amei. Um grande beijo amiga.

Ziza's N.E.M. disse...

Obrigado pelo comentário Maria Luísa, por espanto meu já sei nadar mais ou menos, só falta aperfeiçoar e praticar cada vez mais para conseguir deslocar-me facilmente.

É verdade... a poesia serve mesmo para expressar o que nos vem à cabeça no preciso momento que nos é lembrado e sentido ditas sensações e impressões.

Parabéns pelo seu blogue. =)

akuanauta disse...

Muy grandiosas tus letras de amor. Que gran placer reconfortarme en las letras de tu poema.

Besos

vitorchuvashortstories disse...

Olá,Maria Luisa!

O meu obrigado pela visita e palavras simpáticas.

Um abraço amigo
Vitor

Portal Paulista Online disse...

Caro amigo(a) venho hoje aqui em seu brilhante site mostra esta otima feramenta que lhe proporcionara muitas visitas para seu site grates, esperimente e cadraste-se você poderar gostar. É total mente grates, deis de já fico grato e ao sucesso.
Portal Paulista online.
Link de acesso é so copiar e colar no navegador:
http://www.1milhaodevisitas.com/?aff=23504

Maria João Brito de Sousa disse...

Quantas e quantas vezes somos todos os outros! Uma das razões que me tornaram numa mulher feliz - apesar de tudo! - é não ter a menor dúvida de que, pelo menos, os animaizinhos que comigo coabitam, me amam tão profundamente quanto eu os amo a eles... ou mais ainda. Eles amam de uma forma dedicada e saudável... todos eles!
Belíssimo, como sempre, o teu poema!
Enorme abraço!

Anónimo disse...

uma grande e feliz tarde pra ti...

jabeiteslp disse...

e mais uma vez
uma grande e feliz tarde
assim como um sono reparador...

PEPI disse...

Querida Maria Luisa,
Muito obrigada pela sua gentil visitinha lá nos Selinhos
Ficamos felizes com o seu carinho
Tenha uma linda semana e tudo de melhor
Beijinhos afetuosos de
Verena e Bichinhos

Patrícia Pinna disse...

Bom dia, Maria Luisa. Vim conhecer o seu blog através de uma homenagem que a amiga Evanir fez para você.
Ela postou uma poesia da qual gostei muito, e vendo o seu blog posso confirmar o conteúdo.
Achei interessante também o nome dado ao seu espaço, que já estou seguindo.
Um beijo na alma, e fique na paz!
Parabéns pelo blog!

Anónimo disse...

"Tu existes para meu deleite
Ou és apenas parte do sonho?"

Aqui está uma pergunta a que não sei responder,
na beleza esperada do teu poema...

Um abraço,

Anthos

:.tossan® disse...

Bonito demais Maria Luísa. Beijo

Maria Luisa Adães disse...

Rogério Pereira

São Sete degraus...apenas conhece seis? Será que desapareceu o sétimo e o primeiro?

Estranho, não?

Maria luísa

La Gata Coqueta disse...

Una vez más, la nobleza del corazón me demuestra el digno don de la amistad para continuar alimentándolo a tu lado…

Un abrazo con ternura
Y un beso con dulzura

María del Carmen

algamarina disse...

María Luisa!

Es un placer recorrer este lugar, al que llegué siguiendo sus huellas desde mi playa! Gracias por su visita! Me sentí honrada...

Saludos azules desde mis mareas calmas...

rui disse...

Maria Luisa...muito obrigada pela visita ..falar de poesia é facil
dizer sou poeta tambem... mas escrever coisas bonitas nem todos sao capazes...aqui lê-se excelente poesia..tudo que aqui li adorei..
vou voltar...
um abraco
Rui

O Sibarita disse...

Porreta dona moça! kkk Pois é, as vezes somos todos os outros, menos, nós mesmos, né não? kkkkk

Belo poema! Que mal de lhe pergunte é de Salvador?

O Sibarita

Tunin disse...

No espelho a leitura de nossa alma.Lindos versos, minha amiga!
Abração.

Toninhobira disse...

Musica,luz e sonhos a trilogia perfeita para esta bela inspiração onde o amor faz sua morada.Tenho que aplaudir Luisa sua construção e este final magnifico.
Meu carinhoso abraço de paz e luz.
Bjo.

Evanir disse...

Ter vc comigo é maravilhoso! Obrigada pelo carinho e sua amizade.
Obrigada por reservar um cantinho em sua vida para abrigar o meu amor e carinho.
obrigada por partilhar comigo momentos tão sublimes nesta troca gratuita de amizade!
Que Deus te proteja hoje e sempre.
Obrigada também por estar sempre comigo
em todos os momentos da minha vida.
E através dessa magica telinha que encontrei
alegria de viver e lutar sempre .
Aqui tenho amigos reais por isso
sempre digo.
Amigos para Sempre.
Um feliz e abençoado final de semana.
Beijos no coração,Evanir.
Não se esqueça que ..
Estou seguindo -te e te amando.
Minha amada a alguns dias não estou bem mais continuo orando por ti e por mim também.
Amiga te amo de todo coração .
Todas as noite eu e meu esposo oramos de mãos dadas creia nisso.
Por favor me envia seu endereço para mim mandar meu livro pra ti tenho um seu pertinho de mim também quaro que o meu fique juntinho de si.

TITA disse...

Quando nos despimos de nós somos todos os outros...Belo,muito belo,Maria Luísa.Um abraço.

Nilson Barcelli disse...


Tu existes para meu deleite
Ou és apenas parte do sonho?

Quantas vezes essa dúvida nos invade...
Mas não tenho qualquer dúvida, o teu poema é magnífico. Gostei imenso das tuas palavras, como sempre.

Maria Luísa, querida amiga, tem um bom domingo e uma boa semana.
Beijo.

Nik' disse...

Lindas palavras...
quantas vezes vemos no outro, nosso verdadeiro eu
na realidade, eu acredito que sempre existe uma pessoa, uma única pessoa que nos faça chegar mais próximo de nós mesmos
é isto o que nos faz tão especiais!