segunda-feira, 18 de julho de 2011

Salvo Meus Gatos ( VI )

Internet
Mercê do feitiço
Da bruxa de chapéu alto
Meus gatos lindos
Da cor do arco-íris,

Se encontram aprisionados
Numa porta de sete chaves
E eu não sei quebrar o feitiço
Nem sei que fazer...

Pedir ao Deus
Que está no azul do firmamento
Uma luz trazida pelo vento.

E esta prece me mostrou
Os Cinco Dedos da Mão de Deus.

O Infinito embranqueceu e sorrio
E cinco traços com cinco tons
De alabastro antigo apareceu,
Cada tom mais suave do que o outro.

E meus gatos, disfarçados nessa cor,
Voltam aos meus braços.

Os tenho em meus braços
E eles cansados, deitados
Sob a superfície lisa
Da cor do alabastro,

Passam despercebidos
Perdeu-se a força dos abraços
E a solidez dos cansaços.

Mas os libertei
De uma morte de feitiço,
Já não há tempos
A cantar sua vida.

Se juntaram à multidão dos gatos
E me esperaram despidos
Húmidos de água e alabastro.

E os salvei de coisas impossiveis
Feitas de correrias e de pânico!...

Maria Luísa Adães

a continuar...

53 comentários:

isa disse...

Duma beleza imensa seu Poema,minha
querida Mª Luísa!
E vou esperar emocionada a continuação!
Beijo.
isa.

pekenasutopias disse...

Felizmente salvaste-os, pelo menos na tua história! Pode ser que te seja difícil acreditar, mas vou tentar reproduzir um pensamento que desenvolvi acerca de ti e deste teu poema;
Ontem à noite, quando fui passear o Kico, estava a pensar que o teu poema sobre os gatos não estava terminado e ocorreu-me perguntar-te porque não tentavas salvá-los... depois impôs-se-me a racionalidade com uma pitadinha de`"ética de autor" e decidi que nem to poderia sugerir porque a peça é tua e o autor tem todo o direito de fazer dela o que entender. Mas fiquei contente por o teres decidido por ti mesma!
Abraço grande.

Sonhadora disse...

Minha querida

Vou comentar quando terminares, porque assim é prematuro...não sei o que vais fazer "dos teus gatos", mas como sempre a poesia mora aqui.

Beijinhos com carinho
Sonhadora

Imac by Artes disse...

Maria Luisa querida!
Como é lindo entrar em seu cantinho. Seus poemas tem mistérios que me encanta.
Leio, releio... Sinto-me envolvida
na trama e fico imaginando o final.
Grande abraço! Uma semana linda e abençoada pra ti.

La Gata Coqueta disse...


Es saludable dejarse llevar perdiéndose en el propio "yo" interior, para que el instinto del intelecto se deje conducir donde el corazón disponga... Y así sentirse más gusto con uno mismo y con los que nos rodean.

Un placer leer tus textos que llenan e inspiran los sentimientos...

Te entrego un brazo de estelas de colores donde reposa todo el cariño que en este momento tengo reservado para ti.

María del Carmen

Pepi disse...

Maria Luisa querida,
Lindos os seus versos e carinho com os bichinhos
Amamos!!
Tenha uma boa semana com muita Paz
Beijinhos de
Verena e Bichinhos

manuel marques disse...

Vou estar de olho nos gatos para que não lhe aconteça nada,Prometo.

Beijo.

Maria Luisa Adães disse...

manuel marques

Agradeço a ajuda que pretende dar aos meus gatos.

Assim, já não estou tão só...

Maria luísa

Rosamari disse...

que bello MªLuisa,
tú si encontraste la forma de deshacer la brujería,
hermoso, muy hermoso tu sentir y capacidad de transmitir,
un fuerte abrazo

Prof Eta disse...

“O faraó”

Vamos todos ao festival
Com o espírito de outrora
Que ninguém venha embora
Sem uma solução radical

Que a ditadura económica
Está a fazer-nos passar mal
Que então nasça nesse local
Uma solução faraónica

Na pirâmide que aí nascer
Façam sepultar o capital…
Parem já, não pode ser

Como iremos sobreviver
Sem ir ao centro comercial
Após o dinheiro morrer?

vitorchuvashortstories disse...

Olá, Maria Luisa!

A prece foi ouvida, o bem triunfou sobre o mal, os gatos estão a salvo, e o poema pode ter continuação...
Estamos no reino da fantasia,governado pela imaginação.

Beijinhos.
Vitor

jabeiteslp disse...

peculiares
esses teus gatos...~_~

xoxo dos calhaus

vais gostar do novo post
acabadinho de sair...

Anónimo disse...

E a magia continua...
Sem o poder da imaginação, aliado à magia do escrever que seria de nós todos?

Criaturas impossíveis de viver...

Adorei essa tática de salvação!

MC

Evanir disse...

Fiquei muito triste em receber seu email dizendo que não consegue comentar nos meus blogs.
Fui olhar nos seu seguidores para atualizar e vi que faz muito tempo
a imagem é muito antiga que usei quando comecei a seguir-te.
Mesmo assim obrigada pelo seu carinho.
beijos no coração ,Evanir.

www.aviagem1.blogspot.com
www.fonte-amor.zip.net

Everson Russo disse...

Um poema belissimo, forte e cheio de sentimentos...grande beijo de bom dia pra ti amiga...

Amor e outros delírios disse...

Lindo poema! Eu tb amo os gatos... tenho 3 e enfrentaria céus e terra para resgatá-los, certamente... rs.
Beijos da Marie

jabeiteslp disse...

é como a tua Arrábida
o Extasy de ar e momentos...

beijinhos Luisa
um belo entardecer pra ti ^_^

Prof Eta disse...

“O colosso”

Que o colosso era maior
Eu já tinha desconfiado
A sina do povo sofredor
É nascer pr’a ser enganado

E a reboque do colosso
Chupam-nos até ao tutano
Ficamos só com o osso
Dizem que é só este ano

Tirando este foram todos
Pr’aí dos últimos trinta e tal
Serão os próximos quarenta

Alguns com dinheiro a rodos
Outros com a dívida colossal
E o colosso quem alimenta?

Toninhobira disse...

Um bela inspiração que voce extrai destes gatos com as figuras que povoaram nossas mentes de magias.Que eles possam se salvar e voce continuar nesta saga.
Um abração Luisa.
Bju de luz.

Julio Díaz-Escamilla disse...

Salvados están los meninos, ahora a cuidarse de esa bruja. Esperaremos la segunda parte.
Un abrazo.

La Gata Coqueta disse...


La amistad tiene la asombrosa capacidad de hacer que las alegrías se crezcan y las penas se diluyan...

Hoy es el día del amigo, y entre todos vamos poblando con hojas de amistad el universo de árboles de vida.

Siendo tus hojas el aporte fundamental de vida para mi, hoy te dice mi alma cantando!!

¡¡Feliz día de la amistad amig@!!

María del Carmen

Everson Russo disse...

Amigo (a) é porto seguro, é riqueza infinita, é conquista serena, é flor que nasce pela manhã com orvalho nas pétalas,,,super beijo de feliz dia do amigo pra ti querida,,,obrigado pela sua amizade...

Julie disse...

Muchas gracias, querida amiga, por tu comentario y el premio. Agradezco de veras ese regalo. Te mando mi cariño y un fuerte abrazo.

Everson Russo disse...

Obrigado pelo selinho minha querida amiga, será guardado no link, www.olivrodosdiasdoispresentes.blogspot.com......beijos.

Evanir disse...

Estamos distantes e ao mesmo tempo tão perto..
A amizade
que nos une pode vencer todas as distâncias.
Ela sim é mais forte que o tempo.
No decorrer da nossa existencia se vacilamos
em alguma coisa.
Seus verdadeiros amigos estão ali sempre
a seu lado mesmo se o Mundo conspire
contra você.
Hoje quero deixar um abraço através dessa telinha e dizer
te amo linda amizade por tudo que representa na minha vida.
Um beijo carinhoso,Evanir.

Daniel Costa disse...

Maria Luisa

à tua maneira bela de escrever poesia, é facto de que o poema é deveras interessante e com profundidade.
Já levei o selo, para postar.

Viver, para mim, só Lisboa, foi sempre um sonho. Curioso: com a descendência acontece o mesmo.
Beijos

vitorchuvashortstories disse...

Olá, Maria Luisa!

O selinho que ofereceste, já o levei com muito gosto;lá está guardado junto de todos os outros.

Obrigado pela amizade; beijinhos.
Vitor

Imac by Artes disse...

Obrigada pelo carinho!
Já estou levando o selinho.
Um Feliz "Dia do Amigo" pra ti. Amiga querida!
Abraços e um lindo dia abençoado pra ti!

Antonio Porpetta disse...

Gracias, María Luisa, por tu gentileza.
Ah: No, no. De "tal vez..." nada. Tú eres poeta. No lo dudes.
También amo a los gatos. Y me entiendo muy bien -y enseguida- con ellos. Yo creo que casi todos me consideran como un hermano, o un pariente cercano, de verdad.
Un cálido abrazo desde Madrid.

AFRICA EM POESIA disse...

Mª Luisa

Com carinho deixo para ti...




Vida...
Vida vivida...
Vida sofrida...
Vida cantada...
Porque a vida...
É composta de tudo...
De choro...
De riso...
De carinho...
E de alegrias...
E muitas vezes...
Mesmo sofrida...
E pouco vivida...
A vida...
Tem sempre valor...
Porque prevalece sempre...
A vida...
Vivida com alegria!...

LILI LARANJO

AFRICA EM POESIA disse...

Obrigada pelo selo..
LINDo

Jose disse...

No ,no me olvidé que una agradable vista llegó a mis molinos que a su servicio quedan.

Saludos

N. Barcelli disse...

Do mal o menos... salvaram-se os gatos... para já...
Um poema engraçado. Fico à espero da continuação.
Beijo, querida amiga.

Maria Alice Cerqueira disse...

Ola amiga
vim agradecer o seu carinho, obrigada pelo lindo selinho.
Um dia muito feliz para voce, neste dia do Amigo.
Abraço amigo.
Obrigada de coração.
Maria Alice

Maria disse...

Amiga Como sempre um poema maravilhoso. Sendo hoje o dia internacional da Amizade e do Amigo, passei especialmente para agradecer a sua companhia, as gentis mensagens que deixa no meu cantinho, o seu carinho e acima de tudo a sua amizade.
“A glória da amizade não é a mão estendida, nem o sorriso carinhoso, nem mesmo a delícia da companhia. É a inspiração espiritual que vem quando você descobre que alguém acredita e confia em você.” (Ralph Waldo Emerson)
Um abraço bem apertadinho e um grande beijinho
Maria

Brown Eyes disse...

Os teus poemas são maravilhosos como maravilhoso é o teu coração que nunca se esquece de um amigo. O selo já está publicado no
http://stampsbrowneyes.blogspot.com/.
Agradeço-te tudo o que me dás.
Beijinhos

Rafael Castellar das Neves disse...

Muito bom, Maria Luisa...aguardando a continuação!

beijos

Pepi disse...

Querida Maria Luísa,
Lindos versos, como sempre
Viemos desejar um FELIZ DIA DO AMIGO
Tenha uma linda e abençoada noite
Beijos de
Verena e Bichinhos

Prof Eta disse...

“Godnomics”

Esta depressão que nos anima
Nestes tempos tão materialistas
Os seres humanos dão nas vistas
E diferença pr’o robot é mínima

É certo que um robot deprimido
Não se anima como o ser humano
Ele permanece triste e inumano
Mesmo que tome o comprimido

Ao humano basta a pastilha tomar
Para que o caso mude de figura
Como resultado da transformação

Em absoluto passa a acreditar
No Deus da economia que perdura
Ele que indicará a via da redenção.

Nina Pilar disse...

qse lirico o teu poema querida, e eu tbem salvaria os gatos...

beijinhos querida e uma bela noite pra ti

Fernanda disse...

Sempre fantástica na elaboração de cada poema.
Parabéns Maria Luísa.

Beijinho

El Escritor disse...

Maria Luisa, un gusto conocerte!!

De a poco voy a irte leyendo y tratando de comprender tu portugués!!

Arriba la poesía!!

Adios

El Escritor

Nina Pilar disse...

Amigos um belo dia do amigo pra vcs... na musica do milton nascimento e fernando brant a belíssima _Canção da América_, nada pode representar melhor um amigo e a sua importância...

Canção da América

Amigo é coisa pra se guardar
Debaixo de sete chaves,
Dentro do coração,
assim falava a canção que na América ouvi,
mas quem cantava chorou ao ver o seu amigo partir,
mas quem ficou, no pensamento voou,
com seu canto que o outro lembrou
E quem voou no pensamento ficou,
com a lembrança que o outro cantou.
Amigo é coisa para se guardar
No lado esquerdo do peito,
mesmo que o tempo e a distância, digam não,
mesmo esquecendo a canção.
O que importa é ouvir a voz que vem do coração.
Pois, seja o que vier,
venha o que vier
Qualquer dia amigo eu volto a te encontrar
Qualquer dia amigo, a gente vai se encontrar.

depois disso é esperar que nossos corações emocionem-se com nossas amizades como emocionamo-nos qdo ouvimos esta declaração de amor, tão maravilhosamente interpretada na voz do meu querido milton nascimento.

e esperar que cada um de nós escute o que fala o nosso coração...ate pq tudo que eu queria dizer eles já falaram, faço minha a voz deste gigante da nossa musica.

beijinhos queridos um belo dia do amigo todos...

José disse...

Olá amiga Maria Luísa!

Fiquei feliz de saber que salvou todos os seus gatinhos, num lindo poema que me encantou ler.
Também quero agradecer a sua amizade, embora isso nunca se agradeça, deste vez consegui levar bem o selo, acho que pouco a pouco vou progredindo nestes caminhos da blogosfera, com uma ajudinha aqui outra ali, lá vou eu andando por aqui.
Beijinho,
José.

Lindalva disse...

Querida Maria Luisa antes de tudo que teu dia esteja a brilhar como o sol. Quanto a luz da Ilha e todos as outras imagens, sejam selos feitos por mim e outros que angario da net pode pegar, afinal de que adiantaria ter um blog público com tudo fechadinho as 7 chaves? com muito gosto e feliz fico em saber que gostou de alguma imagem da minha Ilha ou de um selinho que criei, não se acanhe pode pegar o que quiser, sempre estou criando selos e ofertando aos amigos, infelizmente por conta do meu trabalho não dá para passar por todos os blogs amigos para ofertar pessoalmente, sempre deixo o recado na postagem para o amigo pegar. Luz e fraternidade e um beijinho no coração!

Ingrid disse...

querida amiga..
antes de tudo obrigada pelo carinho..de coração mesmo!
vemos que mesmo a distância quando há identidade de almas tudo é perfeito!adoro-te..
quanto aos teus lindos gatos.. a tua poesia os salva..sempre!
continuação..
beijos perfumados..

Esperança disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Esperança disse...

Amada irmã,

Desculpe-me ter removido o ultimo comentário, escrevi errado. (risos). Sobre seu comentário concordo contigo, e um absurdo o que vem acontecendo com os animais no Brasil. Sobre ter seguir já estou a seguir-te desde a primeira vez que nos falamos. Você poderia verificar? No meu blog esta correto...

um imenso abraço de luz em seu coração, qualquer coisa me fale...

Janita disse...

Querida Maria Luisa.

Foi ao libertar estes gatos da cor do arco-íris que se libertou de ti esta série de poemas tão bonitos.
Gatos feiticeiros aprisionados por um feitiço que ao serem libertados te libertaram.
Uma beleza!

Maria Luisa, levo comigo este selinho da amizade que muito te agradeço. Eu penso que todos os dias são para lembrarmos os amigos, mas é muito bonito celebrar a amizade.

Beijinhos e tudo de bom.

Janita

Prof Eta disse...

“Falso alívio”

É dia de grande euforia
Nessa Europa um fartote
Estão a aliviar o garrote
Mas prolongam a agonia

É que ao alargar o prazo
E do juro haver diminuição
Estão a aliviar a pressão
E pr’a esbanjar darão azo

Já consigo ler o pensar
De quem está a governar
“Tempestade está a amainar

Tempo de bonança a chegar
Prenúncio pr’a voltar a gastar”
Raciocínio que nos vai afundar.

Sandra Portugal disse...

Selinho no. 68!!!! Está lá, creio que enquanto eu alterava a página, você a consultou antes de que estivesse salvo!!! bjs Sandra
http://projetandopessoas.blogspot.com//

Maria Alice Cerqueira disse...

Prezada amiga
Hoje vim lhe agradecer pela sua linda e carinhosa presença lá no meu cantinho, através de um simples selinho, 300 seguidores , feito com muito carinho.
Agradeço-lhe de todo o coração!
Abraço amigo!
Maria Alice

Pramod Negi disse...

Great blog really enjoyed reading it. Have bookmarked you and will check back regular. Please feel free to take a look at my blog...
Las Vegas Holiday Packages
Cheap Las Vegas Holidays