quinta-feira, 7 de julho de 2011

O Feitiço ( V )

Internet
A noite está perdida
Eu escuto o silêncio
E encontro Sete Gatos.

A noite é silente
Desnudada
A noite é insolente.

Máscaras passam velozes
Passam por mim
E eu perdi.

E outra vez, a noite silencia
Eu subo e desço escadas.

Oh, quanto me pesa
Auroras da minha vida,
Há muito passadas.

E meus dois gatos
Transformados em sete gatos
Mistérios das noites de amor,
Inertes, pendurados,
Nos sete fechos
De uma porta chapeada.

Um Feitiço,
O andar de treva em treva,
Os prendeu.

O Universo está vermelho e negro
Não vejo estrelas, nem lua, nem Deuses
E tu narrador que me dizes?
Só a ti te vejo e meu amor ao longe
Muito ao longe...como se fosse nada!

Que faço? O feitiço prendeu
Meus olhos infindáveis!...

Maria Luísa

50 comentários:

pekenasutopias disse...

Descobri o link para este teu Feitiço no Facebook, Maria Luísa, e vim imediatamente até cá.
Continuo a considerar que este teu poema "nasce" para um palco! Preferencialmente para um bailado. Oferece-me - e aos outros certamente! - uma série de imagens, sempre com muita cor e muito movimento.
Sou a primeira a comentar! Que bom! :)
Abraço grande!

La Gata Coqueta disse...


Vamos a celebrar el día de la amistad con unos días de adelanto...

Una de nuestras amigas fue quien lo inició hace unos días, y lo continuo con parte de sus regalos.

Más otro que yo he personalizado, pensando en ti, que lo encontrarás al final de los demás, con el que acompaño para que tengas variedad para compartir.

Los obsequios están en Mis caricias del alma, en la entrada subida con fecha de hoy.

Un abrazo de madreselvas para este fin de semana, que a través del aroma envuelven con ternura los sueños que anidan en los corazones...

María del Carmen

Imac by Artes disse...

Querida Maria Luisa!
Amo de paixão seus poemas. Eles me instigam; levam-me para meu universo interior.
Grande abraço e um dia abençoado pa ti!

Maria Luisa Adães disse...

Meus gatos descansaram,
Deram origem
A um poema de amor Eterno,
De condescendência e louvor.

O Narrador voltou a contar,
blessed continuou a acompanhar
E aqui temos o Feitiço do Mar.

Maria luísa

Eduardo disse...

Tenue sombra que a mi lado llegas
¿de dónde provienes?
Tal vez persigues mis pasos
acechas mi gesto
espías mi rostro detrás de tu máscara
y sólo por placer
me marcas las sienes.

Permite que quiebre el hechizo
que rompa cadenas
que siembre jazmines bajo tu ventana.

Dime, sombra leve,
antes de volverte silueta de gatos,
¿conozco tu nombre?


Suas letras são uma inspiracão.
Obrigado, maestra.
Um abraço
edurene@yahoo.es

Maria Luisa Adães disse...

Eduardo,

Não conheces meu nome, nem minhas facetas... Pensas que conheces, mas não conheces!

Mas te permito que quiebres el hechizo
que rompas cadenas
que siempre jasmines bajo tu ventana,
Permito!

Maria Luísa

José disse...

Olá amiga Maria Luísa!
Ao longo da nossa vida perdemos tantas coisas, claro que ganhamos outras, mas eu acho que chega uma certa altura da nossa vida, perdemos muito mais com ganha-mos, é a vida.
Fiz várias tentativas para levar o selo de comemoração dos trezentos seguidores,nunca tive muito jeito para estas coisas, e agora tive mais de dois meses ausente esqueci-mo de algum pormenor, o computador também tem estado a falhar, não sei se é em mim se é no computador, ou talvez nas duas coisas.

Um beijinho,
José.

La Gata Coqueta disse...


Hola mi querida Maria Luisa!!

Es un placer volver a parar por tus aposentos para saludarte.

Los detalles los puedes llevar los cinco, pero el que yo he hecho con todo mi amor es el que está en mocimiento y tiene una cita que dice...

Si yo fuera el mar...
Tú serías una cascada de sonrisas.

Un beso con el nafecto de mi corazón.

Marí

Ingrid disse...

cada verso traduz a magia que tens dentro de ti amiga!
se eu vivesse aí na tua terra que amo, teria imenso prazer em estar a prosear contigo..
beijo carinhoso..

Anónimo disse...

O universo está vermelho e Negro...

( me lembra Sthendall )

e teus gatos e todos vós, estão possuídos de feitiço.

Que podemos fazer?

MC

isa disse...

E ñ é que o "feitiço" me prendeu aqui? E eu deixo...
Beijo.
isa.

manuel marques disse...

Fiquei enfeitiçado e agora !

Beijo.

Toninhobira disse...

O que será isso? Será feitiço?
- Não é feitiço, é a mais pura e misteriosa poesia a falar de nossos sentimentos guardados e embalados em versos espiados por sete gatos em cada canto de meus de meus sonhos.Sempre um poetar diferenciado e lindo.
Meu abraço Luisa,bom este feitiço.

Francisco Espada disse...

Es un placer, María Luisa, seguir tus pasos y deleitarse con la musicalidad de tus palabras. Saludos.

Evanir disse...

Com enorme carinho
agradeço de coração por compartilhar
momentos tão agradaveis e tão importantes para mim.
Certamente vera essa mensagem em outros blogs
mais isso é tudo que posso fazer hoje.
E jamais vou deixar de agradecer a bondade
de estar sempre no meu blog acariciando meu corção.
Agradeço e reconheço que Deus nunca nos deixa sozinho.
Um beijo no coração,Evanir.

vitorchuvashortstories disse...

Olá, Maria Luisa!

Tal como no poema,também a tua imaginação se vai reproduzindo em novos episódios recheados de criatividade e fantasia, e nós, deliciados, só podemos continuar seguindo-te.

Um abraço.
Vitor

Sonhadora disse...

Minha querida

Passando para te deixar o meu carinho e amizade e dizer que estou voltando devagar e agradecer a tua amizade que prezo muito.

Sonhadora

Prof Eta disse...

“Lixo”

O nosso país já estava lixado
Mesmo antes de ir pr’o lixo
Agora com este valor afixado
É oficial, foi por água abaixo

Há muitas vozes indignadas
Com esta nossa triste situação
Se em trabalho transformadas
Algumas soluções aparecerão

Uma delas será a reciclagem
Valoriza resíduos produzidos
Limpando o lixo desta nação

Eu sei, é preciso muita coragem
Para abafar todos estes ruídos
E passar da conversa à acção.

Prof Eta disse...

“Já não conheço”

Já não conheço oposições
Nem aqui nem noutro lado
Conheço é muito comprado
Que na rua grita uns chavões

Já não conheço ideologias
Foram varridas pl’a corrupção
Servir o estado já não é opção
De bandeja servem demagogias

Já não conheço livre pensar
Só vejo máquinas de calcular
E outras tantas para baralhar

Perguntas, onde está a oposição?
Em cada um de nós, pois então
Adormecida, por isso a podridão.

miguxa disse...

Sete gatos...sete vidas vezes sete...o feitiço não quebra apesar da morte aparente o amor rejubila...

Assim te leio mas, sou apenas eu...
Beijos com carinho
Margarida

Rosamari disse...

me gusta la V parte,
me quedo con intriga !
que nos dirá la próxima
un fuerte abrazo
y mimitos de Pruno para ti

Manuela disse...

Olá LUisa...obrigado pela sua visita no meu blog de poemas beijinhos...lindo o seu feitiço
Manuela

tossan® disse...

O teu amor é eterno e tua poesia profunda e bela também. Beijo

PS: Ainda estou navegando, mas estou chegando. Por isso a ausência.

Eduardo disse...

Não Maria, eu não penso isso. Eu não conheço, amiga.
Eu sou um modesto discípulo da sua maestria. Somente isso.

Mar Arável disse...

Á noite

tudo é mais claro

Ricardo Miñana disse...

Hermosas letras, un grato placer pasar por tu casa.
que tengas un feliz fin de semana.
un abrazo.

El Sentir del Poeta disse...

Querida amiga pasa por El Sentir del Poeta hay un Mimo para ti, recíbelo con todo mi cariño, Gracias por estar.
El Premio es “Blog Amigos de Oro”,
Besitos para ti querida amiga, que Dios te bendiga.

Amor feito Poesia disse...

"Quando fala o amor, a voz de todos os deuses deixa o céu embriagado de harmonia."

Willian Shakespeare


BOM FDS...Beijos & Flores! M@ria

Vera disse...

Visualizo todo o percurso de suas criações e me encontro no número sete.
Este feitiço parece uma peça de teatro.

Bjs

Rosamari disse...

para celebrar que el mes de julio es el mes del amigo, en casa, que ya sabes, es tu casa, tenemos un regaloun diploma de amistad, que me encantaría aceptaras, cuando puedas y si lo deseas,
pero en cuestión de amistades no podemos olvidarnos de tu nombre,
muchos besos y mimitos, amiga

Julio Díaz-Escamilla disse...

Se descuelga del silencio un poema, con gatos, silencios, cerraduras y sin estrellas; va el lector subiendo y bajando las escaleras de la emoción y rompe el cerco de la noche para irse... silbando.
Felicitaciones, hay un aroma de soledad en tus letras. Un abrazo.

N. Barcelli disse...

Excelente poema.
Há feitiços que nos prendem...
Querida amiga Maria Luísa, tem um bom fim de semana.
Beijo.

Poemas del Alma disse...

...........♥♥.... ♥♥ Querida Amiga
......... ♥..... ♥.....♥
.......... ♥.....V....♥
............. ♥.....♥ Te deseo un
................ ♥
.................... ♥♥.... ♥♥ Hermoso fin
.................. ♥..... ♥.....♥
................... ♥.....I.... ♥ de semana
...................... ♥.... ♥
......................... ♥ lleno de amor
........... ♥♥.... ♥♥
......... ♥..... ♥.....♥ y Felicidad
.......... ♥.....V....♥
............. ♥.... ♥ besitos para ti
................ ♥
.................... ♥♥.... ♥♥ que Dios te
.................. ♥..... ♥.....♥
................... ♥.....I.... ♥ Bendiga
...................... ♥.... ♥
......................... ♥ Noemi

Rosamari disse...

hola amiga,
el regalo para llevar es el diploma con el corazón, pero si quieres el redacto de pruno puedes llevarlo también,
no se que le pasará a tu pc,
tienes antivirus ?
quizá te fuera conveniente comprobar que no tenga virus o hacer reiniciar, a ver que tal,
buen domingo
ah! si es el dia 20, pero como está el santo de Carmen la gatita y luego ya tendré a Patricia lo e adelantado un poquito y así enseño los regalos recibidos

O Profeta disse...

Quebrei as cadeias do pensamento
Aprisionei o Mar numa gota de sal azul
Vendi os sonhos aprisionados em minhas mãos
Sentei-me para contemplar um pássaro voando para sul

Nua, és azul como as colinas da ilha
Uma baía que acolhe o pranto
Um rio de todas as dores
Errantes são os pesares em céu de espanto

Terno beijo

O Profeta disse...

Quebrei as cadeias do pensamento
Aprisionei o Mar numa gota de sal azul
Vendi os sonhos aprisionados em minhas mãos
Sentei-me para contemplar um pássaro voando para sul

Nua, és azul como as colinas da ilha
Uma baía que acolhe o pranto
Um rio de todas as dores
Errantes são os pesares em céu de espanto

Terno beijo

Maria Luisa Adães disse...

Profeta

lindos teus versos aqui e ali...

E a luta é tua,

"na baia que acolhe o pranto"

E a luta é minha
o pranto é meu
e escolho tua baia
onde caem minhas lágrimas
tentanto combater a magia
que apanhou meus Sete gatos

E prendeu
meus olhos infindáveis!...

Maria Luísa

jabeiteslp disse...

uma bela semana

e na realidade
de passarem tão velozes
as mascaras
perdemos...

joca enorme da Covilhã
(º-º)

Monja de Clausura Orden de Predicadores disse...

mi querida maría luisa, no pude avisarla antes, me he mudado de comunidad y los cambios cuestan.
Pasase por mi blog en el post de tres posteriores donde doy un premio a todos los poetas y escritores de mi blog y usted es una gran amiga para mi desde hace mucho tiempo.
Le dejo mi ternura
Sor.Cecilia

jabeiteslplp disse...

um grande bom dia Luisa
~_~

rosa-branca disse...

Olá amiga, lindo o seu poema e existem feitiços que prendem o nosso sentir. Adorei. Beijos com carinho

La Gata Coqueta disse...


No soy de aquí, ni soy de allá...

Eres de todas partes por ser un sabio mensajero del amor y la paz...

Ciudadano del mundo, que un desafortunado sábado acallaron el manantial de su voz. Sus palabras se quedaron en penumbra silenciosamente prendidas en la cornisa del viento. Y desde ese instante su legado de vida, que su buen hacer a engendrado, sigue recorriendo los hemisferios posándose en cada una de las comisuras del tiempo para continuar creciendo con él en el recuerdo.

Ama hasta convertirte en lo amado, más aún hasta convertirte en el mismísimo amor... Facundo C.

Hoy muchas bitácoras están de luto la mía también, y con estas palabras me sumo al dolor que América latina esta sintiendo en estos momentos.

Pido disculpas por esta intromisión... No puedo evitarlo la tristeza hoy me puede...

Sin olvidarme de desearte un comienzo de semana lo más brillante posible!!

María del Carmen

jabeiteslp disse...

acabei de chegar
e a dizer a verdade

é como dizes
embora de pequena envergadura
nada comparável a Conímbriga

porque tiraram todo o material
da cobertura ?

uns devassos, é o que é...

feliz noite Luisa ~_~

AFRICA EM POESIA disse...

Subi os degraus e encontrei um feitiço Lindo
Beijinhossssssssss

Daniel disse...

Maria Luisa, acho que essa sua postagem foi a mais intrigante que li desde que acompanho seu blog.

Quando leio algo assim fico curioso em saber os segredos da escrita, os significados, porém, neste caso, não descobri nada, e, sinceramente, acredito que esteja cheia de significados.

Parabéns.
Se igualou ao tipo de escrita que eu gosto.

Daniel

Rafael Castellar das Neves disse...

Angustiante...chega a dar um aperto! Muito bom, Maria Luisa!!

Beijos

Ana Kalil disse...

Belo seu poema...
A noite também me enfeitiça...

Beijos

Eliana Sassen disse...

Olá Maria, adoro poesias sim,só nãO SOU BOA EM PASSAR PARA O PAPEL.
Adorei teu cantinho.
Bjs

Lou Borghetti disse...

Maria Luisa,
eu adoro gente enfeitiçada de magia e poesia.
O pulo do gato é gostar de gatos.
Amei teu comentário no meu Blog.
Grande abraço e volte sempre.
Lou

Pramod Negi disse...

Great blog really enjoyed reading it. Have bookmarked you and will check back regular. Please feel free to take a look at my blog...
Sri Lanka Holiday Packages
Cheap Sri Lanka Holidays