segunda-feira, 9 de fevereiro de 2015

VEM!...

Vem                                           
Internet

E mostra-me um jardim
Que esteja a florescer

Como se sentisse
Que acabava de nascer

Mostra-me a partitura
Incompleta por mim

No ensaio constante
De indecisões
Quando toco.

Pedaços de luz
Se espalham
E fogem de mim...

Chego a corações sedentos de luz
E a outros que não vêm a luz

Transformados em migalhas
Suspensos e inertes
Como lágrimas
Que não querem cair...

A morte e a música
São inexplicáveis

Mostra-me o mar cálido e dormente
Como eu o conheci...

E eu sinta o esplendor
De voltar a viver!

Maria Luísa Adães

Visualizações :   102

36 comentários:

Cidália Ferreira disse...

Parabéns pela soberba poesia.

Beijinho e uma excelente semana

http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

Maria Luisa Adães disse...

Cidália

Obrigada por gostar!

Maria Luísa

Gladys disse...

Muy hermoso poema sublime sentir, a sido un placer leerte.

Un gran abrazo amiga que tengas una hermosa semana.

Franziska disse...

Estaba ya preguntándome cuándo volvería a leer tus versos. Quiero que sepas que me gusta leerlos en tu idioma que me producen una sensación de más poesía no utilizar el traductor y creo que te entiendo bien. Son más hermosos los pensamientos que llegan sin que medie la traducción.

Tu poema de hoy es tierno. dulce y llenos de palabras bellas y armoniosas y de pensamientos que salen del alma en busca de otro corazón que los acoja.

Un abrazo muy fuerte. Franziska

Carmen Lúcia.Prazer de Escrever disse...

Linda poesia Maria Luísa,tenho uma pronta quase com a mesma inspiração,mas a sua é bem mais completa.
bjs amiga e um ótimo inicio de semana.
Carmen Lúcia.

Mar Arável disse...

Belo mar à vista

Ingrid disse...

o mar, a música...
a vida e a morte..
inexplicáveis!
infinitos nos teus versos...
beijos e carinho.

emanuel moura disse...

A vida e os seus misterios infindaveis ,sempre maravilhosa ,desejo-lhe uma semana muito feliz ,beijinhos no coraçao

vitorchuvashortstories disse...

Olá, Maria Luisa!

Como tao bonita forma de transformar prece em poema, só resta esperar que ela possa ser atendida.
Linda poesia!

Um aabraço e boa semana.

Jose disse...

Y me quedo encantado de poder ver este maravilloso jardín compuestos de maravillosas letras que hacen disfrutar.

Saludos

Anónimo disse...

"Mostra-me o mar cálido e dormente
Como eu o conheci...
E eu sinta o esplendor
De voltar a viver!"
...
Amei !!! Bjos minha Amiga

Margarida

Zilani Célia disse...

OI MARIA LUÍZA!
UMA ORAÇÃO, UMA POESIA ONDE A BELEZA E O SENTIMENTO SÃO OS TÓPICOS PRINCIPAIS.
ABRÇS
http://zilanicelia.blogspot.com.br/

AMBAR disse...

Hola María Luisa.
Acabo de ver tu bella rosa y paso a disfrutar de tu maravilloso poema.
Gracias por estos bellos versos.
Un abrazo.
Ambar

Nilson Barcelli disse...

E como é importante sentir "o esplendor de voltar a viver"...
Magnífico poema, gostei imenso.
Tem uma boa semana, querida amiga Maria Luísa.
Beijo.

O Puma disse...

Estamos sempre a chegar (?)

Graça Pereira disse...

" E eu sinta o esplendor de voltar a viver" Quantos não farão sua esta frase que diz muito...diz tudo!
Mortos-vivos por aí...e outros já morreram e não sabem!!
Maravilhoso poema. Mil beijos
Graça

Silenciosamente ouvindo... disse...

Muito positivo este seu poema
minha amiga. Deu-me ânimo e eu
ando a precisar.
Desejo que se sinta bem.
Bjs.
Irene Alves

Toninho disse...

E talvez estejamos mesmo o tempo todo em ensaios querida Maria Luisa.
Mais uma bela obra e eu venho beber desta aguas límpida, que sacia e lava a alma.

Carinhoso abraço amiga.
Que a paz seja sua inspiradora.
Beijo no coração.

Kasioles disse...

Tu poesía, llena de nostalgia, me llega al alma y hace que me emocione.
El amor siempre estará en nuestros corazones, cada persona siempre sentirá añoranza por algo que ya no está, es inevitable.
Pero tu tienes el poder en las letras y sabes que llegan, que tienen alas para dar entrar en esos corazones que no tienen luz.
Me ha alegrado mucho tu visita.
Suelo contestar a todos aquellos que me dejan un comentario en mi espacio, a veces, son tantos, que apenas me queda tiempo para visitar a los que me gusta como escriben y no quiero que me olviden.
Te dejo cariños en abrazos.
Kasioles

heretico disse...

envolvente a tua poesia.

beijo

Zilani Célia disse...

OI MARIA LUISA!
PASSANDO PARA RELER E TE DEIXAR MEU ABRAÇO.

http://zilanicelia.blogspot.com.br/

Evanir disse...

Boa Noite Maria Luisa.
Tenho andado ausente dos blogs ando fazendo novos exames.
Minha querida o tempo esta correndo
logo vais regressar .
E dessa vez acredito que não nos veremos.
Estou sem condições de subir para São Paulo .
Eu nunca vou te esquecer minha querida vivera para sempre no meu coração.
desejo um abençoado final de semana a sua família também.
beijos da sua amiga.
Evanir.

DE-PROPOSITO disse...

Hoje estive por aqui.
E, desejo felicidades.

MANUEL

Benó disse...

Passei, li e gostei. Continuarei a passar.

Benó disse...

Maria Luisa, obrigada pela sua visita ao meu Jardim d'abrolhos. Aqui,devemos interpretar como Jardim de escolhos e não como essa localidade que refere.

Evanir disse...

Minha Amada E muito Querida .
Maria Luisa.
Li com infinita tristeza seu comentário no meu cantinho que nos últimos tempos anda um pouco abandonada ,
pois ando na correria a volta de novos exames...
Eu entendo minha querida perfeitamente quando precisamos de companhia para nos acompanhar tudo fica mais difícil.
Nem por isso meu carinho por você será menor.
Com certeza vivera para sempre no meu coração.
O mar nunca foi barreiras para mim minha amizade e amor por vc vai muito mais além do por do Sol.
Vou te espera sempre tenho certeza Deus ainda tem dias melhores para nós minha querida.
Que Jesus te abençoe sempre.
Beijos no seu coração carinhos na alma.
Sua amiga sempre.
Evanir..

deep disse...

Muito bonito, Maria Luísa. :)
Parabéns!

Graça Pires disse...

"O esplendor de voltar a viver". Sempre. Em cada circunstância...
Um beijo.

Manuel disse...

Mais um belo momento!
Consegue espalhar magia.
Que esse esplendor se mantenha.
Beijinho

irene alves disse...

Um excelente poema minha amiga.
A amiga escreve maravilhosamente
bem. Vou colocar no meu blogue
http://sinfoniaesol.wordpres.com
Desejo-lhe um óptimo fim de
semana.Bjs.
Irene Alves

Petrus Monte Real disse...

Maria Luísa:

Belo poema que nos fala
d'amor
e transmite
calor!
Grato pela partilha
Bom Domingo
Bjs

Vieira Calado disse...

Olá, como tem passado?
Cheguei para ver as novidades
e para desejar-lhe a boa continuação da sua estada em S. Paulo.

Bjsss

Nilson Barcelli disse...

Reli com imenso prazer este teu magnífico poema.
Quando o poema é bom, é para ler e reler...
Tem uma boa semana, querida amiga Maria Luísa.
Beijo.

Kasioles disse...

Si tuviera poderes, buscaría para ti un jardín con mágicas flores de colores, para que te siguieran inspirando versos alados que surcan los cielos y llegan a nuestros rincones.
La esperanza está en tus letras que, llenas de vida, avivan los corazones.
Te dejo cariños en un fuerte abrazo.
Kasioles

heretico disse...

poema muito belo- como é teu timbre!

prazer enorme ler-te. sempre

beijo

Carmem Grinheiro disse...

Olá, Maria Luisa.
"Mostra-me a partitura
Incompleta por mim" - e, se por mim, a completasses, por fim, seria o melhor que poderia querer: ser enfim, partitura completa duma qualquer música e que viesse o artista cantá-la...

Agora, a iniciar este comentário à sua obra, o seu nome trouxe-me à memória uma bela canção, de Tom Jobim, não sei se conhece: "Luiza", criada para ser tema duma personagem interpretada por Vera Fisher há muitos anos e, que acabou por ser uma homenagem a todas as Luizas com z e com s.
=)

"Rua,
Espada nua
Boia no céu imensa e amarela
Tão redonda a lua
Como flutua
Vem navegando o azul do firmamento
E no silêncio lento
Um trovador, cheio de estrelas
Escuta agora a canção que eu fiz
Pra te esquecer Luiza"

Pode ouvir aqui:
https://www.youtube.com/watch?v=5mjdErokZnE

Também há em instrumental, lindíssima.
bj amg