terça-feira, 24 de fevereiro de 2015

TENHO de PARTIR!

Salvador Dalí / Oração
                                                                          
Quero ficar
E não o quero deixar

Mas tenho de partir!


Estava tão certa de mim
No amor por ti
Mas sou deceção
Não deixo de ser ilusão

Não sei como o vou fazer
Sem morrer um pouco     
Pensando em ti

E vou calar minha voz

Quando devia gritar
Implorar
Tende pena de mim

Venham ao meu lugar
Agarrem meus braços
E não me deixem voar

Metade de mim - é partida
Metade de mim - é saudade

Te vou deixar
Para outro lugar
Longe de ti

Tenho de partir!

Não sei quando volto
Não sei se volto

Não torno a prometer 
Um futuro para mim
Ou para ti

E não quero
Que dizer Adeus
Seja o meu destino...

Não quero!

Paradoxal, eu sei,

Mas ainda me resta
A ansiosa busca
Pelo que é perfeito

De que estou tão longe!...


Maria Luísa Adães


Dedico aos que amo!


Visualizações :  122

31 comentários:

Juliana Rosa disse...

Lindo, mas também muito triste. Quem escreveu senti uma dor profunda.

Paulo Francisco disse...

Um quase adeus. Gostei!
beijogrande

✿ chica disse...

Lindo, triste e muito tocante! bjs, chica

AMBAR disse...

Los adioses son tristes, los retornos bellos, he sentido la tristeza de ese adios.
Un abrazo.
Ambar

Ingrid disse...

A vida é feita de escolhas amiga.
Todas tem dois lados,e sempre vamos e devemos ficar com o melhor!
O amar é eterno... E o perfume das letras também.
"Então será maravilhoso quando me tiveres cativado.
O trigo que é dourado,fará lembrar-me de ti.
E eu amarei o barulho do vento no trigo..." St Exupéry.
Beijos.


Manuel disse...

Tão triste e tão nostálgico!
Tão belo e tão sentido.
Mas espero que seja apenas liberdade poética.
Um beijo

Cidália Ferreira disse...

Uma triste reflexão. Adorei.


Beijinho e tarde feliz
http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

Carmen Lúcia.Prazer de Escrever disse...

Como é triste dizer adeus.
Lindo amiga Maria Luísa.
bjs-Carmen Lúcia.

Mar Arável disse...

Estamos sempre a desnascer

emanuel moura disse...

Um momento triste que nos invade a alma ,linda poema cheio de reflexao ,uma busca incessante de uma perfeiçao inalcançavel ,muitos beijinhos

Elvira Carvalho disse...

Uma quase despedida, comovente e triste.
Um abraço

Benó disse...

Uma partida com promessa de regresso. Poeticamente falando. Esperamos o seu regresso.

Maria Luisa Adães disse...

Neste Espaço Virtual,
minha Partida é Simbólica, no Espaço Real, é uma Partida Real!
O poema é uma súplica de amor...

Mas a vida é isto mesmo...Tenho de aceitar!

Graças a todos quantos me acompanham,

Maria luísa

EU disse...

O poema está muito bem desenvolvido em relação ao título.
É preciso ter muita coragem para tomar esta decisão...
Gostei imenso!
(Como comento depois do comentário da autora do poema, só posso desejar-lhe o melhor.)
BJO, Maria Luisa

Luma Rosa disse...

Oi, Maria Luisa!
Um poema que bem podia ser musicado como um quase lamento. Muito tocante!
Ter que partir e o coração pedindo para ficar...
Beijus,

Poeta Zarolho disse...

Good to remenber this place.

miguxa disse...

"A cada dia me despeço de cada dia e, sempre na expectativa de um renovado e especial amanhã...chego a ficar surpresa como ainda acredito mas, acredito e, apesar de tanta adversidade...ou melhor por tanta adversidade acredito...mais e mais que, ainda assim...quem sabe talvez me despeça uma outra vez..."

Beijos querida Maria Luísa, amei teu poema
Margarida Sampedro

Graça Pereira disse...

Minha Querida
Toda a nossa vida é um paradoxo...querer e não querer, viver e morrer!
Lindo este Partir...sem querer partir!!
Mil beijos
Graça

Sor.Cecilia Codina Masachs disse...

Mi querida María Luisa, nos dejas un poema triste pues un adiós siempre nos deja un cierto agror en la boca. Pero todo puede volver a revivir.
Gracias por pasarte por mi casa, sigo de reposo pero algo mejor.
Un beso de ternura.
Sor.Cecilia

Helena disse...

É tão bela a tua poesia! Encantei-me nos teus versos e aqui estou, presa à magia dos sons exalados em cada poema e que vem de manso acomodar-se no meu olhar, ao mesmo tempo em que fica a perfumar-me a alma. Tens uma conexão perfeita entre a palavra que nasce fácil nos teus dedos e os sentimentos/emoções/sensações que margeiam delicadamente a tua existência.
Também "tenho de partir", mas foge-me aquele primeiro momento que nos impulsiona a um novo gesto...
“Nada a dizer! Talvez seja poeta...”
E eu, com tanto a dizer sobre este recanto onde a Poesia fez morada, e não sendo poeta penso em tornar-me uma assídua leitora... Se me permitires!
Que te alcancem os sorrisos que os teus poemas em mim suscitaram, e que as estrelas que por aqui deixas esparramadas na tua palavra (como um tapete de veludo) possam enfeitar ainda mais o teu caminhar por esse mundo mágico da poesia onde só os gênios conseguem penetrar.
Meu carinho e admiração,
Helena

vitorchuvashortstories disse...

Olá, Maria Luisa!

Encruzilhadas da vida, dilema difícil de resolver.Que fique a esperança junto com a saudade de que um dia o futuro torne a voltar.
Muito bonito!

Um abraço
Vitor

POETA CIGANO disse...

Querida amiga e grande poetisa Maria Luisa !!!!!!

Passando por aqui para deixar o meu,
Abraço e carinho e, ao mesmo tempo,
Deleitar-me com a beleza de seu Blog e Conteúdos.Belíssimo poema, como são todos os seus. Perdoa-me a demora na visita, Tenho estado muito atarefado, inclusive, Até pensei em deixar meu Blog um pouco De lado por essa falta de tempo. Tenho Cerca de 1.400 amigos, e não seria justo,
Deixá-los de visitar. Vou tentar equacionar, Isso até onde puder. Perdoa-me.Também, vim desejar-lhe um lindo dia e, Maravilhosa semana, Com muita paz, amor e,Felicidade em seu coração. É o que lhe desejo!

Beijos de luz !!!!!!!!

POETA CIGANO – 02/03/2015

http://centelhaspoeticas.blogspot.com

“Meus Sonhos e Devaneios Poéticos”




Obs: Se ainda não pegou, no lado direito Do meu Blogue, no “Presentes para os amigos”, Tem um mimo para seu belíssimo Blogue.“ESTE BLOGUE VALE OURO”. Basta Copiá-lo (Capturá-lo) para seus arquivos ,Salvá-lo e colá-lo em seu Blogue. Você é uma
Amiga especial e me sentiria honrado

Manuel disse...

Só para desejar uma boa semana!

Evanir disse...

Maria Luisa.
Como dói ver partir dessa vez a alegria do nosso novo reencontro.
A vida tem coisas difícil de entender e de explicar.
Aqui tão perto de mim e tão longe ao mesmo tempo .
Lindo e triste seu poema minha querida.
Quem sabe no próximo ano voltará e poderemos nos encontrar .
Guardo com carinho nossa fotografia lembrança eternizada no meu coração.
Uma abençoada viagem de regresso
beijos a seus familiares.
Sempre sua amiga.
Evanir.

dilita disse...

D. Luísa

Daqui a pouco mais duma hora, deixará a terra para "correr" pelos ares...
Aceite um beijinho com fortes desejos de muito boa viagem, e muito boa chegada ao nosso Portugal.

Abraço.
Dilita

Ingrid disse...

chegaram bem?
saudades já...
deixo beijos de final de semana.

Toninho disse...

É certo que na jornada, haverá sempre estes paradoxos.
Sabido que nosso coração parece não entender de nossas limitações e nos colocam em sofrimentos,dilemas e frustrares.
Mas é certo que somos Fenix.

Lindo fim de semana amiga.
Buscar ser feliz é nossa teimosia.

Um carinhoso abraço.
Fique bem, fique feliz.

José Ramón disse...

María Luiisa Feliz Día de la Mujer. Saludos

Hanna Xesco disse...

Se siente la tristeza en tus letras, pero escribes con mucha belleza. Besso

Manuel disse...

Só para desejar uma boa semana!
Beijinho

Majo disse...

~
~ ~ Sentido, belo, real, emocionante...

~ ~ ~ Com simpatia. ~ ~ ~