sábado, 24 de novembro de 2012

Quando Te leio....

Imagem Internet
Há poetas escondidos      
Por detrás das cortinas

Há místicos escondidos
E disfarçados nos poemas.

Há luz quando a noite
Nunca mais termina.

Há clareiras que se abrem
Como um caminho incerto.

Há estrelas que se mostram
E não são verdadeiras.

Há neblinas que descem
Em horas incertas.

Há certezas
Que nada têm de verdade.

Há horizontes que se mostram
Aos olhos nublados.

Há esconderijos
Fechados a sete chaves.

Há um canto
Quando as palavras me faltam.

Há uma floresta
Que convida ao destino.

Há um disfarce                                                                            
A cada bocado de folhas frias.

E a peça deixa de ser representada
E as cortinas se correm
E não deixam ver nada.

Quando Te leio
Sem saber nada de Ti
Sinto uma vontade forte
De perguntar -  porquê?

Mesmo sem resposta
Te continuo a chamar
Em todos os recantos da Terra.

Ó Deus do meu pranto!


 Maria Luísa Adães

61 comentários:

Beites disse...

Êêláááá

Profundo esse teu religioso sentir...

belo e feliz dia Luisa-_

Maria Luisa Adães disse...

Beites

Agradeço a forma como reconheceste o poema!

Maria luísa

✿ chica disse...

Que maravilha esse teu sentir!Adoro te ler! beijos,chica

Maria Luisa Adães disse...

Chica

Agradeço tuas lindas palavras ao meu poema! Parece que tens alguma razão!

Abraço,

Maria Luísa

isa disse...

Lindo mesmo este seu Poema,esta sua procura incessante!
Beijo.
isa.

Maria Luisa Adães disse...

Isa

Mais um poema
na minha eterna procura...

A encontrei e me reconfortei no seu blogs.

Beijo e obrigada,

Maria luísa

emanuel disse...

A vida e isso mesmo uma incessante busca de nos proprios ,onde cada dia e um passo rumo a felicidade,feliz e aquele que acredita sem ver ,beijo

Rogério Pereira disse...

Tempo impróprio para rezas, Poeta
Ao fim de tanto grito aflito
Ao fim de tanto
Pranto
Ao fim de tanto pedido
Como o teu
Não reponderá, Ele ensurdeceu

Só te resta a fé
Estás só, com ela

Nilson Barcelli disse...

Só na fé encontras as respostas.
Sou agnóstico, porque não consigo acreditar...
Excelente poema, gostei muito.
Maria Luisa, querida amiga, tem um bom fim de semana.
Beijo.

Martha Marquez disse...

Minha amiga do coração,
Mavioso o seu sentir! Quanta sensibilidade! Parabéns!
Abraços fraternos,
Martha
Martha
Apareça no meu cantinho, viu?

Mar Arável disse...


Há estrelas no chão que pisamos

Mari-Pi-R disse...

Hay luz en tu poesía y vida en ella, que pases un feliz fin de semana

Donetzka Cercck Lavrak Alvarez disse...

QUE BELO POEMA,LUISA.

FALA DE FÉ QUE TODOS PRECISAMOS TER.


VC É UMA POETA DAS MELHORES! QUANTA SENSIBILIDADE NO SENTIR E PASSAR PARA O PAPEL.E EMOCIONAR_MOS!

BEIJOS E LINDO FIM DESEMANA.


DONETZKA

Imac by Artes disse...

Querida Maria Luisa!
Amei seu poema!
Muito lindo o seu sentir e viver...
sentimentos reais escondidos em nosso ser. É muito bom te ler!
Abraços e tudo de bom pra ti.

Rita Freitas disse...

Muito bonito e intenso, onde "horizontes se mostram aos olhos nublados" :)

Beijinhos e bom fim de semana

Jose disse...

Hay poemas y poetas con unos grandes sentimientos que nunca llegan a tener ese verdadero reconocimient,por apagarse la luz y no volverse a encender.

Precioso y sensible este magnifico poema que si verá para siempre la luz.

Saludos

Sonhadora (RosaMaria) disse...

Minha querida

A eterna procura dos poetas por algo que por vezes não sabemos bem o que é.
Lindo sempre ler-te.


Um beijinho com carinho
Sonhadora

Maria Rodrigues disse...

Maravilhoso poema. Só a Fé nos pode ajudar na longa caminhada da vida.
Bom domingo
Beijinhos
Maria

Ingrid disse...

linda amiga,
a procura e a fé nos fazem seguir sempre..
tocou-me fundo..
beijos de carinho.

Evanir disse...

Boa Noite minha amiga Querida.
Estou sentindo sua ausência no meu blog.
Como infelizmente não estou conseguindo visitar a contento demoro a retornar nos blogs tem muitos que já deixei de visitar.
Li com muito carinho seu poema onde fala de fé essa fé que abita em nossos corações é que ainda tem nos dado forças.
Amiga estou muito triste a poucos dias fiz uma tomografia da cabeça .
Eu ainda não levei no médico ,mais sempre vejo meus exames antes do médico.
Para minha surpresa lendo o resultado estou com aumento de liquido .
nem vou escrever detalhadamente não aqui no blog.
Amada aqui de longe oro por você nossa barra anda meio pesada.
Que Deus te proteja e abençoe sua vida com saúde.Um lindo Domingo beijos,Evanir.

vitorchuvashortstories disse...

Olá, Maria Luisa!

Eu, que sempre achei difícil compatibilizar racionalidade com fé e crença,nem por isso deixo igualmente de achar que bom será ter algo e alguém em que acreditar. Suponho que seja disso que neste poema estarás a falar...muito bem escrito, como sempre.

Bom resto de Domingo, um abraço.
Vitor

Maria Luisa Adães disse...

Rogério Pereira

Obrigada por tuas palavras e tua presença neste meu poema.

E apesar de muitas rezas, muitos pedidos,súplicas e lágrimas, Ele parece não me ter ouvido...

Mas eu acredito que Ele me ouviu, me continua a ouvir e espera que a minha Fé "seja mais forte do que tem sido e esteja acima de todas as palavras que tenho escrito".

E nesse dia, Ele me vai responder e eu vou aceitar!

Te respondo com muito gosto e apreciação por ti, pois o que escreves tem muito interesse para mim, dentro do estilo que usei.

Graças amigo!

Maria Luísa

Maria João Brito de Sousa disse...

Li-o todo, agora... é lindíssimo, Maria Luísa!
Não se perdeu, a minha ideia da chave... antes me apareceu uma porta, no final... mas eu sempre fiz este tipo de associações involuntárias...

Abraço grande!

LUZ disse...

Boa noite, Maria Luísa!

Há tanto, tanto, tanta coisa e tanta pessoa, mas ELE é o nosso único Salvador.

Obrigada pelo seu comentário tão sucinto e tão distinto.

Beijos da Luz.

Graça Pereira disse...

Minha Querida

"Quando te leio / Sem saber nada de Ti/ Sinto uma vontade forte/ De perguntar-porquê?"
E eu pergunto: como entendes as minhas dúvidas quando Ele se deu a conhecer tanta vez e, a cada tropeção no caminho...eu ainda pergunto: Porquê?
Obrigada Maria Luísa por este acto de fé porque...quem duvida,AMA!
Mil beijos
Graça

Everson Russo disse...

Sempre haverão sentimentos escondidos...poetas...olhares...sorrisos...e muito mais nos caminhos da vida,,,uma linda semana pra ti minha amiga,,,beijos e flores...

Evanir disse...

AMADA AMIGA.
HOJE FIZ UMA POSTAGEM DIFERENTE
QUERO VER SE APROVA .
EU VOU POSTAR SEU POEMA NA PRÓXIMA POSTAGEM.
MAIS SEU NOME ESTA NA POSTAGEM DE HOJE.
JÁ LEVEI SEU POEMA MINHA QUERIDA.
ACREDITE CHOREI AO LER UM POEMA QUE FALA MUITO AO MEU CORAÇÃO.
LINDA NOITE MINHA RAINHA BEIJOS NA SUA ALMA,EVANIR.

Lilá(s) disse...

Maravilhoso sentir! Excelente poema, gostei muito.
Beijinhos

Poeta Zarolho disse...

Há tanta coisa e nada.

Anónimo disse...

E eu respondo sempre,

Mas não sou o Ele que procuras...

Augusto

Guaraciaba Perides disse...

Poéticas palavras que chegam em nossa alma como verdades que sentimos...há identidade emocional quando há verdade no sentir.Vou acompanhar a sua senda.Obrigada por compartilhar e agradeço a sua visita ao meu blog.
Um abraço

Bípede Implume disse...

Um belo poema, quase uma oração.
Gostei muito.
Boa semana.
Beijinhos.
Isabel

Zilani Célia disse...

OI MARIA LUISA!
BELO POETAR.
ESTAMOS SEMPRE A BUSCAR, EM MOMENTOS A NÓS MESMOS, EM OUTROS O AMOR VERDADEIRO E NA MAIORIA DELES A DEUS, EMBORA ESTE ÚLTIMO, "DEUS" ESTEJA DENTRO DE CADA UM DE NÓS...
ABRÇS
zilanicelia.blogspot.com.br/
Click AQUI

sabores compartidos disse...

Hola Maria Luisa, encantador el poema que nos has dejado lleno de luz.
A mi me ha encantado.
Te espero por mi casa si quieres pasarte de nuevo.
un besoteeeeeeee

O Puma disse...

Tudo pelo melhor

Beites disse...

um bom dia
e cuidado com o friozito...brrrrrr

Lídia Borges disse...


Uma fé que se estende para além do que é questionável.

Um beijo

Malu disse...

Obrigada pela sua visita ao meu espaço. Vim aqui, conhecer o teu.
A poesia sempre encanta quando podemos sentir nel um aroma de sensibilidade!!!
Grande abraço.
Voltarei sempre que puder, pois agora estou a acompanhar tuas postagens...

sérgio figueiredo disse...

a fé e a poesia... a força incessante que se sobrepõe ao desgaste, reflexo da procura... que não será em vão, quando se acredita.

gostava de ser poeta... por um dia.
Obrigada pelo bonito poema.

bj...nho

P.S. agradeço a simpática visita e comentário no meu blogue.

Anónimo disse...

"Há místicos escondidos
e disfarçados num poema"...

Eis a beleza de um poema em confissão! lindo Maria

M.C.

josep disse...

Querida amiga, he pasado a saludarte y a disfrutar de tu hermoso blog en el que se respira ternura y amistad a la par de poder disfrutar de esos preciosos poemas con los que no obsequias.
Gracias por tu visita a mis blogs.
Un afectuoso saludo.

BlueShell disse...

Tão bonito...
Porque eu também O chamo...embora nem sempre O compreenda...Mas creio que deve haver uma razão que eu desconheço...uma razão para o meu pranto....uma razão que só Ele sabe...

te admiro. BShell

Zilani Célia disse...

OI MARIA LUISA!
CÁ ESTOU EU DE NOVO, RELENDO E TE DESANDO UM BELO FINAL DE SEMANA.
ABRÇS
zilanicelia.blogspot.com.br/

Fiaris disse...

GRACIAS POR TU VISITA,bienvenida a mi casita en el ciberespacio.saludos desde Uruguay

Evanir disse...

Minha amada amiga irmã
na verdade somos todos irmãos em Cristo.
Querida nos últimos tempos a dor tem me dado desespero.
Tudo que tenho feito é lutar , lutar e lutar contra a depressão que estou atolada até o pescoço.
È triste tomar tanto remédio e em prazo de pouco horas ter que repetir a dose não da pra aguentar.
Nunca queremos deixar para traz pessoas que amo tanto como eu amo você.
Tenho feito de tudo amiga para superar meus limites.
Vou te enviar um email para vc entender melhor a luta que ainda vou ter que enfrentar.
Enquanto aguentar vou fazer tudo para não me afastar espero em Deus um milagre ,pois sei com Cristo eu tudo posso resistir.
Minha querida não se desespere comigo vamos combinar eu daqui oro por ti e você dai ora por mim .
Meu ,Anjo muitas vezes pensamos ser o Fim quando para Deus é apenas o começo.
Carinhosamente te deixo um abraço bem apertado pra sempre sua amiga irmã,Evanir..

O Profeta disse...

Inventei a ironia numa toada de vento
Roubei as asas a uma gaivota azul
Colei-lhes um poema cheio de penas
E enviei-o para uma tonta do sul

Inventei um mar numa bola de sabão
Roubei uma corda forte e boa
Atei um rol de mágoa à mesma
E afoguei-as nas águas de uma lagoa

Bom fim de semana


Doce beijo

Ana Tapadas disse...

E a vida é essa imensa incerteza...minha amiga.

Beijo e boa semana

Julie disse...

Hermoso poema María Luisa, hermosas palabras llenas de luz y colores. Me encantó.

Isa GT disse...

Confesso que não sei comentar poesia, talvez por gostar mais de prosa ou, quem sabe, uma falha no meu ADN para a saber apreciar :)

Bjos

Anónimo disse...

Maria luísa

E Ele responde no vento
responde no amarelo das folhas caídas no chão,
mas te responde sempre
através de mim, dos outros
e do mundo que se perde
em falsas aparências.

Eis a beleza do que dizes...nessa procura incessante
que é a procura de todos nós!

beijos

Aníbal

Beites disse...

uma bela tarde de solito radioso..~_

Isa GT disse...

Só para dizer que não consegui resistir em deixar um comentário ao comentário da Luisa, lá no meu canto :)

Bjos

Evanir disse...

Estou bem afastada ,mais as saudades que sinto
chega dói meu coração.
Por meio dessas poucas palavras estou
passando para deixar meu carinho,
e dizer de uma forma ou de outra vou fazer
de tudo para jamais ser esquecida.
Foi para uma comemoração junto de todos
amigos e (as) foi colocado no ar A Viagem desse
Natal de 2012.
Deixei na postagem um mimo caso gostar fica
a vontade para trazer para seu blog.
Um abraço carinhoso tenha certeza
minha amizade é absolutamente e Sinceramente
verdadeira.
Carinhosamente sua amiga,Evanir..
Amada pode me dizer quantos dias faz que colocou o livro no correio?
Estou preocupada ainda ñ chegou.

Ana Tapadas disse...

Venho cá deixar uma beijoca!

Stelle disse...

E Ele está! Em tudo e sempre... basta termos olhos para ver, não é?

Adorei sua sensibilidade...

Beijos...

. intemporal . disse...

.

.

. "quando te leio" . há tudo o que possa haver . deste mesmo verbo . e que aqui se inscreve e se re.inscreve em verso . a ser poema . abrangente .

.

. !!! . belíssimo .

.

.

. [.grato pela presença . no aniversário do intemporal.] .

.

. um beijo meu .

.

.

Estrella Altair disse...

Gostei muito de teu poema é giro e muito sensibel...

muito obrigada pela visitinha no meu blog..

adoro Portugal.... e tenho saudades de lá...

Um abraco muito forte

ana costa disse...

Lindo mesmo...
Procuramos, questionamos...
Mas a vida é isso mesmo...
bj e bom fim de semana

BRISA disse...

OLÁ MARIA LUISA
FELIZ NATAL AMIGA!
Que este dia e muitos outros sejam muito especiais.
Tenha um próspero Ano Novo e um ano repleto de alegria,amor,paz e tudo o que você desejar e que seus sonhos se realizem...e lembre-se que nada é impossível e sim tudo é possÍvel.
Sabe por que eu acredito que nada é impossível?
Por que eu encontrei uma amiga que nunca ninguém encontrou e nem encontrará igual a você.
Você é única!!!Feliz Natal e um próspero Ano Novo.
Feliz 2013!!!

Anónimo disse...

Belo teu poema!

Gabriela

Marcia disse...

Olá Maria Luisa,obrigada
pelo recadinho no meu blog.
Seus poemas são uma delícia, vai se lendo e se deleitando...
Bjus e um lindo domingo.