terça-feira, 9 de outubro de 2012

Eu Vivo...

Prémio de Sor. Cecilia Codima Masachs

A vida do poeta
Tem um outro ritmo.

Na fragilidade desse mundo
Eu vivo.

Na apatia dos ruídos da rua
Eu vivo.

Onde o silêncio murmura
E as rosas se desfolham
Eu vivo.

Na solidão das noites caladas
De vidas perdidas
Eu vivo.

No carpir das mágoas contidas
O tempo se dissolve
E eu vivo.

Na saudade antecipada da partida
Eu vivo.

Persigo há anos um sonho
Que nunca vou alcançar,
Mas vivo.

Piso a terra abandonada
Olho o céu enegrecido
E vivo contigo.

Volto ao princípio de tudo
E a noite se ilumina
Com outra claridade
E duvido se vivo.

Será que tudo emudeceu
Será que os céus estão vazios
Será que há vozes?

Entrei sem entrar
Pensei sem pensar
E representei.

Que tenho feito na vida
Se represento momentos vividos
E não sei meu nome...

Tenho pedido por mim
E por ti a todas as horas
Que passam e fogem
Aos meus pedidos.

E continuo a escrever
Sem me mover
Do mesmo recanto
Onde nasci.

E digo que continuo a viver
E minto quando digo,
Eu vivo!...

Maria Luísa Adães

47 comentários:

Arnoldo Pimentel disse...

Na verdade vives. Lindo e intenso poema, parabéns.

Mona Lisa disse...

Forte! Belíssimo!

Existir não é viver!

Parabéns pelo magnífico poema!

Beijos.

Ingrid disse...

e nós vivemos tuas palavras querida..
vivamos!
beijos de saudades..

Maria Luisa Adães disse...

Arnold Pimentel,

Mona lisa,

Ingrid.

Graças pelas vossas palavras e pela vossa presença!

Beijo,

Maria Luísa

isa disse...

Mas VIVES,minha querida Amiga.
E dás Vida a quem te lê.
Beijo.
isa.

Pepi,Xixo,Juja,Jujuba disse...

Querida Maria Luisa
Passamos para deixar um forte abraço e beijinhos afetuosos
Com todo carinho de
Verena e Bichinhos

Mar Arável disse...

A vida é excelente

porque envolve realidade e ficção

Isa Lisboa disse...

Representar por vezes é necessário, mas também temos que ir escrevendo o argumento... ;)

Obrigada pela visita ao meu blog, seja sempre lá bem vinda!

Beijos

Jose disse...

Los poemas y los poetas es la parte principal de que la historia nos cuente verdades, para que nadie las pueda olvidar.

Felicidades por el `premio de nuestra sin par Sor Cecilia

anjodaesquina disse...


Umas noites vividas
por outras tantas esquecidas
a quietude e o silencio
curam todas as feridas...


como vais tu ?

Lilá(s) disse...

Passo muitas vezes, leio e não comento pela simples razão de que sendo eu uma nulidade em poesia fico sem jeito ao comentar. Mas gosto de a ler e muito.
Bjs

Imac by Artes disse...

Maria Luísa querida!
Escreves com tanta intensidade que
tocas meu coração. Amo te ler!
Todos vivemos na fragilidade desse mundo,perseguindo sonhos que as vezes não alcançamos... Assim é a vida!
Abraços! Dias abençoados e alegres pra ti.

Fred Caju disse...

Que verdade logo nos dois primeiros versos!

Anónimo disse...

Tu vives...
E não mentes quando dizes eu vivo.

E eu te entendo e gosto do que escreves, E este poema (como todos)
é muito bom! Parabéns!

M.C.

Brown Eyes disse...

Maria Luísa espero que vivas, que a tua vida tenha o ritmo da felicidade. Só vivemos uma vez e há coisas que nos perturbam que não merecem ocupar o nosso dia a dia. Beijinhos

Sor.Cecilia Codina Masachs disse...

Ciertamente Mª Luisa que es un poema bello, lleno de sentimientos dolorosos.
Ese sueño, no se puede aplazar, hay que seguir luchando hasta que Dios quiera.
Viva, viva , que esta vida es corta y estamos aquí para intentar ser felices pase lo que pase.
Gracias por aceptar mi `premio.
Estoy a tu lado y oro por usted.
Con ternura
Sor.Cecilia

Maria Alice Cerqueira disse...

Querida amiga,

Meu silencio tem sido longo.

Mas não tem sido por esquecimento, mas sim por conta dos acontecimentos do dia a dia.

Quero muito agradecer a sua presença amiga lá no meu cantinho, a qual trás muita alegria para o meu coração.

Que Deus a abençoe, e realize todos os seus sonhos e projetos.

Uma linda semana para você coberta de muita paz e Amor!

Abraço Amigo

Maria Alice


Bandys disse...

Vida de versos e prosas,
vida vividas em rosa...

Lindo poema, a gente sempre vive de nós.

beijos

BlueShell disse...

Na fragilidade desse mundo todos vivemos ...ou fingimos viver..antes sobrevivemos, pelo sonho, através do sonho, eu diria. Belíssimo poema como sempre.
Te admiro.
Obrigada pelo privilégio que é poder ler-te!
BShell

Pepi, Xixo, Juja, Jujuba disse...

Querida Maria Luisa,
Ficamos pesarosos em saber que estas doente
Estamos orando e torcendo por tí, sempre
Um forte abraço e beijos mil de
Com todo nosso carinho
Verena e Bichinhos

✿ chica disse...

E tu, querida Maria Luiza, vives e tão intensamente que em ti mora a poesia! Linda! beijos,chica

Antônio Lídio Gomes disse...

Amiga querida, saudades!
Nunca deixo de apreciar tua escrita,viu?
Essa me tocou fundo.
Que bom que apareceu no meu recanto.
Seja bem vinda.
Beijos.

TITA disse...

O ritmo da hora do Amor...Belíssimo, Maria Luísa.Um grande abraço.

INTEGRAL DE MIM E DE MEU TEMPO disse...

Lindo e intenso! Não me sobrou nada a dizer.
Adorei o poema!

Evanir disse...

Minha amiga amada aqui estou.
È verdade tenho postado meu blog como um robô quase automaticamente .
Tenho orado muito por você mesmo tão distante sem poder falar contigo chega dói na minha alma.
Eu aprendi a amar vc minha amiga poeta fico triste por saber que ainda não esta bem.
Eu aqui do outro lado também lutando e muito parece que em determinado momento perdemos nossas forças e entregamos o ponto.
A um ano esperando uma cirurgia ,e a cada dia a dor me assola tem momentos ,que me falta o ar vejo a iniquidade que é nossa vida.
Eu te peço minha amiga lute com todas as forças da sua alma haveremos de vencer ,Deus não nós abandonara.
Amiga me diga o telefone que esta no livro que você me presenteou é o seu?
Eu ligarei nem que seja só para dizer estou contigo .
As ligações são caras ,mais nesse momento nada é mais caro do que nos ajudar uma a outra.
Tem momentos que me sinto sozinha e vazia parece que o mundo esta se abrindo aos meus pés.
Estou levando um poema seu para meu blog nunca imaginei que nossas vida se uniria dessa forma.]
Deus tem um proposito em nossas vida creia nisso amigo.
Não foi por acaso que nos encontramos mesmo sendo virtual.
Deus cubra você de benção de cura do corpo e da alma acredite sempre em Jesus.
Beijos te amo muito amiga fica com Deus,Evanir.

Evanir disse...

Eu preciso aprender um pouco aqui
Eu preciso aprender um pouco ali
Eu preciso aprender mais de Deus
Porque Ele é quem cuida de mim.

Se uma porta se fecha aqui
Outras portas se abrem ali
Eu preciso aprender mais de Deus
Porque Ele é quem cuida de mim
Deus cuida de mim.

Deus cuida de mim na sombra das suas asas
Deus cuida de mim, eu amo a sua casa
E não ando sozinho não estou sozinho,
Pois sei: Deus cuida de mim.

Deus cuida de mim na sombra das
suas asas
Deus cuida de mim, eu amo a sua casa
E não ando sozinho não estou sozinho,
Pois sei: Deus cuida de mim.

Se na vida não tem direção É preciso tomar decisão
Eu sei que existe alguém que me ama
Ele quer me dar a mão.

Se uma porta se fecha aqui
Outras portas se abrem ali
Eu preciso aprender mais de Deus

Porque Ele é quem cuida de mim
Deus cuida de mim.

http://www.vagalume.com.br/kleber-lucas/deus-cuida-de-mim.html
Quando tudo parecer perdido entre nesse endereço onde procuro conforto para meu coração.

Enigmático Byjotan disse...

Não basta passar pela vida como simples espectador.
Somente posso elogiar o belo que me comove. Abraço caloroso do comovido amigo e leitor.:-BYJOTAN

vitorchuvashortstories disse...

Olá, Maria Luisa!

Profunda e intensa é esta forma de viver; vida a que aqui desta forma de poema, vivendo a vida através do dele...
Muito bonito, como é hábito por aqui encontrar.

Um abraço amigo; bom fim de semana.
Vitor

Gracita disse...

Com certeza vive minha querida. E uma vida bastante intensa como seu poma... intenso e profundo. Beijokas com carinho
Gracita

Maria João Brito de Sousa disse...

Soberbo! Soberbo poema, este EU VIVO, Maria Luísa!
Um enorme abraço, minha amiga!

Miguel de la Torre Padilla disse...

Paso por tu blog y te felicito por tan hermoso poemario, desde Jaén un saludo y te deseo una feliz semana

LUZ disse...

Olá Maria Luísa,

Será que alguma vez, alguém, e mormente os poetas, serão compreendidos?
São pessoas especiais, com uma sensibilidade diferente dos demais, e vivem, diria, permanentemente infelizes.

PARECE QUE É KARMA, QUE OS PERSEGUE.

Retrocedendo aos século XIX e XX. Veja só o número de poetas e escritores, que se suicidaram, ou se sentiram tão desencontrados deste mundo.

Mas, a Maria Luísa é feliz. Faça disso, um lema.
Que bom é acordar, todos os dias!

Diz: "Eu vivo", mas mente, porque não vive. Claro que compreendo o sentido, aqui, do verbo viver.
Por vezes, não se vive, sobrevive-se.
A SOLIDÃO é terrível e acarreta mil e um problemas.

Grata pelo seus comentários tão elogiosos.
A Maria Luísa não é capaz de escrever como eu, como afirma, e eu não consigo escrever como a senhora.

Tenha uma noite de paz e harmonia. As suas melhoras.

Beijos.
Luz.

Evanir disse...

Querida Amiga.
Eu mudei a postagem mais você continua comigo com seus belíssimos poemas.]
Quero estar sempre juntinho de você
em todas as postagens será postado um de seus poemas.
Venha ver onde fui buscar seu lindo poema.
Um Domingo de paz e luz eternamente sua amiga,Evanir.

Maria Rodrigues disse...

Belissimo poema. Há que aprender a viver, não basta apenas passar pela vida.
Beijinhos
Maria

La Gata Coqueta disse...

Gracias Maria Luisa, por dejarme siempre una pincelada de cariño a través de las letras, tan hermosas e iluminadas como tu alma.

Un abrazo de sonrisas para que tu día sea universal…

Atentamente
María Del Carmen

Anónimo disse...

"A vida do poeta
Tem um outro ritmo"

Por isso, não mentes...
Adorei!

M.C.

vendedor de ilusão disse...

Olá prezada amiga, bom dia!
Venho mais uma vez agradecer sua honrosa participação no 1º Prosas Poéticas; foi pra mim um fato que só causou satisfação e deu muito orgulho. Muito obrigado!
Aproveito para lhe desejar uma ótima semana.
Abraço e até mais!

vitorchuvashortstories disse...

Olá, Maria Luisa!

Aqui volto, em resposta às considerações por ti feitas, que de modo algum foram longas, apenas pertinentes - e com as quais concordo:

É este o nosso mundo; que em nome da ciência por vezes muito esbanja,enquanto no extremo oposto estão aqueles que de tão atrasados que se encontram, lutam pela sobrevivência.

E quanto ao Mr Higgs, apetece dizer que o homem anda à caça de gambozinos...

E mais não digo; fica bem, com saúde; beijinhos e boa semana.

Vitor



Nilson Barcelli disse...

O poeta tem muitas vidas.
São vários os "eus"...
Mas há quem não perceba isso.
Excelente poema, gostei muito.
Maria Luísa, tem um boa semana.
Beijinhos.

Sor.Cecilia Codina Masachs disse...

Hola Mª Luisa, hoy paso para dejarle un gran beso de ternura.
Y que sepa que estoy siempre a su lado.
Sor.Cecilia

Antônio Lídio Gomes disse...

Maria Luísa Adães.
Estou passando novamente para saber de ti, amiga.
Sei que não sou tão assíduo aqui, mas não esqueci a primeira vez que no meu recanto estiveste.
Espero e desejo que esteja tudo bem consigo.
Agora deixo um fraterno abraço.
E um beijo.

tossan® disse...

A tua poesia, os teus poemas são fortes, você fala de perdas e de saudade com uma serenidade, com um sentimento... inexplicável. Gosto e ponto Beijo

Evanir disse...

Querida amiga irmã da minha vida.]
Vou orar muito para estar bem ao amanhecer.
Hoje passei o dia acamada confesso estou desanimada.
Deus vai me abençoar para mim estar bem vou te enviar um email contando tudo amiga.
creia te amo muito peço caso puder volte para fazer tratamento aqui no Brasil.
Sua amiga irmã pra sempre,Evanir.

MARILENE disse...

Lindos versos! Com lágrimas ou sorrisos, vive-se!
O poema que a Evanir publicou é muito belo. Merecida homenagem. Bjs.

O Profeta disse...

Se o mar adormecer em desvario
As ondas não mais se formarem
Se as gaivotas se perderem do ninho
As árvores mais altas tombarem

Se o dia não encontrar a manhã
As nuvens deixarem de chorar água pura
Se as pedras da ilha roubarem a cor ao verde
As tuas palavras deixarem de ser raiva dura

Boa semana


Doce beijo

Graça Pereira disse...

Querida Maria Luísa

Um dos teus poemas mais belos ( qualquer dia não sei já qual escolher...)ADOREI!
O Poeta vive e sofre por antecipação, traçando rimas no seu coração!!

Mil beijos carinhosos
Graça

CORAÇÃO QUE PULSA disse...

"Entrei sem entrar
Pensei sem pensar
E representei".

Nessa vida, representamos tantas vezes.

Um abraço...seguindo você.
FICA COM DEUS.