terça-feira, 7 de fevereiro de 2012

Quando te leio...

Internet/ Salvador Dalí
Quando te leio
Me apetece escrever
Dizer da minha dor
E do meu entardecer.

Quando te leio
Sei quem sou
Naquele caminho
Que já não posso percorrer.

Quando te leio
Ressuscita minha dor
Como se ela não estivesse presente
E viva, no mais simples momento.

Quando te leio
Não posso decidir de minha vida
Pois sei, não poder voltar ao que fui
Nem poder esquecer-te
E prefiro morrer.

E o viver
Não deixa de ser dor
E o morrer
E o amor
Não deixa de ser dor.

Sou sempre um pouco menos
do que pensava ser!

Maria Luísa

35 comentários:

vitorchuvashortstories disse...

Olá, Maria Luisa!

Espero que tudo esteja bem contigo, ou que pelo menos estejas melhor, e obrigado pelo simpático comentário de boas vindas.

Fazer voltar atrás o tempo, ou conseguir esquecer o que nesse tempo aconteceu, bem ou mal, não esta ao alcance de simples mortais.O que seria do mundo e das pessoas se tal pudesse acontecer...?

Lindo poema; parabéns!

Beijinho.
Vitor

Jorge disse...

Bela e sugestiva imagem, traduzida num belíssimo poema de amargura saudade e dor.
Há caminhos sem retorno. Temos de prosseguir no nosso caminho cada um com a sua cruz, partilhando e aliviando a dor com os nossos amigos.
Abraço,
Jorge

Graça Pereira disse...

Quando te leio...tenho encontro marcado com a POESIA!!
Mil beijos.
Graça

beites disse...

iiiiiiiiiiiiii lá
estes ares
inspiram....beijinho ...

beites disse...

e espalho-me....háaaaaaaaaaaaaaaaa

Toninhobira disse...

Com alma e coração nas pontas dos dedos numa inspiração que toca na ferida ainda aberta e dolorida.Retocar o tempo e viver as lembranças que nos abraçam em dias em que a saudade nos alimenta.Faz poesias lindas ainda que na melancolia.É a vida minha amiga,mas a poesia brota e flui em cada um de nós como se todos tivessemos esta chaga aberta.Desejo que esteja na paz e cada dia mais ativa e com esperanças no coração.
Meu abraço carinhoso com minha admiração.
Bju de luz nos seus dias.

Ana Tapadas disse...

Olá!

Lindo poema. Verdadeira lição de vida.

Beijo

Evanir disse...

Querida Amiga.
Venho lhe fazer uma visita para saber como você esta.
Estou preocupada minha amiga eu sinto a ausência de um que faz parte da minha vida.
Seu poema é lindo amada mais um pouco triste .
È verdade cada um de nos carregamos nossa cruz.
Espero em Deus que estejas melhor
e venha me dizer isso amiga.
Uma noite de paz e luz.
Beijos pra sempre sua amiga.
Evanir..

Sonhadora disse...

Minha querida

As lembranças são a caixa negra que não queremos resgatar...são um pássaro de asas longas que deixou de voar...espinhos que se espetam na carne e fazem os poetas soltar gemidos sobre as folhas mortas da esperança e caminhar de alma nua e mãos vazias.

Um beijinho com carinho
Sonhadora

rosa-branca disse...

Olá querida amiga, como está? Espero que bem. Pois cá estou para lhe dizer que o seu poema é lindo, mas sempre com o sabor de saudade e o aroma de nostalgia. O nosso entardecer...os nossos desencantos...as nossas dores...mas que seja de amor...Beijos com carinho

Ingrid disse...

amiga linda!
sempre és o que amam em ti..ternura e poesia..
espero que estejas bem!
este final de semana estou em casa..
te mandei mails e aguardo tua resposta..
beijos de carinho sempre..

Lídia Borges disse...

Há um certo desencanto nas palavras. Sobra porém o amor e o amor não se perde por causa de um entardecer, pois tarde para amar é coisa que não existe.

Um beijo meu

Fernanda disse...

Quando a leio sei o que é ser poeta.

Beijo meu.

Rogério Pereira disse...

Poeta
que hei-de eu fazer
Para que te sintas um pouco mais
do que soa o teu dizer?

Eloah disse...

Querida,espero que estejas bem.
Viver é uma arte.Há revés na vida, mas também seus encantos.Cuide-se.Tenhas dias abençoados e felizes.Bjs no coração Eloah

Luís Coelho disse...

Quando te leio fico sem saber de mim
Percorro o tempo e a dor de todo o entardecer.
Poema encantador.

Anónimo disse...

Quando te leio sinto a tua dor, mas

me perco no teu dizer. lindo!

MC

Pena disse...

Notável e Brilhante Poetiza Amiga:
Um sentir fabuloso e perfeito.
Versos significativos da sua pureza e verdadeira identidade fantástica.
Escreve com sentido poético gigantesco e de beleza.
Excelente.
Beijinhos amigos transparentes e cristalinos ao seu talento e a si, enorme poetiza linda.
Com respeito e sempre a admirá-la.
Agradecido pela ternura e carinho expressos no meu blog que gsotei muito.
Bem-Haja.


pena

La Gata Coqueta disse...



Termino de escribirte, contestando a los dos correos...

Un abrazo desde el corazón y con el corazón.

María del Carmen

✿ chica disse...

Tomara estejas bem e tuas poesias são lindas sempre. Gosto de vir aqui!beijos,chica

Evanir disse...

Obrigado por Sua Amizade.
Não tenho nada que possa recompensar
ter uma amizade tão linda assim.
Sou grata por você acreditar em mim
quando tantos ainda tem outra ideia
achando que levo
meus recados iguais a todos os blogs
por deslealdade com minhas lindas amizades.
Deus sabe que é verdade minha impocibilidade em digitar
se mentir estarei renegando todos os principios
de Deus do qual acredito.
Na minha idade seria acima de tudo ridiculo.
Sou aguém que só preciso de seu carinho.
Um feliz e abençoado final de semana.
Beijos pela no coração (PAZ E LUZ)
Espero que tudo de certo amiga e possa retornar em breve para o Brasil.

Evanir disse...

Obrigado por Sua Amizade.
Não tenho nada que possa recompensar
ter uma amizade tão linda assim.
Sou grata por você acreditar em mim
quando tantos ainda tem outra ideia
achando que levo
meus recados iguais a todos os blogs
por deslealdade com minhas lindas amizades.
Deus sabe que é verdade minha impocibilidade em digitar
se mentir estarei renegando todos os principios
de Deus do qual acredito.
Na minha idade seria acima de tudo ridiculo.
Sou aguém que só preciso de seu carinho.
Um feliz e abençoado final de semana.
Beijos pela no coração (PAZ E LUZ)
Espero que tudo de certo amiga e possa retornar em breve para o Brasil.

Ana Tapadas disse...

Venho e deixo um beijinho.

BlueShell disse...

Somos sempre menos...pensamos nós...quando, realmente, somos grandes , imensos no nosso querer, no nosso saber ser!
Te admiro,
BS

Camila disse...

Que cantinho aconchegante...
Dei uma passada aqui e não resisti.. Precisei ficar!
;)

Linda poesia...

Te sigo!

palavradesonhos.blogspot.com

Irene Alves disse...

Querida amiga, espero que já
esteja tudo bem consigo.
Gostei muito de saber de si
através do seu comentário
e de estar aqui no seu blogue
e ler este maravilhoso poema.
Voltarei, sempre que possa.
Bj.Irene

La Gata Coqueta disse...



Esto no es un verso, este es mi pensamiento y se lo hago saber a la brisa de la tarde para que te comunique entre las bambalinas de la emoción…

Que pases un extraordinario fin de semana.

Un beso y una flor del color de las ilusiones, aquellas que a veces nos sorprenden en el camino.

María del Carmen


Zilani Célia disse...

OI MARIA LUISA!
QUE VERSOS FORTES, DORIDOS.
LI OUTROS TEUS E ME PARECEU QUE ESTÁS NUM MOMENTO RUIM, OU É TUA FORMA DE ESCREVER E SE EXPRESSAR?

ABRÇS
http://zilanicelia.blogspot.com/

Sónia M. disse...

Seremos sempre um pouco menos e por vezes um pouco mais, importa sim "ser".
Passei a deixar votos de um bom fim de semana e a agradecer a sua presença e as suas palavras.
Em relação à questão que me colocou, eu também já pude comentar e agora também não, suponho que seja opção do autor não permitir comentários, por alguma razão que desconheço.

Beijo
Sónia

Anónimo disse...

Adoro tudo quanto escreves!

Te adoro!

Anthos

Paulo Bouvier disse...

Oh, são lindos! Maria Luisa, você escreve maravilhosamente. Sou um grande leitor seu. Ao visitar seu cantinho estou sempre aprendendo e tornando-me uma pessoa melhor.
É sempre bom vir e deleitar-me com seus belos poemas.

Infelismente eu só poderei entrar e tualizar tudo no dia de domingo, então minhas visitas e posts serão mais escassos, mas, porfavor, quando postar algo me chame.

Abraços!

http://paulobouvier.blogspot.com/2012/02/spike-fera.html

☆•.¸.Mildred.¸.•☆ disse...

Quando te leio
que votade de aqui voltar
Então meu burrinho
Eu aqui vou deixar;o)

***
À bientôt****

Carmen Troncoso disse...

Que lindos versos Maria Luisa, tienen un halo evocador, un abrazo dulce para ti,

Anónimo disse...

Olá Mª Luisa, olha só como és tão lida, bem mereces ...parabéns.
Há muito que não te visitava, nem sempre tenho hipótese de ler tudo o que gostaria, mas ler-te é sempre um prazer. Bom seria podermos parar o tempo, mas como é im+possível e nos causa algum desconforto, tentemos ultrapassar.

Beijinho amiga.Fica bem.
natalia nuno- rosafogo

miguxa disse...

De tão simples se torna tão belo...
São palavras e versos que transmitem o amor e a importância que exerce sobre o ser humano...

Amei!

Beijos com ternura
Tua amiga que nunca te esquece
Margarida