terça-feira, 15 de julho de 2008

SÃO PAULO - Metróple







...Municipal
da Cidade de São Paulo







Que Cidade?
Violenta e sensível,
Honesta e esquiva …

Quem és tu?
A quem pertences?

Aos pobres,
Aos ricos,
Aos sem abrigo,
Aos habitantes de favela,
Aos Poetas,
Ou à tua Força?
À tua própria Força …

Feita de todos
Que te pertencem …

Tento descobrir o teu sentir
E transmitir à chuva,
Ao vento,
Aos relâmpagos,
Aos trovões,
Às tuas ilusões,
O teu tormento,
Quando à noite
Tentas dormir …
Mas não dormes!...

A tua favela
Fervilha misteriosa
E dentro dela,
Tem luzes amarelas
Cambiante de pobre
E violência torpe,
Envolvida de Morte…

Mas vives e brilhas
Envolvida em milhões
De Almas vibrantes

Que vivem por Ti!

E morrem por Ti …

Mulher feia …”Mas interessante”
Na tua nudez de Amante!

Poema de Maria Luísa

Dissertação de Helena Gasser

14 comentários:

Anónimo disse...

Um encanto de Poema, à minha linda
Cidade!

Possa Deus ajudar!

Anónimo disse...

"Que vivem por ti e morrem por ti";

Gostei!

abjeccionista disse...

Maria Luísa.
Mas que poema exaltante!...
É o que eu chamo amar a vida e a cidade onde a vida ressurge plena de vitalidade. Depois da bela descrição em prosa, o sublime poema que afaga ternurento e amante supremo, as ruas e as gentes da Cidade.
Parabéns amiga
Neo

Maria Luisa Adães disse...

Neo

Encanto dos encantos;
que bem retratado está o poema e a cidade que também é sua ... Ofereço!

Com ternura ele abrange, como diz, as gentes e as ruas, como Amante.

lindo o seu comentário!
obrigada,

beijos,

Maria Luísa

Anónimo disse...

Metróple


O teu encanto feito de diversidade e ternura - deixa-me estupefacto!

Com amor,

Anónimo

Anónimo disse...

São Paulo

Única na sua diversidade;

a "Cidade - Metrópole" que não dorme ...

A.

Anónimo disse...

Lindo o poema e a alusão àqueles dias muito quentes quando de repente, o Céu se enche de nuvens negras e a chuva cai em pingos enormes e depois em catadupa.

A.

Anónimo disse...

Que poema lindo!
A "Terra da Garoa" se sente acarinhada.
Parabéns!
M.

Anónimo disse...

gostei muito, ficou muito poética com uma visão interessante da cidade
H

Anónimo disse...

A "Terra da Garoa"; lindo!


obrigada,

A.

Anónimo disse...

Muito bem analisado! Lindo poema!

Sampa está feliz!

a.

Anónimo disse...

"Mulher feia ... mas interessante"

na sua nudez de Amante!

E diz tudo!

Anónimo disse...

"Mulher feia. mas interessante"

Na sua nudez de Amante- pura, como uma Deusa de outros tempos, outras Eras... Eis a minha Cidade!

a.

Anónimo disse...

São Paulo -Metropole

Muito bem retratada, sentida e amável " mulher feia, mas interessante"

Adorei!

a.