quinta-feira, 9 de julho de 2015

AMOR II

Maria Laís Fett/ Brasil


Talvez por ter tanto amor
tanta naturalidade e pureza

Tenha tirado ao mundo
 " Sem ser por mal"

Algum pedaço forte desse amor

Daí a falta de amor
No nosso mundo!


Maria Luísa Adães


Visualizações :  166

18 comentários:

✿ chica disse...

Muito lindo! Bom te ver novamente! bjs, chica

Carmen Lúcia.Prazer de Escrever disse...

Oi Maria Luísa muito bom ler novamente o que você lindamente escreve.
Obrigada pelos comentários no face.
Bjs-Carmen Lúcia.

Manuel disse...

Não, não tirou!
Os seus poemas tem dado ao mundo muito, mas mesmo muito, mais amor.
Os seus poemas são o próprio amor.

Jaime Portela disse...

E o mundo precisa de muito mais amor, de facto.
Magnífico poema, gostei imenso.
Maria Luísa, tenha um bom resto de semana.
Abraço.

Maria Luisa Adães disse...

Manuel

Quanta beleza
na sua amizade!

Agradeço com ternura, suas lindas palavras

"Os seus poemas são o próprio amor"

Quanta sensibilidade...


Maria luísa Adães

Mari-Pi-R disse...

Ese amor puro y natural del que se puede dar sin esperar nada.
Bonitas palabras, un abrazo.

Cidália Ferreira disse...

E o Mundo precisa de amor! Amei

Beijos e uma feliz noite

http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

Ingrid disse...

o amor recria-se e é fecundo.
beijos de amar...

Toninho disse...

Estamos carentes deste sentir
O amor é nossa única alavanca,
para fazer mover esta inerte humanidade.
Um lindo fim de semana amiga.
Meu abraço de paz.
Bjs de paz.

AMBAR disse...

Profundas tus letras María Luisa, que nunca en nuestra vida falte el amor.
Muy bella imagen.
Un abrazo.
Ambar

emanuel moura disse...

A falta de amor apenas existe naquele que vive na eterna escuridão ,muitos beijinhos felicidades querida amiga

Arte & Emoções disse...

O amor ainda é um dos maiores fomentos da nossa existência. Lindo e profundo!

Beijos,

Furtado.

heretico disse...

quem nunca amou, que atire a primeira pedra...

Graça Pereira disse...

Gastaste o amor todo... e os outros??
Ah,minha querida, os outros, não conhecem o Amor...
Mil beijos
Graça

Franziska disse...

Es tan cierto como el firmamento que lo que más escasea en este mundo es el amor pero se da la paradoja de que, también, es aquello de lo que más hablamos, lo que más añoramos en nuestra vida. A mi me parece que el amor se siembra y que más pronto o más tarde, se recoge la cosecha pero, cosa curiosa, no se encuentra donde se sembró sino en otro lugar insospechado. A veces, no ocurre y lo encontramos donde se sembró...

Me ha gustado mucho tu poema. Un abrazo con el mayor afecto para tí. Franziska

Evanir disse...

Estou começando agradecer o carinho
deixado no meu blog.
Foi e esta muito importante para mim ,é nessa hora que sabemos
o bem que nos faz A verdadeira amizade.
Depois de uma dolorosa espera finalmente fui operada
a 20 dias e na medido do possível esta indo tudo bem.
Foi muita espera para quem paga plano de saúde
na hora do atendimento sofremos para autorizar uma seria cirurgia.
Durante anos sentindo dor e uma Sensação de abandono,
e descaso total.
Agora vem a espera da Biópsia que
também me deixa pensativa e ansiosa .
Mas sempre firme na fé a espera de dias melhores.
Agradeço seu carinho esta sendo muito importante para mim
nesse momento onde o amor faz verdadeiros milgres.
A amizade verdadeira nos conduz a esperança.
Deus abençoe sua vida carinhosamente.

Evanir.

Manuel disse...

Venho desejar uma boa semana. Espero que tudo esteja a correr bem.

Evanir disse...

Hoje numa visita rápida inesperada estou aqui
nesse dia consagrado aos amigos.
Sei já esta no final do dia ,
mas vou continuar até amanhã .
Um amigo de verdade é para eternidade,
por tanto todo dia é Dia do Amigo Leal.
Venho te deixar um abraço muito especial
mesmo um pouco em falta nos últimos tempos.
Mas logo espero estar retornando .
Hoje é especial.
Um feliz dia do Amigo.
Amizade é tudo mas a palavra amigo tem peso pesado.
Um beijo e uma semana abençoada.
Fica com Deus.
Evanir.