terça-feira, 8 de julho de 2014

Quimera

Parei                                          
Internet / Salvador Dalí

A uma porta aberta

Entrei na descoberta
Dessa porta

E me parecia
Feita de alegria e magia

Pensei, de imediato pensei

Eu vou viver para sempre
E ninguém vai morrer na minha vida

Nem eu 
Nem os outros...

Eu tinha encontrado
O Palácio da Quimera!

 Razões muito fortes
 Me levaram

 Esqueci essas razões
 E entrei na porta encantada

Quem era eu
Qual o meu nome

Alguém de uma história
Mal contada?

E o amor que deixei
E o avião que me levou
Para o outro lado do Oceano

Onde estava
Todo o teu canto de amor?

E fiquei olhando a quimera de meu sentir
De minha mente absorta
E louca

E dancei a mesma dança
Como se fossa criança!...

Maria Luísa Adães

Visualizações :  280

30/7/2014

30 comentários:

Guaraciaba Perides disse...

Lindo sentir de um novo tempo onde todos os medos se esvaem e só a alegria permanece ...a busca do portal da felicidade plena dá alento à humanidade e nos dá a força para viver...Assim seja!
Um abraço

Maria Luisa Adães disse...

Abraço e obrigada

Maria Luísa

✿ chica disse...

Um encanto te ler e viajar nas tuas palavras! bjs, chica

Maria Luisa Adães disse...

Chica

Já passei por teu blogs!

Obrigada por tuas palavras, sempre lindas, e tua presença nos :

"7degraus"

Maria Luísa

Anónimo disse...

Tu tens a quem amar
tanto te rodeia!

...Mas o poeta é assim mesmo, inconsolável e procura sempre mais!

Eu te quero, enquanto estiver a teu lado!

A. Avelino

Elvira Carvalho disse...

Um belo poema de amor.
Um abraço

emanuel moura disse...

Sempre maravilhosa que a felicidade e o amor reine sempre no nosso coraçao ,muitos beijinhos

Jose disse...

Siempre es y será una quimera no venir y leerte, ocurre a veces que los caminos se borran y el amor desaparece.

Saludos

Ricardo- águialivre disse...

Poema de amor simplesmente maravilhoso. Adorei ler
Deixo cumprimentos.

Graça Pires disse...

Dançar como se fosse criança, numa quimera de amor...
Beijo.

Sonhadora (RosaMaria) disse...

Minha querida

Um poema sublime como sempre...uma melodia escrita com a alma. Adorei como sempre e as palavras faltam-me.

Um beijinho com carinho
Sonhadora

Ingrid disse...

e vieram as lágrimas.
amo-te!
beijos.

Rosemildo Sales Furtado disse...

Olá amiga! Passando para te cumprimentar e apreciar mais uma das tuas belas criações.

Beijos,

Furtado.

Su Simon disse...

Olá
Emocionante a poesia e a imagem um complemento divino...
Encantada aqui.
Parabéns

heretico disse...

muito bem - que viva o palácio das Quimeras.

Evanir disse...

Maria Luisa ..
Em meu coração viveras eternamente
não tem como te esquecer.
Em tempo algum da minha vida vou tentar te esquecer.
Voou sim esperar até o próximo verão no Brasil.
Saudades sua amiga pra sempre.
Evanir.

Antonio Reis disse...

E talvez seja tudo quimera.
E dançar é a maneira de refazer as emoções.
Linda construção/inspiração amiga.
A poesia brota com arte de sua mente.
Um carinhoso abraço.
Um lindo domingo.
Beijo de paz.

Lilasesazuis Gata disse...

Ás, vezes, temos que acordar das quimeras e enfrentar valentemente a realidade!!

Maria Luísa, tenhas um ótimo domingo,

beijinhos,

Lígia e =^.^=

Graça Pereira disse...

Sonhamos tanto que já não sabemos onde começa e acaba a realidade...
Às vezes, até seria bom não acordar dos sonhos e viver num mundo onde tudo é possível...
Adoro a tua poesia.
Mil beijos e bom domingo.
Graça

Maria Rodrigues disse...

A quimera da vida e do amor.
Belissimo poema.
Beijinhos
Maria

Noemi disse...

hola, Dios te bendiga
mi blog www.creeenjesusyserassalvo.blogspot.com

vitorchuvashortstories disse...

Olá, Maria Luisa!

Apesar da idade, os sonhos sempre serão crianças - que se recusam a envelhecer como nós...

Lindo poema

Um abraço e uma boa semana - e boa saúde.
Vitor

PAULO TAMBURRO. disse...

MARIA LUIZA,

comunicando que "SEXO É UM PRODUTO DE CONSUMO" agora é
"FRAGMENTOS DO ACASO".
Que tal conferir, é no mesmo endereço.

Quanto ao seu texto, você realmente se supera a cada novo!

Um abração carioca.

Maria Emilia Moreira disse...

Ainda bem que o ser humano tem a faculdade de sonhar...e sonhar acordado ainda se torna mais real, o sonho. Um belo poema. Tenho andado ausente e hoje voltei e gostei imenso de te ler.
Um abraço.

Artes e escritas disse...

Desculpe-me, a gente lê conforme a realidade da gente. Assistir ao futebol como criança. Pois é. Um abraço, Yayá.

Silenciosamente ouvindo... disse...

Um maravilhoso poema.Desejo muito
que esteja bem. Eu agora tenho
vindo muito pouco ao computador,
só depois de agosto espero norma-
lizar a situação.
Bj.
Irene Alves

Manuel disse...

Nós, os que gostamos de poesia, tentamos encontrar os sentimentos que os versos encerram.
Nestes adivinho uma profunda nostalgia.
Um abraço

Maria Luisa Adães disse...

Manuel

É verdade!
Encontra nostalgia e muita...

Obrigada por seu carinho,

Maria Luísa

rosa-branca disse...

Amiga Luísa, amei demais este seu poema. O final é delicioso. Beijos com carinho

Anónimo disse...

Afinal, Maria Luisa é Poeta!

Bom Poema. Mas um pouco longo.

Am