segunda-feira, 19 de maio de 2014

Também se Ama!...

Também se ama em silêncio             
Salvador Dalí/ Internet

Sem ter nada a dizer
Sem ter nada a escutar

Também se ama
Quando se adormece 
Depois de amar

Também se ama
Quando se lê o jornal
Sem olhar para o lado

Também se ama
Quando não se escuta
As queixas de nosso amante

Também se ama
Quando o desejo passar
E se falar do vulgar

Também se ama
Quando se recupera o alento
E se deixa de sonhar

Também se ama
Num encontro
Sem recordação

E há tantas formas de amar
Tantas razões para o idolatrar
E o eternizar

Mas o amor foge de quem diz amar
E regressa ao que não sabe amar

E eu amo nas interrogações que faço
E nas respostas que nunca recebo!


Maria Luísa Adães

Visualizações : 382

em : 25/7/2014



27 comentários:

emanuel moura disse...

Existem tantas formas de amar que nos deixam tao pouco tempo ,amar as palavras como estas que escreveu ,os gestos que são gratificantes ,momentos que são eternos ,e nos com tao pouco tempo para podermos amar nesta vida cheia de maravilhas ,beijinhos uma feliz semana

Maria Luisa Adães disse...

Grata pela beleza do que escreve!

Maria luísa

Bell disse...

O verdadeiro amor permanece para sempre e é lindo =)

Maria disse...

A cada um mil formas de amar.a ..poesia linda!
Bjs
Maria

Carmen Lúcia.Prazer de Escrever disse...

Amamos em qualquer momento,como agora pelas doces palavras de uma grande poetisa.
bjs amiga Maria Luisa e um ótimo inicio de semana.
Carmen Lúcia.

Arco-Íris de Frida disse...

O amor se desdobra em varias formas... o importante é que é amor...

Beijos...

✿ chica disse...

Tu és o amor em poesia!Lindo sempre e adorei teu comentário poético lá no céu de hoje! bjs, obrigadão,chica

Maria Rodrigues disse...

Maravilhoso poema.
Há realmente tantas formas de amar.
beijinhos
Maria

Graça Pereira disse...

"Há tantas formas de amar" Ainda bem!
Ama-se com a alma, com o coração...e até de mãos vazias!!
Os teus poemas "falam-me cá dentro" e de que maneira...
Obrigada Maria Luísa!
Beijo
Graça

Evanir disse...

Na verdade existe muitas formas de amar nessa vida.
Eu estou ficando descrente de algumas coisas nessa vida ,
mais sei onde procurar a verdade e a paz para meu coração.
Quando a dor aperta e mata a consciência da alma a Deus dirijo uma sentida prece.
Maria Luisa tenha uma abençoada semana.
PAZ E LUZ.
Evanir..

Ingrid disse...

Nas tantas formas de amar, a nossa amizade é benção que a luz dos céus ilumina.
E este céu é o mesmo onde estivermos.
Beijo de saudades.

Imaginário disse...

São cenas da vida nossa de todos os dias? Lindo, lindo...
Abraços.
Gilson.

heretico disse...

mil disfarces- os do amor.

por isso todos(as) o veneram...

beijo

Mar Arável disse...

Os amores

só podem ser criativos

Bj

Maria Luisa Adães disse...

Evanir

Aceite e caminhe em frente!

Com ternura,

Maria luísa

Ricardo- águialivre disse...

Que o amor vença em todas as frentes e ajude a caminhar em todos os caminhos.

Deixo cumprimentos.
*************************
http://pensamentosedevaneiosdoaguialivre.blogspot.pt/

Manuel disse...

Amar é como o respirar, acontece sem fazermos nada por isso. É espontâneo, faz parte da vida.
Este poema é, bem, o reflexo disso!

Bruxa disse...

Acabei de voar lá na Evanir que publicou sobre o amor, dizendo que não é filosofia.
É isso, ele existe em todos os momentos, em cada ato e olhar, só precisamos deixá-lo fluir.
Lindo, como sempre.

Abração esmagador.

Beites disse...

O nosso mundo
é uma aventura de amor...



Feliz fim de semana
de aqui dos calhaus outra vez
frios...brrrrrrrrrrrrrrrrrrrrr

Antonio Reis disse...

O que é o amar, se não esta vontade, este transe em momentos, que nos foge do controle?
Lindo demais Luisa.
Saudades de passar por aqui.
Meu terno abraço de paz e luz.

Graça Pires disse...

Ama-se em qualquer lugar, a qualquer hora, sob qualquer forma. Um bom poema, amiga.
Beijo.

Evanir disse...

Na fé, na esperança e no empenho por se ser melhor a cada dia.
Continue trilhando pelos caminhos vida,
pois um dia encontrarás o mais belo jardim,
o jardim que representará a realização de seus maiores sonhos .
E encotrarás a verdadeira felicidade
por toda vida.
Siga sempre um caminho sem atalhos
certamente esse é onde encontrarás
a sabedoria e a alegria de viver.
Tenha fé em Deus acredite a vitoria é
garantida.
Carinhosamente desejo um feliz final de semana
beijos e meu eterno carinho.
Evanir.

vitorchuvashortstories disse...

Olá, Maria Luisa!

O amar é um estado de alma,sentimento que não depende de momento ou ocasião...

Bonito poema, com sempre.

Bom Domingo e boa semana.
Vitor

Ana Paula disse...

Maria Luisa quanta leveza nas tuas palavras a nos dizer tantas verdades ainda que as interrogações nos apareçam.

Obrigada pela sua participação no meu texto sobre o questionamento da morte dos bogs. Muito bom refletirmos juntos.
Beijo!

Beites disse...

E como andas tu ?

será o sol que te encanta ?


Que tudo vá bem por aí...~_

Manuel disse...

Só para deixar um abraço e esperar que tudo esteja bem.

Felisberto Junior disse...

Olá,Bom dia,Maria Luisa
sim,existem várias formas de amar,idolatrar e eternizar....dizem até que, no amor verdadeiro é mais difícil a manutenção do que o encontro propriamente dito. Este amor tem que ser trabalhado, dia a dia...também, é verdade,que por vezes, o amor foge de quem diz amar ,e regressa ao que não sabe amar...e por fim, ao cessar os componentes de intimidade e de compromisso,exigidos pelo amor, desaparece , tão rápido quando apareceu...
Agradeço pelo carinho com meu blog...ele está com administração dupla... durante a semana, a postagem ( visitas e retribuições) é de minha parceira ,eu posto aos sábados...mas, nada que impeça que venha até aqui, oferecer meus agradecimentos!Obrigado!
Belos dias,beijos!