quinta-feira, 25 de abril de 2013

Peregrino

Solitário é meu sentir       
Internet

E eu quero essa solidão
E esse sentir

E aos poucos vou perdendo
E deixando de ver
O caminho a percorrer.

Será que cheguei
À meta Final?

Me humilhei milhentas vezes
Nas cordilheiras de muitas mentes

E assim fui peregrina
Dos prantos que não foram meus.

E as nuvens sobem
Aparecem e desaparecem
São livres de olhares nebulosos

E meu amor se vai perdendo de mim
Como a vida se vai afastando e caindo

Como as pétalas das rosas
Vão morrendo

Como o silêncio vai descendo
E as folhas envelhecendo

E a noite se instala
Sem desejos de partir...

Sabes que te amo
E por vezes te esqueço
E torno a lembrar
E corro para ti
E te prendo em meus braços
Na minha sensualidade, só minha

Mas...
Dar sentido às palavras
É essa a minha última Oração!

Perfeita eu tentei ser,
Mas vou partir ou já parti
E me esqueci de ti!


Maria Luísa Adães

49 comentários:

Carmen Lúcia.Prazer de Escrever disse...

As pétalas das rosas morrem,mas sempre há uma esperança para que voltem a florescer em um novo amanhecer!Nunca desistir!

bjs amiga Maria Luísa

Carmen Lúcia-mamymilu.blogspot.com

✿ chica disse...

Profunda e linda, como sempre,tuas poesias! beijos,chica e tudo de bom!

OZNA-OZNA disse...

Infinitas gracias mi querida y admirada poetisa por acariciar nuestra alma con la suprema belleza en versos que nos obsequias. Miles de besinos de esta amiga con inmenso cariño.

Kasioles disse...

Cuando el silencio nos envuelve, acuden presurosos los recuerdos, a veces nos hacen llorar, otras, ayudan a seguir viviendo.
En esta primavera, volverán a brotar más rosas.
Mientras tengamos vida, no perdamos jamás la esperanza.
Cariños y abrazos.
kasioles

Ana Bailune disse...

Linda, doce poesia!

Jose disse...

Mi estimada y no olvidada princesa de las letras ,parece ser que me despisté y el camino equivoqué.

El peregrino aparecerá y esa soledad desaparecerá ,llenandote de dicha y amor para que con tus versos nos hagas ilusionar sabuendo que el amor siempre en tus letras estará.

Saludos

Evanir disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
AFRICA EM POESIA disse...

LUISA

Depois de andar adoentada e preocupada voltei...

vou ler poesia e...escrever poesia

deixo Amor,Amizade e muito carinho.

tive mesmo saudades...

beijos

Observador disse...

Fico grato por me proporcional uma óptima leitura.

Abraço

Evanir disse...

Amada deixei na sua postagem anterior o numero do do telefone.
Espero em Deus que esteja melhor
Deus esteja eternamente contigo beijos na sua alma.
Estou super triste minha amada.

Ingrid disse...

querida,
nossa peregrinação no viver,tem tantas nuances..
e ao final nosso caminho deixa rastros do que fomos..
beijos e ainda à tua espera..

vitorchuvashortstories disse...

Olá, Maria Luisa!

À meta ninguém chega antes de tempo; enquanto houver caminho para caminhar, o rumo é seguir em frente...procurando encontrar ânimo no percurso.

O poema é lindo e profundo, como sempre.

Beijinhos amigos;fica bem.
Vitor

Ana Tapadas disse...

Concordo com o Vítor! E a minha amiga ainda tem muito caminho pela frente!

Abraço

Anónimo disse...

"Mas...
Dar sentido às palavras
É essa a minha última Oração!"

Que forma delicada de dizer!

Parabéns Poeta e à qualidade de tua poesia!

M.C.

Julie Sopetrán disse...

De nuevo en casa te visito y me encanta tu poema, somos peregrinos de la esperanza, me encanta leerte. Un beso y mi cariño.

irene alves disse...

Uma poesia linda apesar do tema
ser triste. Muitas vezes me
interrogo: será que o escrevem
os poetas é o que sentem no
momento? Estão a traduzir os seus
estados de alma? Ou porque têm
uma grande sensibilidade falam da
vida em geral? Dos sentimentos em
geral? Não sei.
Amiga desejo que esteja bem.
Beijinhos
Irene Alves

Antônio Lídio Gomes disse...

Maria Luisa Adães, que satisfação em voltar aqui e também te ver no Vozes.
Qua lindo e profundo poema...
É um pouco de nós, de mim, de ti, e quem sabe de outra alma por esse mundo a peregrinar?
Melhor que seja, pois evocará nossa humanidade, as nossas fraquezas, nossas virtudes e nossos sentimentos mais verdadeiros.
Um abraço, e um beijo.

O Puma disse...

Não existem infinitos

que se agarrem só com os olhos

:.tossan© disse...

Linda poesia, fascinante... A imagem me deixou sem sentidos até perceber que é apenas uma foto. Beijo

Mary disse...

lembranças no final da jornada, algumas saudades, alguns arrependimentos, mas assim é nossa caminhada hein amiga?? lindo e saudoso texto.. beijos mil e ótimo domingo..

Antônio Lídio Gomes disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Lírio das Almas disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Lírio das Almas disse...

Maria Luisa
Venho te desejar um ditoso dia, repleto de amor, saúde, paz e alegria.
Quero ainda te convidar para visitar Lírio das Almas.
Um abraço.

La Gata Coqueta disse...




A veces puedo estar distante
pero nunca ausente,
puedo no escribirte,
pero jamás olvidarte...
y cuando me necesites, puedo
no estar cerca, pero jamás abandonarte...
porque estas en mi corazón!!

Hoy me encuentro celebrando,
el 5º aniversario del nacimiento
del blog de La gata coqueta
y sin pararme a pensar
en mi torpe atrevimiento...
...al pasar sin avisar,
para entregarte la invitación a la celebración,
que de mano me harías sentir muy feliz brindando a mi lado.

¡¡Gracias por asistir a la que desde siempre ha sido tu casa!!

Un abrazo desde el ❤ y con el ❤
Feliz domingo!!

Atte.
María Del Carmen




heretico disse...

belo e sensível poema - como uma serena dádiva...

beijo

anjodaesquina disse...


e tudo é um retalho
de momentos...

belo dia pra ti

Gracita disse...

Oi amada
Desistir jamais! A esperança é o botão da rosa que floresce a cada amanhecer. Uma linda semana!
Beijos
Gracita

Evanir disse...


Imagine uma viagem em um carro chamado Vida,
uma estrada chamada Sonho,
com amores chamados Família e um amigo chamado Deus.
Então vire a esquina chamada Esperança
e quando chegar num lugar chamado Sucesso,
agradeça ao motorista chamado Jesus!
Quando chegar na casa chamada Prosperidade,
não se acanhe com os hóspedes cujos nomes são: Andei,
Lutei e Venci!
Como vencedora que sou com as graças do nosso
Pai vim hoje te deixar meu carinhoso abraço na
certeza de que todos os seus e lutas terão um final feliz
Beijos no coração e muitos afagos na alma.
Minha amada e muito querida amiga irmã.
Já postei mais u poema seu.
Saudades volte breve.







Lucimar da Silva Moreira disse...

Poesia linda que mexe com a gente. Maria vim te avisar que o blog lucimar virtual ficará apenas para a visualização dos amigos, não postarei mais lá, todos os posts vou publicar no meu blog principal que é a estrela da manhã, então te faço um convite se você quer seguir o meu outro blog ficarei muito feliz em ter você lá também, o link está abaixo, fique com Deus beijos.
Links:

Estrela da Manhã

Divulgue seu blog no face

Ana Tapadas disse...

Venho deixar o meu abraço.

Bjs

lis disse...

Oi Maria Luiza
Um poema pungente! solitário...
gostei e me tocou !
... que a vida não se perca sem que a vivamos bem!
grande abraço

Anónimo disse...

http://prixviagrageneriquefrance.net/ viagra achat
http://commanderviagragenerique.net/ viagra
http://viagracomprargenericoespana.net/ viagra sin receta
http://acquistareviagragenericoitalia.net/ viagra

Ann Marie disse...

Hello my friend Maria Luisa!
The poet's vein in your blog, and it's a talent I myself do not have, so I am so grateful to you and others who may have the words in the right places to create beautiful poetry.
I wish you my dear friend, a wonderful continuation of our week!
Hugs.
/ / Ann Marie.

Evanir disse...

Querida amiga.
Com imensa saudades venho no seu blog
fico triste de ver o quanto as pessoas se afastam de nós sem ao menos deixar uma uma palavra.
Eu não acredito em pessoas que se esquece de nós sem deixar um carinho sequer.
Onde esta o amor e amizade?
Amada se deixar de visitar você realmente não estarei aguentando a barra também.
Deus abençoe você que seja breve sua volta aguardo com ansiedade noticias sua mana querida.
Um abençoado final de semana beijos sua amiga pra sempre ,Evanir.

La Gata Coqueta disse...




Las palabras en silencio
son melodías de ternura,
y refugio de sensaciones,
que sigilosas van en busca de emociones
para vestir la vida de alegres tentaciones...
...deteniéndose en perfumar los sentimientos,
con el aroma de las flores, que irán brotado
durante este mes de mayo que termina de comenzar.

Hoy y cada uno de los días...
Un beso y una rosa para ti!

Atte.
María Del Carmen



Maria Luisa Adães disse...

La Gata Coqueta

"As palavras em silêncio
são melodias de ternura"

E por vezes são um afastamento
de um lugar para outro lugar.

Sem culpas,
eu vou comprar uma gruta
para nela habitar
e viver sempre neste lugar

E não estou mais só

O teu silêncio
o teu luar
o teu perfume
e também o murmúrio
do teu mar

...Me vão acompanhar

E compro a gruta
Longe do mar

E nela vou habitar!

Depois
te levo, a este lugar!


Maria Luísa

Graça Pereira disse...

Um poema profundo que gostei de ler. Só tu sabes juntar as palavras em ramos floridos como estas rosas...Peregrina? Peregrinos seremos todos até ao último momento...Não há como sair de cena..
Beijos de sol.
Graça

LUZ disse...

Olá, estimada Maria Luísa!

Como está?

Não estou ainda a comentar as publicações nos blogues, mas li o seu poema.

Passei porque tinha saudades suas, condição necessária e suficiente, e também para lhe oferecer uma rosa branca, símbolo da sua pureza anímica.

Beijos da Luz, com apreço.

Daniel Casares Román disse...

Un placer pasar por tu blog, como siempre

Anónimo disse...

Te esqueceste de mim?

Mas eu não me esqueci de ti!...

Porque te amo!

Augusto

Sor.Cecilia Codina Masachs disse...

Gracias Mª Luisa, siempre me alegro cuando viene a mi casa.
Espero que esté bien, así se lo pido a nuestro Dios.
Un bello poema donde ser peregrino en esa soledad, nos devolverá de cierto el sendero para encontrar esa meta final. Sólo hace falta dejarnos llevar de la mano de Él.
Con ternura le dejo un gran beso.
Su amiga
Sor.Cecilia

trimbolera disse...

La soledad del peregrino es tan incierta, borrascosa y triste que si no fuera por la esperanza de llegar a la meta, sería muy dura. Besicos.

Rita Freitas disse...

Muito profundo e belo.
Gostei de ler.

Bjs

Maria João Brito de Sousa disse...

Muito belo e muito triste, este teu Peregrino, Maria Luísa... perdoa, não conseguirei formular um comentário que lhe possa fazer jus, mas estou bastante pior, amiga...

O maior dos meus abraços!

Evanir Garcia disse...

Minha Querida .
Quarta feira Dia 8 vou passar no médico outra vez .
O Dia que eu te disse fui ao chegar no consultório todas as consultas estavam sendo desmarcadas.
Ela não foi teve uma cirurgia de um paciente de emergência..
Mana amada: Tudo é muito complicado na minha vida só não entro em desespero total por ter apoio da familia e amigas de verdade como você.
Quando o desespero chega penso muito em você tenha certeza tens me dado força .
Amada embora um mar nos separa não existe distancia quando amamos de verdade.
Minha querida já estou levando seu poema entrará na próxima postagem.
Obrigada por ter passado no meu blog.
Estou fazendo pouca visitas tenho passado dias muito difícil .
Um beijo no coração.
Deus esteja contigo e comigo sempre.
E vamos lutar haveremos de vencer
Deus não vai abandonar temos que ter fé e muita esperança.
Acreditar no milagre e na graça do Pai maior.

Tais Luso disse...

São as andanças de um peregrino!
Poema lindo, sensível e verdadeiro.
O retrato da vida.
Bjs, amiga!

Maria disse...

Vim retribuir a visita e gostei tanto que já marquei lugar para voltar!
Um excelente dia!
Maria

Lis Fernandes disse...

Olá, Maria Luisa!
Que belo poema!
Rosas sempre rosas... queremos!
Obrigada pela visita em meu blog.
Estou te seguindo aqui para não perder o caminho e poder voltar.
Beijos,
Lis

Elisa T. Campos disse...

Esse amor peregrino há de voltar encantado com a sua poesia.

Um lindo dia para você.
Bjs