quarta-feira, 21 de março de 2012

Para Ti!...


Internet/ Gogh, Olive- trees
Em todos os lugares
Da minha vida solitária
Eu te procuro.

Em todos os momentos
A pensar e a amar
Eu te procuro.

Em todas as agruras
Que me surjam num tormento
Eu te procuro.

Nos ventos que rodopiam
Vadios à minha volta
Eu te procuro.

Nas flores que vão nascendo
Nesta Primavera do tempo
Eu te procuro.

Nas árvores solitárias
Perfeitas e puras
Eu te procuro.

Nas músicas que escrevo
Nas músicas que não ouço
Eu te procuro.

Nos amigos que não tenho
Nos amigos que partiram
Eu te procuro.

Nos lugares inatingíveis
Que percorro nas asas dos sonhos
Eu te procuro.

Nos campos que não têm chuva
E suplicam essa chuva
Eu te procuro.

Nos que vivem abandonados
Sem lar e sem estrada
Eu te procuro.

Nos meus olhos
Que olham as flores e os ramos
Eu te procuro.

No rumor das fontes
No amor que jogamos
Eu te procuro.

Nos sorrisos de loucura
De poeta que sou e te dou
Eu te procuro.

Me diz onde fica esse ponto
Esse lugar de encontro
E eu te procuro.

Acompanhada do vento e do silêncio
Rodeada das flores a nascer
De uma Primavera a aparecer
Me diz onde te encontras
E eu te procuro.

Nos pontos impalpáveis
Decido a minha razão e não minto
Me diz onde estás
E eu te procuro.

Eu sou o Outono
Tu és a Primavera
Num lugar tão distante
E eu te procuro.

E no dia do encontro
Fica no meu coração
Ó Deus do meu pranto!

Maria Luísa Adães

56 comentários:

El Gaucho Santillán disse...

Gostei muito.

Deus è amor. E o amor fica em todas partes.


Um abraço

jose maria criado lesmes disse...

Un abrazo Maria Luisa

Graça Pereira disse...

E eu te procuro a ti, neste dia que é teu!
Na flor que abriu esta manhã, eu sei...
eu te encontrarei!
Beijo amigo.
Graça

Rogério Pereira disse...

A procura não é um eterno destino
o destino é esse encontro de que falas

Ai de quem não procura

Eloah disse...

Querida que lindo! Toda procura envolve sentimento e o encontro realização.
Belos dias.Bjs Eloah

Maria Alice Cerqueira disse...

Boa tarde
Maria Luiza,
Lindo seu poema!
Gostei muito!
Deus é o Amor que preenche o nosso coração, e para todo o lugar que a gente olhe Ele está lá a nossa espera!
Eu procurei voce, e aqui eu a encontrei, porque em voce mora a essência deste grande Amor! Deus!
Uma linda semana coberta por este lindo Amor.
Abraço Amigo
Maria Alice

Brown Eyes disse...

Parece que Deus às vezes foge de quem o procura. Há dias que tudo parece fugir mas isso não é eterno e no dia seguinte conseguimos encontrar o que desejamos. Beijinhos

Ingrid disse...

minha amiga querida..
perdoe-me a ausência, mas meu pai faleceu sábado passado após 45 dias de doença diagnosticada...
agora retorno aos poucos..
tuas palavras sempre plenas e intensas..
te adoro!
beijos de carinho..

jabeiteslp disse...

bem que procuramos
porque não ?

ternura e coração ?


joca do frio

OZNA-OZNA disse...

mil gracias querida y admirada poetisa por acariciar nuestra alma con la suprema belleza de tus versos, muchos besinos con todo mi cariño y admiración.

Maria João Brito de Sousa disse...

Lindíssimo, Maria Luísa!
Tenho pena de não me sentir em condições de expressar melhor tudo o que ele me transmitiu, mas é um poema magnífico! Tem uma força enorme, aliada à suavidade que costumas dar a todos os teus poemas.
Enorme abraço, amiga!

rosa-branca disse...

Olá amiga, maravilhoso o seu poema (como sempre). Adorei. Beijos com carinho

vitorchuvashortstories disse...

Olá, Maria Luisa!

Parabéns a ti, neste dia que é teu;
aqui lindamente assinalado por este magnífico poema: demanda incansável, amor eterno que assume forma de adoração.

Que a procura te possa conduzir ao teu destino!

Beijinhos.
Vitor

Anónimo disse...

COMELLO...with DICCE CHENEY and CHENES.
And ANIMEL LIST with REMY GENTO WHYTL ZOO.
It's a MISHARE with ASOCHER and ASETOR now went TZINGST with ZKSLY !

OSIRIS.
SYN SEA 7.
DASSAULT- SESSESSE- DESSESSE.
UCCUMBE!

Maria Luisa Adães disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
jabeiteslp disse...

parece uma prece...parece

beijinho e uma feliz tarde
aqui do que anda sempre atrasado....

Anónimo disse...

E a procura te vai conduzir ao caminho.

O poema está muito belo!

MC

roberto disse...

María Luisa, impecable escrito como siempre, da placer cada vez que entro a tu blog.

Un abrazo

Patricia disse...

escribes maravillosamente!

un abrazo.

La Gata Coqueta disse...



Mi querida y linda amiga; mañana ya parto para Madrid y ando un poco apurada, pero un momento para dejarte unas líneas siempre lo encontraré para ti.

Muackkkkkkkkk

Un abrazo soñando
y un beso amando.

María del Carmen

Mona Lisa disse...

A eterna procura do amor.

Beijos.

Mari@ disse...

"Acompanhada do vento e do silêncio
Rodeada das flores a nascer
De uma Primavera a aparecer
Me diz onde te encontras
E eu te procuro"

PERFEITA E MARAVILHOSA!!

Beijo grande

Maithê de Oliveira ♦♠♥♣ e tantos detalhes... disse...

Maria, minha querida. Já tomo a liberdade de chamá-la assim... Obrigada pelo carinho e preocupação! Eu tenho parte de meu tratamento e ainda resta parte de meu diagnóstico. Abri o blog com o objetivo de conquistar um Cento de Tratamento para as pessoas que estão no início de minha trajetória e ainda sofrem o descaso. Ainda não existem Direitos Humanos para pessoas que sofrem por doenças raras, faltam: interesses; políticas públicas; conscientização... e há muitos mitos, gigantes... que fazem com que as pessoas sofram ainda mais com o preconceito e o descaso. Muitos pacientes em situação de risco recebem o Definitivo NÃO, na hora do socorro e pessoas morrem por toda a parte porque faltam políticas públicas para que sejam tocadas estas pessoas pelas belas palavras "Direitos Humanos", só duas! Tão poucas... E tão grande as pedras!
OBS: Peço desculpas, porque um erro meu tentando configurar meu blog apagou alguns comentários, 3 eu acho... E o teu infelizmente estava neste. É que estou apanhando um bocado para aprender a lidar com as configurações do blog... pois antes não usava, só tem um mês que abri! Também posto outros textos com a pretensão de quebrar a regra vital de que a Pessoa com uma Doença é uma Doença. A Pessoa é antes de tudo... Pessoa, com muito espaço para ser um Humano... e só precisa de um tratamento! Que infelizmente para quem tem um organismo diferente chega a levar 30 anos... no meu caso foram 25... eu espero que o futuro seja o que deve ser: futuro! "E que a próxima Infância Rara não passe mais 25 anos sem tratamento. Abraços! Depois voltarei para sentir mais de teus pensamentos deliciosos!

Fernanda disse...

A procura incessante e necessária.
Que encontre tudo o que procura, algum dia, nalgum momento.

Beijinho

akuanauta disse...

Muy bonito el poema, está muy bien. Es un bonito locus amoenus con un paisaje imaginativo precioso y preciso.

labergamo disse...

Olá Maria Luisa, sempre viajo nos teus belos poemas, eles me levam muito longe.
Estou de volta, eu sempre volto para meus amigos, minha Nina, meu Amigo com A, poeta das imagens perpetuadas. Volto também para você minha Amiga poetisa. Beijo Malu!!!

:.tossan® disse...

Claro que pode! Você e sua poesia linda. Te envio na quartafeira, por que até lá estarei longe de casa. Bj

lobita disse...

Me ha gustado mucho. Yo tambien busco cosas, que, por mala suerte, nunca enconramos. Me alegra también que te apasionen los animales.
SALUDOS

vendedor de ilusão disse...

Olá, parabéns pelo blog; já o sigo. Convido-lhe visitar e seguir o meu.
http://vendedordeilusao.blogspot.com

Anónimo disse...

"Eu sou o Outono
Tu és a Primavera"...

Me parece ser uma alegoria à Primavera, extraordinariamente,
concebida que nos leva a acreditar
e a pensar...mas em minha opinião,
é a Primavera que é louvada.
Li e reli e é isso...

Belo como tu!

Anthos

David C. disse...

Muy bueno, expresa mucho amor.
Saludos
David

Pd: He escrito un cuento en mi blog, visitame cuando puedas.

Mar Arável disse...

Um dia será Primavera

até no coração das pedras

Daniel disse...

Deus está em todos os lugares palpáveis e não pálpáveis. Diria que principalmente nos não palpáveis, onde sua presença depende da nossa sensibilidade.

Todos possuímos, mas apenas alguns abrem as portas da percepção.

Daniel

Maria Luisa Adães disse...

Daniel

Deus está em todos nós,
não escolhe filhos Maiores e Menores.

Nós não nos abrimos a acreditar Nele.

É essa a nossa culpa e nos desculpamos da culpa
dizendo "Somos Humanos"...

Gostei de teu comments. Obrigada a ti e a todos quantos me têm visitado e não me têm esquecido.

Isto que escrevi é para ti e para todos.
Obrigada,

Mª. Luísa

João Costa Filho disse...

Querida amiga Maria Luísa, me comove tuas lembramças, e de já alguns anos de amizade e trocas de versos, coisas realmente valiosas, pra se guarda a sete chaves...

No outono ou no espelho
te procuro,
em todos os tempos
nas montanhas ou desertos
intermináves
como essa procura
de ti.

Lindos versos de encontros e desencontros, é assim a procura.
beijos
João Costa Filho

-Tempos, anseios e senhas
Tange o som ao longe
E versos agudos vergastam palavras
Que ferem e alumiam
Por verdades do eu
A musica viaja, e engole
Passados, muitos passados
E aos verbos e futuro
Diz saudades
.Escutando-me, na máquina do tempo,
Fui, vou, ou volto enes vezes
Nessas intermitências de emoções
Que me sufocam,e passeiam sob os acordes
De meu sistema
Que não controlo
E vagabundeiam sem destino
Nunca estou bastante triste,
E, ou, feliz
Saudoso ouço musicas de mim
E espio horizontes perdidos
Que ainda não decifro.
Não tenho a senha dos tempos
E no presente,
Estou, estou????
João Costa Filho

Thony Caro disse...

HOLA MARÍA LUISA: ES UN PLACER LEERTE Y DESEARTE UN MES DE LA MUJER CON TOS LOS SUEÑOS POR VENIR.-
UN GRAN BESO.-

Maithê de Oliveira ♦♠♥♣ e tantos detalhes... disse...

Maria... nos ventos vadios...
eu voei nas asas da tua poesia,
e depois ainda encantada eu desci
e pus meus pés na espuma branca do mar... e o ouvido a sonhar...
e tão calma foi esta procura, mesmo com desgaste de tempo e de coração...
a tua procura flutua, como nas asas de uma canção!

Ana Tapadas disse...

Lindo poema da eterna procura...

Beijinho




(mandei-lhe hoje um pequeno envelope)

Ana Martins disse...

Luísa, boa noite!
Um bonito poema que se enquadra muito bem na quaresma, quadra que vivemos agora.

Beijinho,
Ana Martins

La Gata Coqueta disse...



Paso a saludarte para hacerte participe del entusiasmo que me invade el corazón durante estos días. En la tierra que me ha visto nacer, crecer y desarrollarme como persona...¡¡Asturias!!

Cuando pasen las fiestas y regrese volveré a abrazar la calidez de las letras, para seguir derramando los sentimientos archivados en las arcas del pensamiento.

Te dejo…

El sabor de un viejo abrazo

y un beso sin rubor.

María del Carmen


delavega disse...

Bellisimo poema escrito con el alma en comunión con la rima .Cariños Diego delavega

Maria João Brito de Sousa disse...

Recordo-me perfeitamente deste teu poema da eterna procura. Sei que já o comentei num destes dias... não duvido disso.
Conforme tentei dizer-te no Prémios, embora gostando muito de receber comentários, também não tenho dúvidas de que não podemos, nem devemos, tentar associar a qualidade da poesia ao número de comentários recebidos. Apercebi-me disso logo nos primeiros tempos de publicação online.
Abraço grande, amiga.

Maria Luisa Adães disse...

João Costa Filho

Te conheço há imenso tempo
e nunca te esqueci e aos teus versos.

No Rio de Janeiro te pretendi encontrar, mas o tempo não sorriu
e eu estava doente.

Regressei a Sampa e hoje te encontro em Portugal e te reconheci
através de teus versos.

Volta sempre, amigo meu,

Maria luísa

Fred Caju disse...

Demais essa penúltima estrofe!

Ingrid disse...

passando para deixar-te um beijo de saudades..
um lindo final de semana.

Ana Tapadas disse...

Venho deixar o desejo de uma boa semana. Beijinho

Orvalho do céu disse...

OLÁ, querida Maria Luíza
Estive ausente pela Quaresma

Páscoa é:

"Coragem é a resistência ao medo,
domínio do medo,
e não a ausência do medo."
(Mark Twain )

SAIR DO PRÓPRIO TÚMULO

Jesus libertou-me... enviou-me anjos para me soltar das amarras que me prendiam...

Apóstolo Pedro: “precisamos dar razões que justifiquem a nossa Esperança” (1Ps 3,15).

FELIZ PÁSCOA PARA TODOS NÓS!!!
Abraços fraternos de paz

Fernanda disse...

Para "ti", amiga, trago um trago doce de amendoas em flor e votos de Páscoa muito Feliz.

Beijo

Lu Rosário disse...

Vejo em sua poesia uma profundidade, um sentimento além.

Beijos,

Lu Rosário disse...

Agora que me lembrei, você é amiga de João C. Filho..aquele sumido nas sombras.

Prazer conhece-la, viu? Gostei muito do seu comentário e gostei muito do seu espaço.

Beijos!

ARFERLANDIA disse...

Gostei ...deveras
Pelo caminho da estrada da VIDA
Procurar e encontrar. é uma constante
E ainda que nem sempre haja guarida
haverá sempre uma saída ou variante.

E neste seu modo próprio de dizer,
Desse caminho de encontro e espera
entre escolhos e do muito por fazer
O outono acabará por encontrar a Primavera.

Um abraço fraterno

ARFER

Santa Cruz disse...

Maria Luisa Como sempre mais um lindo Poema o meu muito obrigado pela tua oferta adorei ler as tuas poesias. achei mesmo lindas de mais.
Beijinhos
Santa Cruz

Toninhobira disse...

As vezes nos surpreendemos nesta procura amiga, este encontro que faz aconchego nos braços Dele.Bela construção na fé que ilumina.Bela semana de fé amiga.Meu carinhoso abraço de paz e luz.Desejo que esteja cada vez melhor.Beijo.

Lu Rosário disse...

Normalmente esqueço da possibilidade de seguir as pessoas, lembro-me depois..quando percebo que não tenho noticias dela e sinto saudades de visitá-la..rsrs.

Beijos e uma ótima semana!

Anónimo disse...

Te procuro sempre
em todas as nuances de minha vida,
pois tu és minha vida!

Poema brilhante!

Augusto

Sopro Vida Sem Margens disse...

Eis-me subindo os 7 degraus...

e deixando um sopro de vida*



p.s a adesão ao meu blogue encontra-se final da pagina. Seja muito bem vinda.