quinta-feira, 15 de março de 2012

Acredito...

Internet/ Salvador Dalí
Acredito em ti
Acredita na vida a passar
E entende o meu pesar.

Mas eu pouco mais te posso dar
Passou o tempo a contar.

Contou tua vida
Contou minha vida
E mandou aguardar.

Olho as nuvens a passar
Coloridas ou sem ser
Doridas e sem amar.

Linhas geométricas
Se concentram em mim

Olhares lânguidos e dolentes
Se fixam em mim

Criaturas sem lar
Olham para mim

Eu os deixo passar
Absorta nas nuvens e no luar.

A lua tem outras cores
A lua é colorida neste lugar

As estrelas são outras
Os astros clamam por mim

E eu sinto o deslumbrar
De uma vida a acabar.

Me dirijo a outros lugares
Onde penso encontrar a minha vida,
Eu que nunca percebi essa vida.

Entro nos labirintos das nuvens
E choro lágrimas...
Que vêm molhar a secura do olhar.

Aceita-me tal como sou
Com as incoerências do que digo.

Música de tempo e lágrimas
Se aproximam de mim

Fluída sem exigências
De Princípio e Fim.


Maria Luísa Adães

52 comentários:

El Gaucho Santillán disse...

"....Aceita-me tal como sou
Com as incoerências do que digo...."

O amor todo pode.

Bonito poema.

Um abraço

Maria Luisa Adães disse...

El Gaucho Santillán

Estavas aqui
Tão próximo de mim
Que eu te senti respirar...

Gracias,

Maria Luísa

Everson Russo disse...

Temos sim que acreditar na vida, em nós mesmos, nos sentimentos, nas paisagens em tudo que nos acalenta e nos inspira...beijos de linda tarde pra ti amiga.

Maria Luisa Adães disse...

Everson Russo

Também tu,
Estavas tão próximo de mim
Que te ouvi tocar e cantar!

Obrigada,

Maria Luísa

Rogério Pereira disse...

"Aceita-me tal como sou
Com as incoerências do que digo."

Maria Luisa Adães disse...

Rogério

Estavas aqui
muito próximo de mim.

Te saúdo, amigo...

Aceita-me tu também "tal como sou
com as incoerências do que digo"...

Maria Luísa

Agulheta disse...

Aceitar tal e qual é fundamental para amar,respirar e sentir!
Um beijinho

Maria Luisa Adães disse...

Agulheta

Benvinda a este blogs.

Mas é como dizes, só na aceitação
se encontra o amor.

Grata por tua presença,

Mª. Luísa

Eu... disse...

Como sempre...lindas poesias de tua autoria. Por mais que eu tente nunca serei tão expressiva como tu. Beijos minha querida amiga.

Brown Eyes disse...

Temos que nos aceitar e acreditar em nós. Mais um excelente poema. Beijinhos e bom fim de semana

Fernanda disse...

No amor a aceitação plena e incondicional é vital.

Beijinho, amiga poetisa.

jose maria criado lesmes disse...

Hola Maria Luisa , conozco toda la obra vida y milagros de Dali.
Un afectuso saludo

Maria João Brito de Sousa disse...

Acredito na vida a passar e penso entender o teu pesar, tal como penso que entendes o meu...
Hoje, amiga, não conseguiria poema nenhum. Talvez ainda sinta a necessidade de responder ao Poeta, nosso amigo comum, mas só o saberei quando ler os sonetilhos dele. Neste momento, não o conseguiria... mas senti as imagens no teu poema.
Quem percebe essa vida que está sempre um passo à nossa frente e para a qual nos dirigimos tão inevitavelmente?
Abraço grande!

pires disse...

de amizade serei
tu serás mais que ninguém
serás o sorriso atendido
e sempre alguém...

serás a sereia de um sonho sonhado
aquele de um desencontrado

tempo....


beijinho e uma bela noite pra vocês

Artes e escritas disse...

Um poema racional nas busca de deixar o sentimento pulsar, ainda que leve. Que bom te ler. Um abraço, Yayá.

Jesus te ama! disse...

LINDO E TRISTE !
"Entro nos labirintos das nuvens
E choro lágrimas...
Que vêm molhar a secura do olhar."

ÉS MUITO QUERIDA
ABRAÇO!!!

Vitor Chuva disse...

Olá, Maria Luisa!

Esta vida é percurso indeterminado, numa constante procura que só termina quando ele acabar.

Com beleza imensa, descreves aqui o teu, tentando ligar o passado com o futuro que está por chegar.
E que de tão bem escrito que está, fácil é substitui-lo por imagens.
Parabéns!

Beijinhos.
Vitor

Pires (jabeiteslp) disse...

é o Moto Clube da Covilhã
que tiverem o condão
de nos presentear com tal evento...

um bom fim de semana Luisa

Abedul disse...

Hola Maria Luisa gracias por tu visita, soy una fan incondicional de Mafalda !!!!! me gusta blog , las imagenes y lo que escribes es una delicia !!!! Un saludo cariñoso de Begoña

Anónimo disse...

Aceito!...e te felicito.

Belo poema!

MC

elvira carvalho disse...

E eu sinto o deslumbrar
de uma vida a acabar

Será amiga? Acredite que já vi várias acabarem a meu lar e só sinto tristeza, dor, saudade.

Um abraço e bom fim de semana

Maria Luisa Adães disse...

Elvira

Esse "deslumbrar" é metafórico.

Não se relaciona com morte...

Maria Luísa

Didi disse...

Obrigado e bemvida a Ada de Alkar.
AbraÇos de Luz.Bom fim de semana.

OZNA-OZNA disse...

gracias mil dulce y sensible poetisa por regalarnos la belleza de tus versos, muchos besinos con todo mi cariño y admiración y feliz fin de semana.

Mari@ disse...

Obrigada Maria Luísa, belo post!

Um ótimo fim de semana. bjs

AFRICA EM POESIA disse...

Maria Luisa

Gosto de subir calmamente os 7 degraus.

Obrigada pela visita
ontem foi uma noite linda
Sofrer sofremos mas...faz parte do jogo.
um beijinho e saudade..

☆•.¸.Mildred.¸.•☆ disse...

Poema lindo e triste!
E com bela ilustração muito bem a condizer!
Obrigada pela partilha, amiga:o)

***
Um abraço da França * Feliz fim de semana***

La Gata Coqueta disse...



Me he emocionado la ternura que se lee en cada párrafo poético...

Te deseo un intenso y placido fin de semana acunado por la armonía del descanso.

Me he paseado por el jardín del olvido y he reunido las flores más bellas que se han abierto a la luz de la esperanza para ti...

Un abrazo de azucenas
Un beso de azaleas
Esporas de amistad
Aromas de sentimientos

Cuidalas con esmero

María del Carmen



Maria Luisa Adães disse...

La Gata,

"Un abrazo de azucenas
Un beso de azaleas
Esporas de amistad
Aromas de sentimiento"

Acendo as luzes de meu jardim encantado, iluminado
E vou cuidalas con esmero.

Gracias,

Maria Luísa

Maria Luisa Adães disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Anónimo disse...

"Aceito-te tal como tu és
Com as incoerências do que dizes..."

E aceito o teu talento ao dizê-las

MC

Fred Caju disse...

Demais, Luisa! Cada verso é uma ameaça de paz.

akuanauta disse...

no sé si lo comprendí bien. ¿Hablas del duelo con la vida y con algún universo paralelo?

Amapola disse...

Boa tarde,querida amiga Maria Luisa.

Acreditar no amor é acreditar na vida. Isso é para os fortes!
E esses são amados do jeito que são, porque também sabem amar.

Parabéns!

Tenha um lindo fim de semana.
Beijos.

Maria Auxiliadora (Amapola)

Amapola disse...

Ontem eu estive aqui, mas não consegui comentar.

(Muito obrigada pela honra da sua visita, e pelo comentário).

Beijos.

Mona Lisa disse...

Olá Luísa

Não há amor sem cedência e partilha.

Belíssimo poema.

Parabéns!

Beijos.

Marilu disse...

Querida amiga, lindo poema, sentimento profundo, exposto. Tenha um lindo final de semana. Beijocas

Maria Luisa Adães disse...

Akuanauta

Eu não posso explicar o poema, mas
Ele poema -é aquilo que tu sentires

Obrigada por perguntares, mas a resposta é tua - não minha!

Mª. Luísa

Jêh Niz disse...

Que delícia de poema !

Eduardo disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Eduardo disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Eduardo disse...

Amig@s
Mi cuenta de Google ha desaparecido y con ella mis comentarios en los blogs. Supongo que reaparecerán en los próximos días.
Saludos.

Maria disse...

Minha amiga a vida a passar inexorávelmente por todos nós.
Sempre maravilhoso!
Bom restinho de domingo e uma excelente semana.
Beijinhos
Maria

akuanauta disse...

Tranquila lo sé de buena cepa que cada uno le da su rumbo a las historias y gracias a ti también por compartir igual el camino conmigo.

Livinha disse...

OLa Maria Luisa

Estou vindo do blog
da Lindalva, onde por lá
pude te prestigiar com tão
belo poema fruto de tua inspiração.
Como mais encantada ainda pelos versos aqui encontrado, repassos da tua alma sensível e liberta
em busca dos mistérios desta vida
e que na tua compreensão bem delineias...

Parabéns

Ficaria encantada e feliz que visitasse o Palavras e Poemas
http://livinha27.blogspot.com/

Seja bem vinda, me fará feliz,
algo muito parecido com teus escritos deixado na Lindalva...

Abraços

Livinha

La Gata Coqueta disse...



Los rododendros ya han florecido
coloreando de naciente primavera mi balcón
y mi corazón sé vestirá de hojas de alegría.

La alegría que este amanecer te envío
sobre el dorado crepúsculo de la poesía
para ser amonestado el silencio del vacío...

Mis retinas se detendrán
en la estación con más acuarelas
que han podido brotar
de la ágil paleta del pintor...

Un beso con sabor a inaugurada primavera

María del Carmen


Severa Cabral(escritora) disse...

Minha querida amiga!
Hoje venho vestida de blogueira para pedir e desejar felicidade prá vc,prá mim,prá nossos amigos que fazem esse mundo acontecer,virar,mexer,remexer o mundo do bloguista...
meu recadindo para seus típanos;vc é uma blogueira da qual tiro o chapéu por ser boa comentarista,com porte de boa amiga da qual aprendi a amar como aquela amiga que mora do outro lado da nossa rua,que temos o prazer de sentir sua energia.Continue assim,que continuarei te amando neste universo tão globolizado,ou melhor,tão nosso,kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
bjs meu docinho de côco!

Daniel Costa disse...

Maria Luisa

É sempre agradável ler os teus poemas, reler por vezes. o que é facto, de aprender nunca me canso. Aprecio deveras a tua poesia.
Beijos

MARILENE disse...

Somos tudo e nada. Assim nos apresentamos, na autenticidade que requer plena aceitação.
Seus versos são encantadores e os li na Isa, com prazer. Aplaudo seu estilo sensível e claro, de escrever. Parabéns!

Bjs.

Evanir disse...

Parabéns para nos que tanto carinho temos pelas nossas amizades
quantos vezes mesmo cansados procuramos de alguma forma acarinhar
nossos amigos(AS).
Na verdade ao longo do tempo fez nossa amizade crescer
hoje somos como irmãos .
Uma verdadeira nação de blogueiros unidos no amor.
Um beijo carinhoso pelo nosso dia.
Que muitos anos possamos comerar cada vez mais unido essa Dia.
Carinhos meus.Evanir..

Daniel disse...

Muito bom. Passaram-se diversas situações na minha cabeça enquanto lia. Por vezes feliz e por vezes triste.

Daniel

. intemporal . disse...

.

.

. acreditar . para que [nos] acreditem . e [nos] creditem da veracidade que também merecemos .

.

. um beijo meu .

.

.