segunda-feira, 13 de junho de 2011

Quatro Personagens ( I )

A peça em sete atos
No palco quatro personagens.

Um gato-branco
Uma gata-preta
Narrador e meu amor,
Criaturas humanas.

Sete notas musicais
Se diluem no espaço...

Que conteúdo estranho
A ser representado.

Narrador :

Olho os vários mundos
Os ventos sopram frios,
Reconheço o Infinito
As estrelas brilhando
Uma lua sorrindo
O luar descendo,
Iluminando.

Os personagens se movem
Tomam seu lugares.

Os Deuses se admiram
Abrem seus olhos
E escutam o canto
E todo o Universo
Se queda em silêncio.

E cada personagem
Elevada na noite imóvel
Ama,
Nos símbolos e enigmas.

Maria Luísa

26 comentários:

isa disse...

Finalmente consigo deixar um comentário.
Ñ desisto facilmente e fui premiada.
Gostei deste poema onde encontrei magia.
Beijo.
isa.

Maria Luisa Adães disse...

Sete poemas, contam uma história

de Sete Gatos, um narrador e seu
amor!

Diferente? Talvez não...

Só os personagens diferem,
mas o amor predomina e domina,

entre pessoas, animais,o Infinito
sublime e eterno e os personagens desse Infinito.

Me perdoem, mas resolvi misturar tudo, num processo Alquimico e de
Magia.

Obrigada,

Maria luísa Adães

Cuma Klik Dapet Duit! disse...

it's so funny......
good, i like it.....


visit my blog again in link here OK...
http://www.realitylapse.blogspot.com

jabeiteslp disse...

diria que um por de sol
por fundo seria...

feliz dia Luisa )~_~

Ingrid disse...

sob teu olhar e sentir aguçado sempre é a vida..
beijos querida e uma bela semana..

Fernanda disse...

Diferente sem dúvida, mas não menos maravilhosamente mágico.

Adorei, mesmo as fotos dos gatinhos.
Beijinho

vidaslife disse...

Bom dia querida, estava com alguns problemas na net, enfim estou de volta, repassei seus poemas, todos tão ricos de imagens e poesias. Belos muito belos. Diferentes e adoráveis. Beijinhos cairinhosos querida e uma linda semana para ti.

Imac by Artes disse...

Maria Luisa querida!
O Amor sempre predomina e nasceu para ser eterno e infinito(penso assim)
Seus versos encantam-me pela magia com que escreves.
Grande abraço! Uma semana abençoada e cheia de amor pra ti.

Um brasileiro disse...

oi. passeando pela blogosfera cheguei ate aqui. gostei. muito lindo. apareça por la. abraços.

Daniel disse...

Maria Luisa,

Enquanto lia sua postagem imaginava o filme Alice no país das maravilhas.

Serviu-me como uma trilha para o filme e o livro.

Achei bonito e psicodélico.

Daniel

Mona Lisa disse...

Olá Luísa

Uma forma encantadora e cheia de magia de "cantar" o amor!

Bjs.

M. disse...

Símbolos e enigmas são boas palavras para te explicar...Ou melhor. tentar:)


Olha que uma pessoas vicia-se na tua escrita...:)

La Gata Coqueta disse...


Que he regresado es evidente, y que traigo el baúl cargado de ilusiones para unos cuantos días también es un pensamiento acertado...

Pero siempre se queda otro deseo en espera, y es la tentación de pasar por este espacio para satisfacerme de las letras y su contenido, siendo dejadas como aportación de ideas y creando un puente de amistad entre los amig@s, permitiendo pleno derecho a los sentimientos...

Y eso me estaba esperando cada día recordándome que el tiempo es la madre del olvido, pero en esta ocasión se equivocaba, se equivocaba...

Brindo por estar un día más a tu lado!!

María del Carmen

Rosamari disse...

que bello, MªLuisa !!!!
te envío un fuerte abrazo, amiga mía

Nilson Barcelli disse...

Parece-me ser um poema diferente do que fazes habitualmente (não os li todos...).
Mas gostei imenso.
Destaco a criatividade do conteúdo.
Minha amiga Maria Luísa, desejo-te uma boa semana.
Beijos.

Isamar disse...

Tinha dificuldade em comentar mas agora com esta alteração tudo vai correr bem. Gosto muito do poema, lindíssimo,acompanhado de uma imagem muito, muito terna.

Bem-haja, amiga!

Beijinhos

Anónimo disse...

E aqui nos apresentas os gatos, os
donos e o Universo.

Diferente do que escreves, mas não se pode ser sempre igual...

Terno poema,

MC

pekenasutopias disse...

Só para te deixar o meu abraço pois já conheço o início desta pequena maravilha! :)

pekenasutopias disse...

Já o vi! Compreendo! :)
Abraço grande!

vitorchuvashortstories disse...

Olá, Maria Luísa!

A fazer lembrar o deslumbramento dos seres terrenos e pequeninos perante o universo infinito, aqui povoado por encantamentos e magia.

Um abraço.
Vitor

Anónimo disse...

Tu e a tua imaginação criativa.

Eu te entendo, te conheço, sou teu familiar.

Apesar das interrogações minhas, o
poema é muito bom e está muito bem escrito.

Espero a continuação.

Um beijo,

Anthos

Vieira Calado disse...

E eis porque postou

Salvador Dali!

Tem algo de surreal!

Bjsss

Graça Pereira disse...

Diferente mas, verdadeiramente bonito!
Há um concurso no meu blog...Gostaria que participasses, teria mais valor esta minha iniciativa!
Beijos
Graça

Graça Pereira disse...

Minha Querida Maria Luisa
Tu foste ao meu e-mail...Experimenta zambezianachuabo.blogspot.com
Acho que darás com a minha "palhota"...Beijos
Graça

Maria Luisa Adães disse...

Graça,

Vou tentar!...

Obrigada

Mª. luísa

Pepi disse...

Querida Maria Luísa,
Ficamos encantados com a sua poesia e obrigada também pela sua visitinha tão amiga e carinhosa
Mando muitos Ronrons para os seus bichinhos
Tenha um lindo final de semana
Com carinho de
Xixo e Pepi