segunda-feira, 27 de dezembro de 2010

Meia-Noite


Internet/ Salvador Dalí
 



É Meia-Noite
Hora de feitiços
E compromissos mentidos.

Eu sou a sombra
Da poesia morta!

O Novo Ano entra,
Vestido de Cerimónia
Fato preto, camisa branca, laço.

O Cristo se escondeu,
Não pode entrar no apogeu
De quem manda!

Lantejoulas reluzentes
  Luzes Ofuscantes                                                        
Músicas e cantos.

Meus olhos fixam seus olhos
E não me dizem nada!

A noite é quente
Nos salões repletos de gente,
Deusa da quimera.

Tudo fervilha,
Numa denúncia ao mundo!

Eu sou o ser enigmático
Na sombra obscura
Acompanhado da loucura!

Creio que este Novo Ano
É fantasia,
Igual aos outros Anos.

E a cerimónia de que se veste
É simbologia!

O mar reflecte a Luz
De multidões gritantes
Ao Infinito tão distante.

As nuvens correm, passam,
Se transformam em pedaços leves
Sem intento.

Eu estou presente,
Ausente,
Distante,

Mas longe, muito longe,
Do lugar dos indiferentes...

E traço a minha dança!

Maria Luísa  (Brasil)

25 comentários:

Eduardo gonçalves disse...

Olá. Minha querida amiga, Mari8a Luisa. Lamento profundam,ente, o que te aconteceu no avião, a caminho do Brasil. É uma maçada, espero que já estejas em franca recuperação.Olha minha amiga. Antes de mais nada, quero dar-te os parabéns, polo teu poema alusivo ao Natal e ano novo. È lindo e cheio de conteudo. também te quero dizer, que estou com muitas saudades tuas, e quero que saibas, que agora que estou sózinho, não dependo de ninguem, quando tu regressares do brasil, faço questão de te visitar, e aí podermos conversar um pouco. Sabes amiga, a minha ausencia, prende-se com várias coisas, mas a pior, é eu ter um sistema operativo novo, e não m,e entender com ele. Sabes que burro velho, não aprende latim. se não me podesres responder, porque não tens computador, não te preocupes, amiga, basta que me digas como vão as tuas melhoras. E quando tu vieres temos tempo de falar. vi que continuas a escrever, e cada xd com mais categoria és como o vinho do Porto. parabéns por isso. és uma querida. um beijinho dedesejos que o teu Natal tenha sido bom, e que o novo ano, também o seja, quando não haja mais nada, só quetenhas: Saude, alegria, paz e muito amor, já é muito bom. um beijinho deste amigo que embora pareça que te esquece, mas não é verdade de todo.

Fernanda disse...

Amiga Luísa!

Lamento de está com algum problema.
Tomei conhecimento pelo comentário anterior, desculpe mas não resisti à sua leitura.

Dos seus poemas que dizer?
Maravilhosos sempre, embora aqui se sinta uma enorme desilusão com a vida.

Amiga, deixo-lhe votos de Um Ano Novo melhor...

Beijinhos

Maria Luisa Adães disse...

Eduardo

Obrigada por escreveres na "Meia-Noite" hora dos feitiços e por te
encontrares liberto, coisa que teve de acontecer...

Desejo-te saúde e Um Bom Ano e
melhores perspectivas do que aquelas que visiono, no meu poema.

Com amizade,

Maria Luísa

Um

Maria Luisa Adães disse...

Fernanda

Não estou com problemas, mas sigo e escrevo os problemas do mundo,
daí a sensação de que sou eu, a
vitima desse mesmo mundo

Com alegria a encontrei! Fique bem,
mas o tal mundo que se confunde comigo, é na verdade, o nosso mundo!O meu e o seu!

Um Novo Ano melhor para todos e
para si,
Um abraço e obrigada

Maria Luísa

Gladys disse...

Un poema muy nostalgico amiga no parese que estes muy animada tu poema es triste.
Besos amiga que estés bien que tengas un feliz fin de año y un mejor prinsipio del que biene.

Marilu disse...

Mais um ano está chegando ao fim, e na beleza das noites iluminadas, os sonhos de muitos corações se preparam para a viagem à procura de suas realizações, que ocorrerá durante todo o ano vindouro.
A mesma ocorreu no ano que por hora se finda.
Sonhos saíram, alguns já voltaram sorrindo e outros, de mãos vazias, aguardam a chegada do novo ano, para seguir numa nova busca
E quando a meia-noite trouxer o Novo Ano para o mundo e os fogos de artifício anunciarem a sua chegada, nossos sonhos sairão por aí...
Que Deus tome a frente e que nas noites sem luar, as estrelas brilhem mais forte, iluminando o longo caminho.
Que no próximo ano possamos continuar a ser amigos e esperarmos juntos a chegada dos nossos sonhos que partiram, comemorando com imensas taças de amizade verdadeira a vinda e a realização de cada um.
FELIZ ANO NOVO.....FELIZ 2011

Beijocas

miguxa disse...

Maria Luísa,

Adorei a "Meia-Noite" - a tua é claro!!!
Desejo-te um 2011, pleno de saúde, alegria, paz e amor.

Tua Amiga do coração
Margarida

Amor feito Poesia disse...

Ao passar por um jardim
Lembrem-se do silêncio das rosas
Suas lágrimas são as gotículas de orvalhos
E seus perfumes são para abençoar e proteger você.

Que as rosas perfumem sempre a sua vida...

Débora Neves

Beijo-te a alma e o coração! M@ria

MC disse...

A tua "Meia-Noite"
me deixa triste, mas sei que ela traduz os grandes males do mundo,
inclusive onde te encontras.

Maria Luísa encontrei no sapo o teu novo Livro "A Maré e a Bruma"
a saír em 2011

Possa o livro ter uma felicidade maior, do que o Poeta...

Feliz Ano,

MC

Anónimo disse...

Bom Ano e parabéns por seres quem és - igual ou parecida - talvez parecida a todos nós...

Possa Deus ajudar-nos!

Gostei da tua "Meia-Noite", mas
gostaria que existisse mais esperança...

Um abraço de todos para todos.

Anthos

Mgomes - Santa Cruz disse...

Maria: Espero que estejas bem de suade. adorei o teu poema. Desejo-te um feliz ano novo e que o mesmo traga tudo de bom para ti e familia.
Beijos
Santa Cruz

pekenasutopias disse...

Uma meia noite muito misteriosa, esta! :)Uma meia noite em que estás "presente/ausente/distante//mas longe/muito longe//do lugar dos indiferentes"... a minha vai ser passada em casa, claro. Muito provavelmente a passear o Kico, numa cumplicidade genuína.
Gostei!
Sobre o livro, deixei comment no teu outro blog.
Abraço grande e espero ainda te ver antes de 2011!

Daniel Silva (Lobinho) disse...

Existe um crescendo de beleza e intensidade, terminando sempre numa estranha doçura.

São sempre sublimes estes pedaços de poesia polvilhados de realismo sem se deter na fealdade.

Entretanto, tegisto o aparecimento de um livro em fevereiro proximo e antecipadamente deixo os meus parabéns :)

Votos de um Feliz Ano Novo.

Beijinho

Luis disse...

Minha Boa Amiga Maria Luísa,
Belo poema sobre o Natal e Ano Novo!
Pena é que só haja um Natal por ano pois o ideal seria que todos os dias fossem Natal!
Desejo-lhe Boas Festas e um Ano de 2011 melhor para todos.
Um beijinho amigo.

poetaeusou . . . disse...

*
amiga
adorei o poema !
,
que as vagas de 2011,
te tragam um mar de saúde e
marés de coisas boas (se possível)
,
conchinhas de amizade,
,
*

jabeiteslp@sapo.pt disse...

uma grande passagem de ano
feliz
de sorriso assim
daqueles sem fim...

que o mais puro sonho
seja...

beijinhos*_*

Lilá(s) disse...

Passando para desejar um Feliz 2011,com muita Saúde,Paz e Amor.
Beijinhos

Colecionadora de Silêncios disse...

Olá, Maria Luísa.

Lindo poema!

Apesar da melancolía desses dias de Festa, quero desejar a vc um ano maravilhoso, cheio de paz e alegria. Que seja um ano de muitas realizações e conquistas!

Grande abraço! :)

A.S. disse...

É uma delicia ler-te!!!

Feliz 2011...!!!

Beijo!
AL

akitoueu disse...

E por aqui me quedo, esperançado que o 2011 te traga de volta o que deixaste fugir neste velho ano que se esfumaça no tempo.

Beijos

Imagem e Poesia disse...

Olá, querida amiga!
Estou de volta e revendo os amigos.
O teu poema é mais um jóia rara.
Sabes transmitir perfeitamente sentimentos e realidades, com a tua arte.
Que o teu ano de 2011 seja repleto somente do que é de melhor, com bastante saúde.
Beijinhos e fica feliz.
Ceiça

rosa-branca disse...

Querida amiga, passei para lhe desejar um feliz 2011 com muita saúde, paz e muito amor. Beijos com carinho

jabeiteslp disse...

Bom e maravilhoso ano 2011

beijinhos Luisa~_~

Anónimo disse...

feliz 2011 maria luisa

tudod e bom neste ano que ai vem de contençoes

muita força e alegria,saude e paz no mundo

bjinhos meus e de minha filha para ti

luadoceu

Amor feito Poesia disse...

"....Cuidado com os olhares de quem não sabe te amar...
eles costumam lhe fazer esquecer que você vale a pena... "

(Fábio de Melo)

Feliz Semana e Beijos meus! M@ria