quarta-feira, 17 de fevereiro de 2010

SER POETA








Ser Poeta,
É subir
Planar
Voar
Esquecer
Lembrar.

Ser poeta,

É acolher todos
Quantos amam
Sua poesia
E agradecer.

Ser poeta,

É um dom adquirido
Quando nasce
E a leva consigo
Quando morre.

Ser poeta,

É voar às Estrelas
Trazer uma delas
E com ela,
Abrilhantar o mundo
E dar amizade
Utopia, amor
Magia, esplendor
Alegria
E tristeza também.

Ser poeta,

É ser árvore,
É ser estrada,
É ser sonho,
É ser Tudo,
É ser Nada.

Ser poeta,

É ser amor,
É subir escadas,
É cantar aos deserdados
Aos abandonados

É ser esquecido
Vilipendiado
Espezinhado,
Mal entendido.

Ser poeta,

É ser humilde,
É ser mais Alto
É dar os sonhos
Que volteiam
À sua volta.

E aguardar
Que Deus o mande
Ajoelhar um dia...

Para o abençoar.

Ser poeta,
É ser o Tudo
E o Nada.

E não saber
Não lembrar,
Sonhar e esquecer
O Sonho.

Somos todos de Cristal ao Vento!...

Maria Luísa O. M. Adães

8 comentários:

MC disse...

Ser poeta é tudo isso que diz.

É ser escolhido sim
É ser esquecido,

numa época como a que estamos a viver. A congratulo e ao seu dizer.

MC

Anónimo disse...

Ser Poeta

É ser mais Alto!

Digam o que quiserem,

mas é uma verdade!

Gostei do que li!

Antos

Brown Eyes disse...

Ser poeta é ser eterno, conseguir fazer brilhar as palavras, juntando-as numa melodia eterna. Um beijinho M.Luisa. Espero que estejas bem.

Maria Luisa Adães disse...

Brown eyes

Obrigada por tuas visitas, sempre
esperadas, sempre amadas.

Ser Poeta é tudo quanto dizes
a juntar ao que digo.

Aos poucos e lentamente, estou a regressar.

Grata e feliz por te encontrar.

Beijos,

M. Luísa

Isa disse...

Aqui estou,a ler-te com prazer,a gostar e a acompanhar-te!
Sou poeta...mas ñ escrevo versos!
Ñ sou Poeta! Tenho,quem sabe,alma de poeta.
Acho q. sim.
Beijo.
isa.

Maria Luisa Adães disse...

Isa

Obrigada por me acompanhares.

Há muito tempo eu dizia:

"ser poeta não é apenas, o que escreve poesia, mas também aquele
que a sente, vibra com Ela e a entende."

Nesse tempo distante eu só escrevia
prosa, mas adorava, entendia, amava e dizia, em pequenas festas, Poesia.

Hoje eu escrevo, mas a opinião que tinha, predomina em mim.

Então, tu és poeta!

Beijos e obrigada,

M. Luísa

tossan disse...

Ser poeta é escrever tão bonito, simples e profundo como você. Beijo

Maria Luisa Adães disse...

Tossan

Veja, se possível, meu blogs:

http://prosa-poetica.blogs.sapo.pt

Neste blogs eu escrevo a minha verdadeira poesia.

No google escrevo muito pouco.

O Sapo responde muito bem ao que
escrevo;

o goggle vai respondendo...

Agradeço seu comentário muito gentil.
Gostava de ter sua foto de várias cores, difusa, secreta, nos meus
seguidores.
Fica ao seu critério.

Com simpatia, Mª. Luísa