domingo, 25 de setembro de 2016

CASA VAZIA

                                        
Maria Lais Fett/ Rio Grande do Sul/Brasil
Uma casa vazia   

meia porta aberta
uma pequena janela
deixa entrar um raio de sol

O chão quase desenha uma figura
das ameias de um castelo encantado
apenas meu sentir e minha mente
podem predominar
e ouvir palavras
de pessoas conversando
sem estar falando
de pessoas escrevendo
e não vão ser lidas
Nem cantadas

Ou já é tarde para mim
que fui gente
ao lado de gente
que me ensinou
A ser gente

E sou sombra
Silêncio e Nada!...



Maria Luísa Adães


Visualizações :    1o90

18 comentários:

Carmen Lúcia.Prazer de Escrever disse...

Maria Luisa,me encanto com suas palavras tão delicadas em cada verso que faz.
Adorei ler.
Bjs e obrigada pelas palavras que sempre deixa lá no Facebook.
Carmen Lúcia.

✿ chica disse...

Intensidade, profundidade e muita beleza em tua poesia! Adorei! bjs, linda semana,chica

Cidália Ferreira disse...

Maravilhoso poema.

Beijo e uma excelente semana
http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

Graça Pires disse...

Que o raio de sol que entra pela pequena janela ilumine a sua vida.
Uma boa semana.
Beijos.

Guaraciaba Perides disse...

Belíssimo poema onde o tempo flui com uma realidade mágica e tudo pode ser...
um abraço

emanuel moura disse...

Magnifico poema querida amiga ,luz ,vida e esperança ,muitos beijinhos felicidades.

marga bren disse...

Otro de tus poemas que adoré.
Abrazos para ti ♥

Manuel Luis disse...

Faz-me lembrar daquele casal idóneo que me convidou a entrar numa cozinha minúscula, eram horas do almoço e pude partilhar dum pedaço de pão e de duas sardinhas para tres pessoas. Brindamos na rua porque a cozinha tinha um pé direito demasiado baixo, tivemos conversas sem fim. São pequenos momentos poéticos também.
Bjs

Jaime Portela disse...

Gostei muito do teu poema.
É excelente.
Maria Luísa, tem um bom resto de semana.
Beijo.

PS: já há muito tempo que aqui não vinha... perdemo-nos algures no tempo... mas gostei de voltar.

Franziska disse...

Es extraordinaria la mentre que es capaz de atravesar paredes, imaginar todo un ambiente poblado de seres que están todavía asidos a sus humanas necesidades y me resulta estremecedor ese final en el que la casa saca sus conclusiones de soledad y dice que se siente nada.

Me ha resultado muy grato volver a leer tus versos y me alegra que vuelvas a hacernos el regalo de tus sentimientos y de tu fantasía creadora.

Un fuerte abrazo. Franziska

Maria Rodrigues disse...

Tem dias em que nos sentimos assim, "sombra, silêncio e nada".
Nostálgico e divinalmente belo.
Beijinhos
Maria

Roselia Bezerra disse...

Boa noite, querida Maria Luísa!
Somos apenas pó... como viemos, vamos...
Seu poema é lindo demais! Usa palavras todas perfeitas em seus versos...
Bjm muito fraterno

SILO LÍRICO - Poemas, Contos, Crônicas e Outras disse...

Entrei pela meia porta
Da sua casa, Maria
E qual não foi minha alegria
Em ver o que a alma conforta.

Escrita por linha torta,
Encontrei a poesia
Mais bonita que existia
Na vida, que não é morta.

O seu poema é um castelo
Com linhas em paralelo
Descrevendo só beleza.

Se eu fosse em busca do belo,
Não acharia no prelo
Este soneto à mesa.

Parabéns Maria! Meu abraço fraterno.
Laerte (Silo)

Jaime Portela disse...

Gostei de reler o teu magnífico poema.
Mas fico à espera de mais...
Maria Luísa, tem uma semana feliz.
Beijo.

Maria Rodrigues disse...

Maria Luisa passei para deixar um abraço.
Maria

Franziska disse...

Pasaba a comunicarte que acabo de abrir un nuevo blog que nace con el proyecto de dar a conocer todo o parte de mi trabajo poético de los últimos quince años. El blog tiene la siguiente dirección:

http://franciscagarciamenendez.blogspot.com

y la página se abre bajo el título "el canto del raitán"

me encantaría recibir tu visita y comentarios. Un abrazo. Franziska

MEU DOCE AMOR disse...

Olá:

Adorei a imagem.A vida pode ser escura, mas há sempre uma luz...

Beijinho doce

Franziska disse...

Acabo de leer que tienes problemas para entrar en mi nuevo blog. He venido a buscar el link de tu blog. que todavía no había incluído a todos mis amigos. Espero que sirva de ayuda. No me he preocupado porque tengo tu link en todos los blogs que publico. Ya me dirás. Gracias. Un abrazo.