quinta-feira, 25 de julho de 2013

Girassol II

Que nada possa alterar
A quietude das palavras      

E a beleza de viver

E escolho o caminho
Nada foi escrito
Apenas eu escolho meu final.

Sou a Deusa ou a Culpa
Do que aconteceu em mim.

Quando a poesia morrer
A natureza se revolta
E os campos e jardins
Deixam de ter flor
Tudo fica deserto à nossa volta

Crepúsculo
Letras
Pensamentos
Sentimentos
Que importam
No valor real do poeta?

Apenas Girassol sorri
E fica comigo
Preso ao Espaço
Permanente e constante

E eu pago em palavras
Em magia
Em verdade
Em loucura
E fico contigo
E giro contigo
Procurando o Sol.

E sou como tu
À Luz da Partida.

Maria Luísa

Visualizações : 153

15/7/2014



38 comentários:

Gracita disse...

Oi Maria Luisa
A emoção de poetizar nunca abandona uma poetisa com a tua expressividade. Nas pétalas douradas do girassol o doce encanto dos mágicos versos.
Você escritora é a artista que interpreta a vida através da arte. É quem borda com caligrafia dourada a emoção encadeada em cada verso, em cada palavra. Parabéns escritora pelo teu dia!
Beijos com carinho
Gracita

Maria Luisa Adães disse...

Obrigada por se lembrar de mim!

Abraço,

Maria Luísa

Anónimo disse...

Olá meu amor

Parabéns

Hoje é o teu dia e poucos sabem disso.

Não sofras
Chega de sofrimento!

Lindos teus versos!

Augusto

CHARO disse...

Paso por aquí para dejarte mi saludo más cordial.Besicos

Maria Luisa Adães disse...

Charo

Sempre me lembro de ti!Agradeço,

Maria Luísa

Beites disse...


E quando o sol brilha
Seja que girassol
Ilumina...

Feliz tarde e boas cores Luisa ~_*

cuidado com os escaldões

Ricardo- águialivre disse...

Boa tarde

Lindo, brilhante, fantástico

Adorei ler

Fique feliz
*********************
http://pensamentosedevaneiosdoaguialivre.blogspot.pt/

Evanir disse...

Amada Maria Luisa.
Hoje foi feito uma postagem alusiva a seu dia amiga querida.
E a vida de muitos como você escritora de obras belíssimas ,
que só tive privilégio em ler e conhecer porque tão carinhosamente me enviou 2 dos seus livros.
Em breve voltarei a postar novo poema seu minha amada.
Aqui tem andado um frio violento como se fosse um seculo atras .
Estou sentindo muito mais dores com o frio .
Amada te agradeço por estar sempre presente na minha vida e no coração.
Hoje vi seu agradecimento num blog de uma grande amiga fiquei feliz por ver , que esta conseguindo superação .
Um abraço carinhoso sua amiga sempre.
Evanir..

Mary Brown disse...

Maria Luísa pelo que li depreendi que fazes anos e sendo assim mando-te um beijinho e desejo de que faças muitos e tenhas dias muito felizes. Beijinhos

Mari-Pi-R disse...

Me gusta tal como empiezas que nada puede cambiar en el silencio de las palabras y la belleza de la vida, así es, un abrazo

emanuel disse...

Sempre maravilhosa muitos parabéns por este dia tao especial ,continue escrevendo momentos perfeitos como este que o girassol continue sorrindo ,muitos beijinhos

Orvalho do Céu disse...

Olá, querida Maria Luíza
Parabéns pelo poema tão lindo!!!
Feliz noite do seu dia!!!
Bjm de paz e bem

Rogério Pereira disse...

"Que nada possa alterar
A quietude das palavras"

Pedro Coimbra disse...

Mais um momento muito bonito Maria Luísa.
BFDS!!

vitorchuvashortstories disse...

Olá, Maria Luisa!

Pelo que entendi, ontem foi teu dia de anos, e eu, com um dia de atraso, quero dar-te os parabéns.
E que continues escrevendo, sempre, para prazer de quem gosta de te ler.

Beijinhos amigos e bom fim de semana.
Vitor

Maria João Brito de Sousa disse...

Agrada-me muitíssimo a imagem final deste belo poema, onde ousas traçar caminhos, embora velados pela proximidade de um fim que, tal como na vida, se subentende a cada verso... ou a cada passo...

"E sou como tu
À Luz da Partida"
Vem coroar, de forma decidida, a generosa caminhada que foi este "Girassol II"


Um abraço grande, Maria Luísa!

heretico disse...

poema sob o signo solar - belo.

beijo

Rita Freitas disse...

A poesia não morrerá, não esta que é tão bela.

Bjs

Sonhadora (RosaMaria) disse...

Minha querida

O girassol é como o amor procurando um sol que lhe ilumine a vida.
sempre maravilhoso ler-te.

Um beijinho com carinho
Sonhadora

Evanir disse...

Vamos viver o hoje,
deixar o ontem e o amanhã,
vamos construir hoje a felicidade,
a paz, a harmonia, o amor,
vamos deixar hoje que brilhe a
luz que todos temos dentro de nós,
para que se o amanhã existir possamos colher seus frutos,
mas não esqueçamos que se houver amanhã,
esse amanhã deverá ser vivido como um hoje
e não como um ontem, nem como um amanhã.
Tarefa difícil esta, eu sei,
eu própria vivo dizendo a mim mesmo que o ontem já foi ,
e o amanhã ainda não chegou.
Que a Glória de Deus repouse sobre sua vida
Hoje e Sempre .
Que todas as promessas de Deus
sejam Vitória e Vida para você.
Que Deus faça prosperar tudo aquilo que
vier até tuas mãos, e que de uma semente
cresçam milhares de árvores frutíferas.
Que seu Domingo seja de amor e infinita paz.
Um abraço e beijos na sua alma sua amiga hoje e sempre.
Evanir.

Poetisa da Paz disse...

Olá Maria Luiza! Versos encantadores, nada poderá de ti o maravilhoso dom de , divinamente poetar!
Obrigada por seguir meus ble seguindo a qui tb.
Permita-me postar um texto seu em meu http://compartilhandopoesias.blogspot.com.br

Será um prazer imenso divugar seu
portento trabalho. Bjs e mimos minha flor!

Mar Arável disse...

... e já é tanto ...

Evanir disse...

Que , Deus esteja contigo iluminando
sua caminhada sempre com alegria de viver
sempre em paz e no amor.
Que , possa levar somente mensagem de esperança.
Que ,Deus de me a sabedoria para mudar as coisas que eu posso mudar,
paciência para aceitar as coisas ,
que eu não posso mudar e discernimento para saber a diferença,
Que , Deus seja sua fonte de água mais
pura.
Que ,Deus abençoe sua semana e a minha também.
Um beijo com meu eterno carinho,,Evanir.

vitorchuvashortstories disse...

Olá, Maria Luisa!

Venho agradecer-te o teu bonito comentário, que foi um prazer ler.
E desejar que essas nuvens carregadas no céu,já o vento as possa ter levado para bem longe...

Um abraço amigo; e fica bem.
Vitor

Evandro L. Mezadri disse...

Olá Maria!
Ótima poesia, sentimentos brilhantes mostrados com muita competência poética.
Grande abraço e sucesso!

Silenciosamente ouvindo... disse...

Amiga vim estar aqui um pouquinho
consigo. Gosto da sua foto.Desejo
que esteja bem.
Bj.
Irene Alves

Evanir disse...

Com muitas saudades depois de uma pequena ausência
estou voltando para agradecer seu carinho comigo
eu entendo ,que a amizade é eterna quando somos amigos de verdade.
Nessa ausência pude compriender o quanto
sua presença enche minha vida de esperança.
Esta sendo difícil passar por mais essa fase
da minha vida.
De sorte a minha fé é inabalavel por maior ,
que seja minha luta procuro ser cada dia mais forte.
Eu ainda não sei de onde vem minha força,
mais acredito , que vem do Alto Dos Céus.
Onde as estrelas e os anjos me cobre de paz e de luz
restaurando assim minha vida.
Com muito carinho deixei um premio na postagem
caso gostar leve por favor.
Deus abençoe seu final de semana.
com carinho e minha amizade pra sempre.
Beijos no coração e na sua alma.
Minha amiga querida estou com saudades .Que Deus abençoe sua vida hoje e sempre .

Marilu disse...

Querida amiga, lindo poema, sejamos felizes como o Girassol, sempre em busca do Sol para nossas vidas. Tenha um lindo e abençoado final de semana. Beijokas

Anónimo disse...

Sinto a tua falta e nada sei de ti!

Que se passa? O verão está estranho, como tudo neste País. Beijos,


M.C.

Anónimo disse...

Sabes, Maria Luísa?

Os verdadeiros poetas não são amados
nem seguidos, mas sim esquecidos...

Alguém te disse isso? Sei que não, mas é verdade!

Xavier

✿ chica disse...

Linda poesia e os girassóis encantam sempre, como tu e teus escritos. Não estás esquecida!

Eu estava em férias, por isso longe! beijos,chica e tudo de bom!

Anónimo disse...

Anónimo disse...
Dorli 17 de julho de 2013 15:17
OI amigo,
Faça um retrospecto na sua vida, deve ter sido um homem bonito e agora gritando:
Tô velho Dorli. Eu também estou, só que cuido da minha aparência,
tomos meus remedinhos, saio, vou viajar.
Ficar encucado que o mundo deveria ser do jeito que você sonhou é uma doença utópica.
Saia dessa e vá viver...Pelo ao menos coloque a cabeça na janela para ver o alvorecer e o pôr do sol,
o sol está presente e vem uma chuvinha fina, pegue um pouquinho e se benze com a natureza. Dê vivas ao arco-
íris que veio lhe dar boa tarde.
Viva os momentos únicos, pequenos detalhes que nos fazem felizes.
Um beijo no coração
Lua Singular

quinta-feira, 18 de julho de 2013
Oi Dorli,
Acredito que seja "já" o suficiente para uma resposta definitiva,
pois já fiz de tudo para contemporizar quaisquer "desavenças";
mas quando "leio" um comentário teu: que me faz ciente fazer um "retrospecto"
da minha vida: que devo ter sido um homem bonito (mas nunca fui, nem serei: Narcíso),
e que agora estou gritando, e que agora grito por estar velho:
e que no Mundo devo tomar "meus "remedinhos": e que saia para viajar como tu tão bem fazes: e não ficar
"encantado" com o Mundo que eu acredito que deveria ser não assim como penso:
mas sim: de "outro jeito": e não Utópico, como eu penso: e que eu saia "dessa" pra viver:
por que não há sentidos: e que pelo menos ponha a minha cabeça na janela para ver qual Sol nascer:
e que me delicie com a "chuvinha" fina que caia: e que pegue "um pouquinho" e se "benza" com a Natureza:
e que dê vivas a qual "Arco-íris" que veio dar-me "Boa Tarde: ou então senão de dia, ele dizer-me: "Boa Noite"...
Posto que seja necessário que eu viva "estes momentos" únicos que me restam": esses "pequenos detalhes"
que possam me fazerem "Felizes": com um beijo no "meu coração"...
Para não dar-me na Face, pois se na Face... É da Morte.
Não há mais a necessidade de "sua supervisão" em meu Blogger:
enquanto não possa admitir que sou...
"O Poeta sem Sonhos" ou; "O Poeta dos Sonhos "Contra Alísios".
Obsequiosamente dispenso quaisquer comentários de sua parte.
Dr. Ademar Raimundo de Barros - CRM 496/RO...
Para Indentificação do STJ e Ministério Público Fedral... Ok!
Postado por Anônimos da Poesia e da Arte às 05:51
http://anonimosdapoesia.blogspot.com.br

Anónimo disse...

Tanto gostava de te conhecer!

X

FG disse...

Al igual que estos bellos girasoles, la vida gira y nosotros con ella, porque vamos caminando día tras día para hacer nuestro camino.

Un placer llegar hasta tu blog, me quedo!!

Besos!

Elisa T. Campos disse...

Maria Luisa

Nada como a beleza do girassol para te inspirar mais um lindo poema e de grande magnetude.

Beijos.

Ingrid disse...

luz e amar..
belíssimo querida..
beijos sempre.

Sensibilidade a navegar com poesias disse...

Parabéns pelo belo Blog, seu espaço com suas poesias é lindo...parabéns

Toninho disse...

E no giro dos girassóis embalamos todas nossas emoções que anseiam pelo calor, pela afetividade, que nos faça crer e renovar as esperanças, quando os versos cismam em nos abandonar. E num outro giro o encontro do Sol e uma avalanche vem nos mostrar que viver ainda vale a pena. Profunda e bela poesia,como os campos dos girassóis que inspiraram Van Gogh.
Muito bom ler você e peço desculpas se as vezes demoro, mas esquecer,saiba que me é impossível.
Fique bem, faça poesia.
Um carinhoso abraço sempre.