domingo, 23 de junho de 2013

SERÁ?

Será que amei e deixei de amar                 
http://miscariciasdelalma.blogspot.com

Será que te encontrei e tenho de deixar

Será que sou um poeta que cantou
E deixou de cantar
          
Será que é assim
Será o meu fim ao último amor

Será que não cantei
E pensei ter cantado

Será que não escrevi
E pensei ter escrito

Será que não sei
Que cheguei ao final

E vou esquecer
E vou deixar de escrever
E vou deixar de amar
E vou deixar de cantar
E vou deixar de pensar

Será este o último caminho
Ou ainda a continuação
Dos muitos caminhos

Ou aquele caminho
Que me vai tirar este caminho

E entrar num outro caminho
Assim de forma vertiginosa
E tenho de te dizer Adeus

E as últimas palavras
E meu último olhar
Onde vai ficar
Se não tenho a projeção do amor?

Me perdi
E quero voltar!


Maria Luísa


Visualizações :  128

55 comentários:

JP disse...

Um belíssimo poema sobre o caminho que não se deve deixar de percorrer...

E há sempre mais que um caminho!


beijinho

Maria Luisa Adães disse...

JP

Agradeço sua presença e suas palavras,

Maria Luisa

isa disse...

Saudades de ler seus Poemas.
Não vai deixar de escrever e muito menos de Amar.
Escrever é, desde logo, um ato de Amor.
Beijo.
isa.

Ricardo/águia_livre disse...

Poema muito bonito. Nunca se deve desistir dos nossos sonhos.
Gostei de ler.

Feliz Domingo.

Observador disse...

Um caminho de dúvida onde a certeza não pode desistir.

Um abraço, Maria Luísa.

BESANA.(Isabel/María) disse...

Será que sou um poeta que cantou E deixou de cantar........precioso !
Un abrazo
Isabel

Mona Lisa disse...

Magnífico poema onde senti as incertezas da vida!


Beijinhos.

Mari-Pi-R disse...

Dejar que te amen y te sentirás bien con el amor.
Feliz San Juan

✿ chica disse...

Muito lindo e sempre há como voltar! beijos,tudo de bom,chica

Artes e escritas disse...

Belíssimo esse seu poema, porque nenhum de nós pode creditar a si mesmo o fim da possibilidade de amar. Um abraço, Yayá.

lidialaescriba disse...

será!!! siempre! será...precioso poema!
un abrazo
lidia-la escriba



www,nuncajamashablamos.blogspot.com.ar

Bruno disse...

Olá Maria Luisa
Que bonito poema! Não podemos deixar que nossos sonhos se percam nas estradas da vida. Perseverar para concretizá-los.
Um abraço

Evanir disse...

Amada Amiga.
Feliz de ver esse lindo poema com certeza Deus te deu um dom divino.
Estava com muitas saudades de ler , e para minha surpresa encontro um novo poema.
Logo estará no meu blog com todo carinho .
Amada agradeço as lindas palavras deixadas no comentário .
Eu apenas amo sem distinção esse é o segredo de eu sofrer muito por amar demais.
Uma linda semana amiga amada beijos e todo meu carinho..Evanir.

Mar Arável disse...

Por vezes é bom perder-nos

para nos encontrar-nos

Reflexos Espelhando Espalhando Amig disse...

Seu poema lembra letra de canção.
Lindos versos.
Otimas indagações.
Boa semana.
Bjs
Catiaho Alc./Reflexo dAlma
http://reflexosespelhandoespalhandoamigos.blogspot.com.br/

Pedro Coimbra disse...

Pois é Maria Luisa, você é mesmo uma poeta.
E que escrevem belos poemas.
Passo a seguir o seu blogue.

Anónimo disse...

E como amiga que sou
aqui estou,
a usufruir de suas palavras escritas com maestria e amor!

Beijo,

M.C.

Pepi,Xixo,Juja,Jujuba disse...

Querida amiga Maria Luisa,
É sempre um prazer receber a sua amável visita
Desejamos uma linda e colorida semana
Beijinhos afetuosos de
Verena e Bichinhos

Jerónimo disse...

Quien pretenda amarte debe amar también a tus sueños.

Gracias por tu visita a mi blog "Paisajes que retornan".

Saludos muy cordiales.

Maria Luisa Adães disse...

Jeronimo

Meus sonhos são muito complexos, amigo.

Gracias por sua amizade,

Maria luísa

Rita Freitas disse...

Pois, a vida é feita do ser ou não ser, mas penso que nada faz o poeta deixar de cantar.
Bonito.

Bjs

Magda disse...

Olá Maria Luisa!
Belo poema! Nossa vida é repleta de incertezas, por isso, temos que acreditar em nossa intuição para trilharmos alguns caminhos.
Beijos e uma semana iluminada!

Marina-Emer disse...

muy bonitos tus versos
te deseo feliz semana con gran afecto.besossssssssssssssss
Marina

Lu Rosário disse...

Lembrei de uma canção de Chico Buarque..

.. "Será, que será?
O que não tem certeza nem nunca terá
O que não tem conserto nem nunca terá
O que não tem tamanho..."

Beijos!

Marli Terezinha Andrucho Boldori disse...

Querida Maria Luisa, é um prazer visitar seu espaço com tanto brilho e palavras que nos deixam mais sensíveis.Seu poema, realmente nos faz pensar na vida, nas perdas e nos progressos individuais enquanto sonhamos e almejamos muito mais....
Grande abraço a você competente escritora. Quero ainda comprar algumas obras de sua autoria para conhecer mais de você. Grande abraço!

Sonhadora (RosaMaria) disse...

Minha querida

Voltando (ainda devagar), mas com muitas saudades e agradecendo o carinho deixado durante a minha ausência.


Um beijinho com carinho
Sonhadora

Orvalho do Céu disse...

Olá, querida
O bonito é que, depois dos seus questionamentos, vc foi inteligente e quis retroceder para tomar um rumo melhor!!!
Lindo poema de incentivo e positividade!!!
Seja abençoada e feliz!!!
Bjm de paz e bem

Evanir disse...

Querida Amiga.
Com imensa saudades venho te deixar meu eterno carinho .
Sua ausência realmente estou sentido
amiga.
Quando puder me manda um email para eu saber como esta espero , que possas vir logo para o Brasil embora a bagunça aqui esta muito grande.
Como moro num lugar onde tem porto a coisa esta feia amiga.
Eu nunca vi o Brasil numa situação dessa pra mim assustadora .
Linda noite amada beijos,Evanir.

Evanir disse...

Amada vi que a Rosa esta de volta muito bom saber amada.
Fica com Deus.

Maria Luisa Adães disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Mara Azul disse...

Se pierde y se gana. Nunca se puede decir que es el último amor. No se sabe, el amor nos sorprende aunque no queramos.

No hay que dejar nada, hay que dejar fluir, dejar hacer a la vida.

Me ha gustado mucho, es muy sentido lo que dices.

Un beso enorme.

vitorchuvashortstories disse...

Olá, Maria Luisa!

Sem ter ressuscitado... estou de volta.
Este meu joelho cá vai melhorando, devagarinho, e também a disposição para aqui voltar e matar a saudade dos amigos.

O meu obrigado pelas palavras amigas, que só agora agradeço - e que espero ainda a tempo…

Um mundo de interrogações neste poema; com muitas dúvidas, e também certezas: a de há ainda muito caminho para andar, e muito poema para escrever.

Beijinhos amigos, e um bom fim de semana.
Vitor

Poeta zarolho disse...

Um dia tudo será, mas em cada dia há que lutar.

Maria Luisa Adães disse...

Olá poeta amigo,

Gostei de o encontrar
e das palavras que trouxe consigo
a este lugar...

Maria Luísa

Patrícia Pinna disse...

Bom dia, Maria Luisa. Um poema belíssimo, repleto de emoções, que nos envolvem, nos fazem questionar sobre a possibilidade de um fim.
Tudo é cíclico, até o sentimento de amor!
Beijos na alma e parabéns pelo teu espaço!
Tudo de bom!

vieira calado disse...

Boa noite, amiga Maria Luísa!
Passei para inteirar.me das novidades.
Desejo.lhe um óptimo fim de semana!
Bjsss

Maria Luisa Adães disse...

Vieira Calado

Foi uma honra o encontrar
por este lugar.

Quanto às novidades, ficam para mais tarde...

Um abraço e obrigada,

Maria Luísa

Irmãos de luz disse...

Olá irmã!
Tem razão, ler sem contar as vezes e encontra-se sempre algo mais.
Acima de tudo o que tento mostrar no Blog..:
Caridade;liberdade religiosa e instrução, destas 3 a primeira é a mais importante..[meu ponto de vista]
: )
Paz na alma.

Anónimo disse...

E a bruma desce
E eu penso em ti
tão longe de mim!

e não te conheço
e mais,
não te esqueço
sem te conhecer
não te esqueço.

E tenho de escrever assim
para ti!

Christofall

Maria Luisa Adães disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
aluap disse...

Apreciei o poema.
Não tenho muito jeito para comentar poemas, mas voltarei para te ler.
Um abraço/Paula.

Maria João Brito de Sousa disse...

"E o meu último olhar
Onde vai ficar
Se não tenho a projeção do amor?"

Também eu um tanto ou quanto perdida da poesia, venho deixar-te o meu abraço, Maria Luísa!

Nilson Barcelli disse...

O importante é ter objetivos, sempre, por mais simples que sejam.
Porque ajuda à saude e à longevidade...
Belo poema, gostei muito.
Maria Luísa, minha querida amiga, tem um bom domingo.
Beijo.

La Gata Coqueta disse...



Un cirulo tan blanco como los sentimientos rodea nuestro espacio, donde el amor y la comprensión es el dueño de nuestros sueños…

Conservarlo es la prioridad que ocupa cuerpo y mente en cada aliento de vida, siendo esencial para continuar por la sombra de la vereda…

Un beso y una flor para ti

Atte.
María Del Carmen



Poetisa da Paz disse...

Honrada e lisonjeada em tê-la como seguidora do meu humilde blog. Obrigada pela presença e leitura.
Quanto ao seu poema, gostei imenso,o poema é tocante e belo! Obrigada por seguir meu blog! bjs!

Evanir disse...

Querida Amiga.
Hoje venho agradecer o carinho da sua visita , e desejar uma linda semana.
Amada logo estarei postando novos poemas.
Dia 1 amanhã terá uma postagem especial é aniversário da minha bisneta um aninho de vida.
Um carinhoso beijos sua amiga pra sempre ,Evanir.

NeusaMarilda_Lavienrose disse...

Bom dia!Lindo seu espaço poético e aqui uma poesia talhada em sensibilidade.Obrigada pela visita e em seguir-me.Bj.

Ana Maria Braga disse...

Que poderosa vc. é com suas poesias!!
Parabéns e obrigada pela visita.
Boa semana. bjs

Mary Brown disse...

Os beijos ajudam a encarar a vida. Renovam-nos. Beijinhos

Maria Luisa Adães disse...

Mary Brown

Gosto de você, mas não preciso de saber seu nome real, nem nada de si.
Apenas, sua presença e suas palavras me interessam!

Grata por a encontrar!

Abraço grande,

Maria Luísa

Ingrid disse...

Amada minha...
São os questionamentos da vida que nos levam adiante..
Beijos sempre..

Manuel Luis disse...

São sonhos! Apenas se enganou no caminho, não podemos percorre-los todos mas devemos tentar.
Bj

EldanY dalmaden disse...

Hola María Luisa, un precioso poema que nos viene bien para meditar un poquillo hoy.
Viene bien para pasar el domingo y los calores que tenemos en el verano.

Un abrazo.

PédeVento disse...

Maria Luísa. O seu blogue com esta música está tão tranquilo!... Além disso também os seus poemas além de serem belos, são cheios de fé na vida. Parabéns.
Pé de Vento

Elisa T. Campos disse...

Este poema lembra uma canção, aliás duas.
Que será, que será....

Sei que um dia será .


Lindo, Maria Luisa

bjs.