quarta-feira, 4 de março de 2009

AMOR


Nem tudo se pode dizer,
nem tudo se pode fazer,
nem tudo é o Todo,
nem tudo é o Uno!

Procuro dizer ou escrever
com cuidado e com Verdade:

O Planeta está coberto de cinzas,
feridas abertas,
ainda não fechadas.

Desbravando caminhos,
abolindo o injusto
e sabendo que a dor da Terra,
é também a minha dor...

Não posso deixar de ouvir
lamentos e súplicas
dos Necessitados!

É isto o Amor!

Maria Luísa Adães

5 comentários:

MC disse...

Lindo poema ao amor!

Gostei

M.C.

Anónimo disse...

E o Amor que tanta falta faz,
nos nossos dias...

Belo poema!

A.S.A

Anónimo disse...

"O Planeta está coberto de cinzas"

Grande realidade! Lindo poema.

E.A.

Anónimo disse...

Escreve sempre e mais...muito mais!

Adorei!

A.A.

Anónimo disse...

Amor

E o mundo, tanto precisa de amor...

Lindo poema,

A.B.