domingo, 30 de outubro de 2016

ESPELHOS

Tu foste minha paixão                                   
Maria Luísa Adães/ Portugal

embalaste meus sonhos perdidos
eu me lembro de ti
entre o sol e a terra
como te conheci
Me lembro, sim!

Nossos espelhos se fundiram
e caíram de mãos descuidadas
se partiram
rolaram pelo chão
como coisas mortas de ilusão
Neles me via
neles me reconhecia
com eles falava
eles me respondiam
Se partiram
me deixaram sem respostas
desinteressados, frios, calados
No ar da noite escura

Sem eles e sem tempo
sem estrelas e mar
me busco dentro deles
mas eles se partiram
Me lembro, sim

Sem Deus
Sem espelhos e sem ti
Que será de mim?...


Maria Luísa Adães


Visualizações :  1350