quarta-feira, 12 de dezembro de 2018

ESPELHO

Eu vi um espelho                                   
Talvez seja Apolo, mas não estou certa disso...

estava reflectida nele

Dentro do espelho estavas tu
com teu olhar penetrante e nu

A tua sombra diluía o fundo
e eu te via para lá do mundo

Tu estavas aprisionado no espelho
eu estava aprisionada fora do espelho

O mundo meu e teu se espelhavam
naquele espelho que tolhia meus afagos

Os caminhos assombrados
por sombras que vagueavam

Nua me encontrava e ferida
e não entrava no amor que sonhava

Ávida de amor te esperava
mas o espelho nos separava

Acordei, tu estavas a meu lado
e tudo se tornou num sonho vago

Eu fui a heroína de uma peça
representada por um DEUS fechado

O tempo que me foi dado
não era o meu tempo

No outro lado me olhavam
e esperavam...

No espelho não se escreveu nada!


Maria Luísa Adães


Visualizações :    131

7 comentários:

Larissa Santos disse...

Tão bonito...Sentido...

Hoje : Insano discernimento ...
Bjos
Votos de uma óptima Noite.

Franziska disse...

¡¡¡Feliz Navidad!!! Que tus sueños se hagan realidad en el año 2019, un abrazo infinito en el tiempo y que deseo te acompañe siempre.

Toninho disse...

Muito linda amiga querida!
Nada a dizer apenas ficar a olhar, reler e mergulhar na essência.
Amo este olhar poesia de real grandeza.

Bom fim de semana com toda paz e poesia.
Beijo Maria.

Graça Pires disse...

A crueldade dos espelhos, minha Amiga…
Que tenha um Natal de Amor e que o ano de 2019 seja cheio de coisas boas.
Boas Festas!
Um beijo.

Maria Luisa Adães disse...

E assim termina e encontrei aqueles que se lembram de mim

NATAL FELIZ


Maria Luísa Adães

Rosemildo Sales Furtado disse...

Olá Maria Luisa! Como sempre, nos presenteias com mais um dos teus belos poemas. parabéns!

Abraços, Feliz Natal e um próspero Ano Novo para ti e para os teus.

Furtado

عبده العمراوى disse...



شركة فحص فلل قبل الشراء بالاحساء
شركة فحص فلل قبل الشراء بالجبيل
شركة فحص فلل قبل الشراء بعنك