terça-feira, 14 de maio de 2013

ROSAS

Te pedi rosas                 
Facebook/ el hombre de las mil rosas

Ausências e cegueiras
E pedi amor.

Nascentes que eu pressenti
Rios que correm por mim
E um céu de princípio e fim.

Espanta as silabas tórridas
Submerge-me nas tuas ondas
Enterra os meus temores.

Faz-me descer aos teus ocasos
Leva meu olhar
Se outros me olharem.


Dilui-me no vinho dos Deuses
Segura meu cálice de vate
E bebe-me sem pressas.

Eu já perdi muitas coisas
Que me foram tiradas
Por gente sem graça.

Que a nossa história a dois
Continue a viver
A encher nossas noites de prazer.

Mas te peço rosas
De todos os tamanhos
E de todas as cores.

Isso eu peço e continuo a pedir!...

Maria Luísa

54 comentários:

✿ chica disse...

Lindo e continua a pedir..Rosas enfeitam sempre a vida e a poesia! beijos,chica

Maria Luisa Adães disse...

Chica

Graças por te encontrar!

E continuo a pedir rosas
de todos os tamanhos
e de todas as cores!...

JP disse...

E continua a pedir...de todos os tamanhos e de todas as cores, sim!

Para uma história a dois encher noites de prazer....

Beijinhos

Maria Luisa Adães disse...

JP

E vou continuar a pedir!...


Mª. Luísa

Observador disse...

Há que pedir em continuidade, Maria Luísa.

Abraço

Graça Pereira disse...

Mas te peço rosas
De todos os tamanhos
E de todas as cores....

E eu te peço mil poemas
como este...onde ardem os amores!!

Floriste o meu canteiro com palavras de todos os tamanhos, onde escondo todos os espinhos.
Mil beijos
Graça

isa disse...

Que as rosas sempre te acompanhem.
Como lhe desejo isso.
Beijo.
isa.

Ives disse...

A paixão é sem dúvida grande mestra de poesias imortais como as sua! abração

Evandro L. Mezadri disse...

Bela obra, Maria!
Escrita com a alma, despejando emoção!
Grande abraço e sucesso!

Maria João Brito de Sousa disse...

Gostei muitíssimo deste teu pedido de ROSAS, Maria Luísa!

Entendo - ou creio entender... - o teu pedido e continuarei a vir até cá, para as observar e admirar, sempre que a saúde mo permita!


Abraço grande!

Ana Bailune disse...

E enquanto houver rosas, tudo valerá a pena... maravilhoso!

LUZ disse...

Olá, Maria Luísa!

Agradeço a sua presença e o inteligente comentário, que deixou num dos meus blogues.

Peça-lhe, peça-lhe, porque pedir não ofende, e até nem cansa.

Depois das nascentes, das enchentes e das torrentes, só ficam vocês dois e o amor.

Então, rosas, muitas rosas, multicolores, para prencherem o vosso eterno amor.

Boa semana.
Beijos da Luz.

emanuel disse...

Lindo momento ,que a sua vida seja sempre comtemplada todos os dias com uma rosa perfumada ,não importa a cor ou tamanho ,mas que seja sempre dada com muito amor e carinho ,muitos beijinhos

Jose disse...

Esto me dice sabiendo que nunca la ofenderé,Y en ella mi pensamiento siempre lo tendré
Amor, amor, la próxima vez que flores me quieras mandar antes debes de leer las que me gustan más.
No me mandes rosas blancas pues de tu amor dudaré no sabré cuando tu mujer seré.
Mándame una rosa amarilla sabré que muy enamorado andas de mis costillas.
Si me mandas una rosa roja sabré que de verdad me quieres aunque no sea bella ni hermosa

Ni hablarte si recibo una rosa naranja,tu deseo tu pasión será un placer y me causará gran sensación.

Si tu amor lo quieres con una rosa azul expresar, en tus brazos admirada caeré no tienes que esperar.
No mandes una rosa negra aunque bella no te da pena amor causarme este dolor
Si me mandas una rosa del desierto sabré lo mucho que me quieres ya que para conseguirla tú vida la
has expuesto con un bereber.

Saludos

Jose disse...

Esto me dice sabiendo que nunca la ofenderé,Y en ella mi pensamiento siempre lo tendré
Amor, amor, la próxima vez que flores me quieras mandar antes debes de leer las que me gustan más.
No me mandes rosas blancas pues de tu amor dudaré no sabré cuando tu mujer seré.
Mándame una rosa amarilla sabré que muy enamorado andas de mis costillas.
Si me mandas una rosa roja sabré que de verdad me quieres aunque no sea bella ni hermosa

Ni hablarte si recibo una rosa naranja,tu deseo tu pasión será un placer y me causará gran sensación.

Si tu amor lo quieres con una rosa azul expresar, en tus brazos admirada caeré no tienes que esperar.
No mandes una rosa negra aunque bella no te da pena amor causarme este dolor
Si me mandas una rosa del desierto sabré lo mucho que me quieres ya que para conseguirla tú vida la
has expuesto con un bereber.

Saludos

may lu disse...

Eu me experimento inacabado. Da obra, o rascunho. Do gesto, o que não termina.
Sou como o rio em processo de vir a ser. A confluência de outras águas e o encontro com filhos de outras nascentes o tornam outro. O rio é a mistura de pequenos encontros. Eu sou feito de águas, muitas águas. Também recebo afluentes e com eles me transformo,
O que sai de mim cada vez que amo? O que em mim acontece quando me deparo com a dor que não é minha, mas que pela força do olhar que me fita vem morar em mim? Eu me transformo em outros? Eu vivo para saber. O que do outro recebo leva tempo para ser decifrado. O que sei é que a vida me afeta com seu poder de vivência. Empurra-me para reações inusitadas, tão cheias de sentidos ocultos. Cultivo em mim o acúmulo de muitos mundos.
Por vezes o cansaço me faz querer parar. Sensação de que já vivi mais do que meu coração suporta. Os encontros são muitos; as pessoas também. As chegadas e partidas se misturam e confundem o coração. É nesta hora em que me pego alimentando sonhos de cotidianos estreitos, previsíveis.
Mas quando me enxergo na perspectiva de selar o passaporte e cancelar as saídas, eis que me aproximo de uma tristeza infértil.
Melhor mesmo é continuar na esperança de confluências futuras. Viver para sorver os novos rios que virão.
Eu sou inacabado. Preciso continuar.
Se a mim for concedido o direito de pausas repositoras, então já anuncio que eu continuo na vida. A trama de minha criatividade depende deste contraste, deste inacabado que há em mim. Um dia sou multidão; no outro sou solidão. Não quero ser multidão todo dia. Num dia experimento o frescor da amizade; no outro a febre que me faz querer ser só. Eu sou assim. Sem culpas.
Padre Fabio de Melo

Quem quizer levar a rosa para sua vida, terá de saber que com elas vão inumeros espinhos. Não se preocupe a beleza da rosa vale o incômodo dos espinhos...
Padre Fábio de Melo

Um abraço cheio de delicadezas com muita luz e paz!

LUCONI disse...

Maria Luisa vim conhecer tua casa no mundo virtual e amei, li os últimos três poemas e realmente eles fazem o coração vibrar, belos, adorei teu estilo, e tomara que as rosas cheguem todos os dias, todas as horas, beijos Luconi

Ann Marie disse...

Hello Maria Luisa!
Visiting your blog is like getting a look into the poetry treasury.
I would now like to wish you a nice upcoming weekend.
Hugs to you my dear friend!
/ / Ann Marie.

Maria Luisa Adães disse...

Jose

a forma
como classificas as rosas
me assombra...
Falas das cores
e do significado das mesmas
Dos espinhos que estão escondidos nelas.
Mas para ti te vou mandar
uma "Rosa do Deserto"
e ficas a saber o muito que te quero.

para mim:

Quero rosas de todos os tamanhos
E de todas as cores e fujo aos espinhos
e todas elas, independente das cores,
traduzem as várias nuances
só minhas...
que dizem quem sou!

Grata pela beleza do que me escreves.

Maria Luísa




Anónimo disse...

"Faz-me descer aos teus ocasos
leva meu olhar
se outros me olharem."

"Dilui-me no vinho dos Deuses
segura meu cálice de vate
e bebe-me sem pressas."

"Eu já perdi muitas coisas
que me foram tiradas
por gente sem graça."

E isto tu escreveste
no teu pedido de rosas
de todos os tamanhos e todas as cores...

E escrever assim...é próprio dos Vates e dos Deuses!

É esta a minha homenagem à beleza, do que escreves!...

M.C.

Maria Luisa Adães disse...

may lu ou Padre Fábio de Melo

O que me escreve merece ser lido com atenção, na possibilidade de responder a tanta subtileza que tudo transforma e tudo diz daquela forma que muitas vezes eu digo.

Mas nunca nos definimos inteiramente e por vezes não somos entendidos...e não há culpas nem desculpas.
Tentarei fazer uma análise ao que me diz.

Por agora digo:
conheço os espinhos das rosas
sei que a beleza é cruel,
mas não importa, pois elas -rosas-
e seus espinhos e sua cores e seus tamanhos, confundem a dureza do mundo em que me foi dado viver e da forma como vivo.

Mas o que me escreve é muito interessante ou mesmo belo
e é uma lição digna de ler e aprender!

Grata pela forma como diz e como se aproxima de mim!

Abraço,

Maria Luísa

Maré Viva disse...

E que essas rosas te sejam dadas, sempre, ainda que as não peças!

Beijo.

vitorchuvashortstories disse...

Olá, Maria Luisa!

Quando pedimos o que merecemos, o pedir muito nunca é demais. E tu faze-lo aqui de forma tão bonita, que como resposta não mereces um não.
Que todas as rosas sejam tuas!

Abraço amigo; bom resto de semana.
Vitor

Evanir disse...

Minha Amada Maria Luisa.
Num abraço apertado com imensa saudade estou aqui minha para deixar
muito carinho para você também dizer
me sinto honrada em poder postar seus poemas .
As rosas que falas são a essência
da vida .
Quando te conheci amiga nesse mundo
de blogs eu tinha certeza teria por si o maior carinho da minha vida,
mesmo sem nunca ter tido o prilégio de dar em si um abraço.
A gente só se aproxima de quem nos cativa como aconteceu comigo .
além de excelente poetisa és uma amiga parece um anjo de tão carinhosa.
Levei seu poema ficou lindo no blog mesmo se não puder de alguma forma ver fico feliz e agradecida da mesma forma.
Amiga..Deus abençoe você e toda familia beijos ,Evanir.

Mar Arável disse...

Tudo se conquista

até Rosa

Mona Lisa disse...

Enquanto tivermos rosas a vida terá beleza...

Belíssimo poema!

Beijinhos.

Kasioles disse...

Yo te mandaría un gran ramo de rosas después de leer tan romántico y precioso poema.
Te dejo un fuerte abrazo y mis cariños.
Kasioles

Evanir disse...

Meu Carinho a você amiga .
O tempo pode mudar as estações ,
mais ninguém que tem carinho, amor , amizade ,solidariedade jamais apetece
apagar um sentimento tão abençoado do coração.
Em curto espaço de tempo sentimos quando uma amizade será pelo resto do nossos dias.
Eu juro amada por mim mesma vou lutar como prometi . A gente esquece os tropeços, percalços, defeitos, lágrimas : luta e vai pela fé em Deus vencendo todas as barreiras .
Amo você amiga querida fique bem só assim estarei aqui distante lutando por mim e vc lute também.
Fica com Deus.

Vivi disse...

As rosas embelezam a vida, assim como este belo poema. Vamos sim pedir rosas com muita poesia.
Adorei. Maravilhoso.
Vou levar uma rosa.
Beijinhos

La Gata Coqueta disse...



La vida no es solo respirar y alimentarse es algo más, como compartir sentimientos que genera la amistad como lo estamos haciendo en este momento.
En el que yo te felicito por la ternura que hay en cada una de las palabras expuestas en tus textos, sean poéticos, de vivencias o cualquier otro contenido con tan excelsa exquisitez, para deleite del pensamiento.

Feliz y agradable fin de semana, para ti y familia!!

Un abrazo
y un te aprecio
más allá del tiempo y la distancia.

Atte.
María Del Carmen


heretico disse...

belo e sensorial.

como pétalas. desfolhadas....

beijo

http://odeclinardosonhos.blogspot.com disse...

Rosas, flor sempre associada ao amor, à amizade, à saudade, elas estão presentes em todos os momentos da nossa vida... de muitas cores, mas sempre tão belas...
beijo
anacosta

maslama disse...

bom poema, eu gostei

Evanir disse...

Minha Querida aqui estou
para saber como estou ,
e saber de você.
Maria Luisa.
Estarei enviando um email para você
dando noticias melhores .
Desejo um abençoado final de semana
paz amor e Luz.
Querida hoje vi um vídeo de Fátima
lindo nunca havia visto um antes.
Obrigada pelo carinho és uma pessoa
especial em minha vida.
Beijos no seu amoroso coração.
Te amo muito , Evanir.

Eu...Suzana disse...

Amiga Maria Luisa, obrigada por tua amável visita em meu blog. Também sou sua seguidora a muito tempo, mas o que ocorreu foi que o meu blog VIVÊNCIAS teve problemas e então tive que fazer um outro blog, remanejar seguidores, muitos vieram, outros não...Agora, depois de um tempo, estou retornando ao VIVÊNCIAS e fiquei feliz de receber tua visita. Voltarei por aqui mais vezes. Um grande beijo e bom domingo.

vieira calado disse...

Rosas!
Para mim a mais bela das flores!
Que sejam também para si!
Beijinho!

:.tossan© disse...

Linda poesia Luisa! Gostaria de ser a leveza da tua alma poética e não tenha medo do mar porque eu estarei no leme. Bj

Donetzka Cercck Lavrak Alvarez disse...

Que precioso poema,amiga!


Vc sumiu e penseiter terminnadocom o blog.

Que bomque continua!

Obrigada pela visita.

Vou colocar seu blog na minha lista de blogs amigos para receber atualizações.

Volte mais vezes no meu,ok?

Saudades de seus inteligentes comentários.

Beijos com gosto de carinho

Donetzka

Gracita disse...

Olá Maria Luisa
As rosas sempre trazendo belas e apaixonadas inspirações. E que neste pedido tão romântico todos os seus desejos sejam atendidos.
Que o seu domingo seja de harmonia recoberto de luz e paz.
Beijos no coração e muitos afagos nesta sua alma linda
Gracita

Cristal de uma mulher disse...

Boa tarde querida.

Para mim as rosas são literaturas inacabáveis que perfumam o alem ferindo o coração de amor por serem únicas.
Para sempre como diamantes sejam representadas como presente da natureza as almas mais sensíveis por saberem apreciar o divino.

Um beijo amiga e um ótimo domingo e inicio de semana.

Rachel Omena

Natureza e Paz disse...

Bom dia Maria Luísa

Agradeço pelas palavras deixadas em meu blog e quero dizer que a poesia faz parte da nossa vida.

Parabéns!

Tenha uma ótima semana.

Carlos Nascimento

Lady Ant disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.
Professor Gilberto Cantu disse...

Oi minha querida amiga Maria.
Eu também perdi muita coisa nesta vida.
Mas o que são das rosas sem os espinhos?
Prefiro o perfume e a beleza das rosas mesmo sabendo que os espinhos podem nos ferir.
Que venham as rosas.
Um carinhoso abraço.

Anónimo disse...

"Te pedi rosas
Ausências e cegueiras
E pedi amor".

E ao pedir desta forma,
me comoveu tua sensibilidade
e perdoa, a quem não entende...

Augusto

YoSueño disse...

Quera darte las gracias por tu visita a mi blog. Un BESO

Esther disse...

y ojala te llenen de rosas y amor todos los días de tu vida.Hermoso!Bikiños

Zilani Célia disse...

OI MARIA LUISA!
TOMARA QUE ESTE PEDIDO CHEGUE AOS ANJOS E RECEBAS MUITAS ROSAS PARA ENFEITAREM TUA VIDA.
ABRÇS
http://zilanicelia.blogspot.com.br/

LUZ disse...

Olá, Maria Luísa!

Como está?

Passando para lhe desejar um excelente dia e perguntar-lhe, simultâneamente, se ele, o eu amado amor, já lhe deu rosas?

Caso o não tenha feito, peça, ou não peça, porque ele entende, embora lhe pareça que não, a mensagem da sua escrita.

Diga-lhe que "A Romeira Roma" tem rosas e outras "iguarias", de todo o género.

Um dia, em forma de roseiral.

Beijos da Luz, com consideração e estima.

PS: novo poema no "Afetos e Cumplicidades". Obrigada, desde já!

Ann Marie disse...

Hello my dear friend Maria Luisa!
You can write in any language you want, I can not read Portuguese but I can use translation and it usually works really well.
Thank you my friend for your kind words on my blog.
I admire your ability to write poetry and it brings a moment of peace and harmony to read your lines.
I wish you a wonderful continuation of our ongoing new week.
Hugs to you my dear friend!
/ / Ann Marie.

Anónimo disse...

E continua a pedir, meu amor!

Armando

Poeta Zarolho disse...

Estou contigo nessa linda partilha.

Andradarte disse...

Quando algo se perdeu....mas muito há para ganhar.....!!!
A vida é bela e continua.....
Boa semana
Beijo

António Jesus Batalha disse...

Olá , passei pela net encontrei o seu blog e o achei muito bom,
li algumas coisas folhe-ei algumas postagens,
gostei do que li e desde já quero dar-lhe os parabéns,
quando encontro bons blogs sempre fico mais um pouco meu nome é: António Batalha.
Deixo-lhe a minha bênção.
E que haja muita felicidade e saúde em sua vida e em toda a sua casa.
PS. Se desejar seguir o meu blog,Peregrino E Servo, fique á vontade, eu vou retribuir.

Elisa T. Campos disse...

As rosas hão de atender seus pedidos com nuances de cores simbolizando sempre o amor.

É muito prazeroso ler os teus versos.
Bjs.